Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Barroco

No description
by

Janaína Arruda da Silva

on 27 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Barroco

Barroco
Características
Movimento cultural e artístico, marcado pela visão pessimista da vida, conseqüência da crise econômica e social, vivida pela Europa, e das desilusões acerca dos ideais humanistas e renascentistas.
Contradições religiosas tiveram forte influência sobre a arte do período, produzindo o desencanto do homem com o próprio homem; instaura
ambiguidade e dicotomia:
catolicismo X protestantismo,
fé X ciência.
A Igreja responde com o movimento de reação chamado de Contra Reforma, cuja intenção era impedir o avanço do protestantismo.
A forma poética é encantadora e erudita, um disfarce para o conteúdo que valoriza a tensão
e o conflito, reflexos de uma época angustiada.
No Brasil a estética barroca teve influência direta da coroa portuguesa que, mantida sob o jugo espanhol até 1640 não acompanhou as descobertas científicas e permaneceu no obscurantismo medieval.Coincide com o momento de grande exploração da colônia


Neste mundo é mais rico, o que mais rapa:
Quem mais limpo se faz, tem mais carepa:
Com sua língua ao nobre o vil decepa:
O Velhaco maior sempre tem capa.

Mostra o patife da nobreza o mapa:
Quem tem mão de agarrar, ligeiro trepa;
Quem menos falar pode, mais increpa:
Quem dinheiro tiver, pode ser Papa.

A flor baixa se inculca por Tulipa;
Bengala hoje na mão, ontem garlopa:
Mais isento se mostra, o que mais chupa.

Para a tropa do trapo vazio a tripa,
E mais não digo, porque a Musa topa
Em apa, epa, ipa, opa, upa.

características
Fusionismo - fusão das visões medieval e renascentista; ciaro escuro e paradoxos.

Culto do contraste - aproximação de opostos.
Pessimismo - enfraquecimento do racionalismo + vida terrena.

Feísmo - explora a miséria da condição humana: dor.

Rebuscamento - ornamento excessivo

Teatralidade - sensação de movimento para representar a instabilidade. Linhas curvas em oposição às retas renascentistas
Full transcript