Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Banco de Dados

Introdução à Computação
by

Fernando Couto

on 11 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Banco de Dados

Introdução à Computação
Caio Rocha
Dayana Marília
Fernando Couto
Igor Brenner
João Victor Figueiredo

• É uma estrutura computacional compartilhada e integrada que armazena conjunto de:
• Fatos brutos;
• METADADOS¹, ou dados sobre dados. Isto significa que os dados são integrados e gerenciados.


¹ Exemplo: um metadado armazena informações como o nome do elemento, tipo de valor, a possibilidade (ou não) de deixar este elemento vazio, e etc.
MONOUSUÁRIO : Suporte a apenas UM usuário por vez.
• Chamado de BD de Desktop.

MULTIUSUÁRIO : Suporte a vários usuários simultaneamente.
• Quando este suporte atende uma pequena quantidade de usuários (cerca de até 50), o banco é chamado de BD de GRUPO DE TRABALHO.

• Quando este suporta maiores quantidades de usuários, é chamado de BD EMPRESARIAL.
DATABASE
COMMENTS
Algumas observações. . .
Entendendo. .
DADOS VERSUS INFORMAÇÕES
• Os dados são fatos brutos.

• Fatos que ainda não foram processados para revelar o seu significado.

• Exemplo:
Vários formulários preenchidos possuem dados brutos que podem ser armazenados em um depósito de dados (base de dados).
Banco de Dados
DADOS
Entendendo. .
DADOS VERSUS INFORMAÇÕES
INFORMAÇÕES
• Resultado do processamento de dados brutos.

• Este processamento pode ser SIMPLES ou COMPLEXO. Exemplos:
SIMPLES: Demonstração de resultados quantitativos padrões de uma organização.

COMPLEXO: Realização de previsões, modelagem estatística, relacionamento com outras tabelas, etc.
Entendendo. .
BANCO DE DADOS (Base de Dados)
Fonte: http://minilua.com/retratando-vida-graficos-22/
Fonte: http://www.avioesemusicas.com/planilha-interessante-com-dados-de-aeronaves-motores-e-aeroportos.html
Fonte: http://info.abril.com.br/forum/viewtopic.php?f=101&t=20333
"Em resumo, os metadados trazem uma representação mais completa dos dados no banco." (ROB)
Entendendo. .
SGBD (Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados)
• Conjunto de programas que gerenciam e controlam o acesso aos dados armazenados em uma estrutura de banco de dados.

• O SGBD é o responsável por organizar todo o conteúdo de um banco de dados.

• Apesar do termo "DATABASE" poder ser traduzido tanto para BANCO DE DADOS como BASE DE DADOS, o termo BASE DE DADOS é usualmente utilizado para se referir aos dados armazenados no SGBD.

• Enquanto o BANCO DE DADOS, muitas vezes, se refere ao próprio SGBD.
Modelo Relacional. .
Principais Operadores do Conjunto Relacional
• Aprimoramento da segurança de dados;
• Melhoria na integração dos dados;
• Aprimoramento do acesso aos dados;
• Aprimoramento da tomada de decisão;
• Aumento da produtividade do usuário final.

Tipos de bancos de dados. .
Subdivididos por quantidade de acessos
Tipos de bancos de dados. .
Subdivididos por localização
• CENTRALIZADO: Suporta dados localizados em um único local.
• DISTRIBUÍDO: Suporta a dados que estão distribuídos por vários locais diferentes.
Subdivididos por grau de estrutura
• NÃO ESTRUTURADO : Os dados são coletados e não há nenhum tratamento ou formatação dos dados. Mantém seu estado original.
• ESTRUTURADO²: Ocorre a formatação dos dados.
² "Os dados são estruturados a fim de facilitar o armazenamento, a utilização e a geração de informações."
Professor: Manoel Palhares
Sistemas de Informação - 1º Período - PUC Minas Barreiro
Origem de um Sistema de BD. .
Sistemas de Arquivos
• Em um passado recente, os sistemas de quase todas as pequenas organizações eram capazes de acessar os dados através de um SISTEMA DE ARQUIVOS físico e manual.

• Tal sistema era simples, composto de um conjunto de pastas, cada uma etiquetada e mantida em um armário.
"Os problemas inerentes aos sistemas de arquivos tornam muito interessante a utilização de um sistema de Banco de Dados." (ROB)
Estrutura. .
Ambiente de Banco de Dados
• Refere-se aos componentes que definem e regulam a COLETA, o ARMAZENAMENTO, o GERENCIAMENTO e a UTILIZAÇÃO dos dados de um banco (BD). Tal ambiente é composto por 5 partes:
• HARDWARE (dispositivos físicos que suportam o sistema)
• SOFTWARE (SGBD, entre outros)
• PESSOAS (todos os tipos de usuários do sistema)
• PROCEDIMENTOS (instruções e regras)
• DADOS (os fatos brutos)
Entendendo. .
Modelo de Banco de Dados RELACIONAL
• Se colocarmos um SISTEMA DE ARQUIVOS ao lado de um SISTEMA DE BD, é possível notar grande melhoria nos processos.

• Por outro lado, o resultado desta flexibilidade é uma estrutura física muito mais complexa.

• O modelo RELACIONAL de um sistema de BD evoluiu esta flexibilidade. . .
Modelo RELACIONAL. .
Características das Tabelas Relacionais
• Estrutura bidimensional (linhas e colunas)
• LINHA representa uma única ocorrência de entidade (tabela)
• COLUNA representa um atributo
• A intersecção entre LINHA e COLUNA representa um único valor
• A ordem das linhas e colunas é insignificante para o SGBD/usuário
• Cada tabela deve apresentar um atributo que identifique exclusivamente cada linha.
Projeto - Relacionamento entre tabelas
Modelo RELACIONAL. .
Principais vantagens. .
SGBD (Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados)
• SELECT -> Seleciona todas as linhas sob uma determinada condição
Ex: SELECT * FROM nome_tabela
WHERE nome_atributo = 'valor_procurado'

• PROJECT -> Resulta em todos os valores dos atributos selecionados.
Ex: PROJECT nome_atributo1 nome_atributo2

Fonte: ROB, Peter. Sistemas de Banco de Dados, página 69.
Fonte: http://fabiorogeriosj.com.br/nosql-banco-de-dados-apache-cassandra-introducao/
• O banco de dados de buscas do Google tem mais 100 milhões de gigabytes.

•Seriam necessários 100 mil HD externos de 1 terabyte para armazenar todos estes dados.
• NULL é um valor muito especial no mundo dos bancos de dados, mas é algo que os novatos muitas vezes se confundem sobre ele.

• Se um campo tem valor NULL, isso não significa necessariamente que a quantidade/texto é zero.

• Quando você ver um valor NULL, interprete-o apenas como "desconhecido".
• Cada BD é criado para satisfazer as necessidades daquela organização e oferecem uma variedade de características diferentes de outros BDs.

• É altamente recomendado PLANEJAR um banco de dados antes de criá-lo, levando em consideração o seu volume, tipo, previsão de crescimento, entre outras importâncias.
NÃO EXISTE UM ÚNICO MÉTODO PARA CRIAÇÃO DE BANCO DE DADOS
Referências Bibliográficas. .
• ROB, Peter; CORONEL, Carlos. "Sistemas de banco de dados - Projeto, Implementação e Administração", 8ª Ed. Cengage Learning, 2011.

• CERÍCOLA, Osvaldo. "Banco de dados relacional e distribuído". Rio de Janeiro, LTC, 1991.
Full transcript