Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Ambientação 2013/3 - IFSC geral

No description
by

Andrei Cavalheiro

on 11 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ambientação 2013/3 - IFSC geral

DOCUMENTOS
NORTEADORES

ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL

HISTÓRICO
ABRANGÊNCIA
ÓRGÃOS SUPERIORES DA ADMINISTRAÇÃO
Conselho Superior
Colégio de Dirigentes
ÓRGÃO EXECUTIVO
E DE ADMINISTRAÇÃO GERAL
Reitoria
Pró-Reitoria de
Ensino
PROEN
Pró-Reitoria Extensão e
Relações Externas
PROEX
Pró-Reitoria de
Pequisa,
Pós-Graduação e Inovação
PROPPI
Pró-Reitoria de
Administração
PROAD
Pró-Reitoria de
Desenvolvimento Institucional
PRODIN
Diretoria Executiva
Chefia de Gabinete

Assessorias
Ouvidoria
REITOR
Docentes: 990
TAEs: 723
relatório de gestão 2012
19 câmpus em funcionamento
2 polos presenciais
2 campi a implantar

44 polos de EaD
em 4 estados: SC, RS, PR, SP
ÓRGÃOS DE
ATIVIDADE FINALÍSTICA
ÓRGÃOS DE
ASSESSORAMENTO
CEPE, CDP
CIS, CPPD, CPA
Colegiado do Campus
Comitê de TI
Diretorias-Gerais
dos Campi
ÓRGÃO DE
CONTROLE
Auditoria
Interna
UnAI
PROCURADORIA
FEDERAL
Termo de Acordo
de Metas
TAM
Lei 11.892/2008
Plano Nacional de Educação
Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional
Plano Plurianual do Governo Federal
PPA
Estatuto do IFSC
Regimento Geral
do IFSC
Regimentos Internos dos Campi
Plano de Desenvolvimento Institucional
PDI
Planejamento Anual
Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e cria os Institutos Federais
Projeto Pedagógico
Institucional
PPI
Desenvolver e difundir conhecimento 
científico e tecnológico, 
formando indivíduos 
capacitados para o exercício 
da cidadania e da profissão.
MISSÃO
Consolidar­-se como centro de excelência 
na Educação Profissional  e Tecnológica no Estado  de Santa Catarina.
VISÃO DE FUTURO
Ambientação dos Novos Servidores
Agosto 2013
Conhecendo melhor o nosso Instituto
I - ministrar
educação profissional técnica de nível médio
, prioritariamente na forma de cursos integrados, para os concluintes do ensino fundamental e para o público da educação de jovens e adultos;

II - ministrar cursos de
formação inicial e continuada
de trabalhadores, objetivando a capacitação, o aperfeiçoamento, a especialização e a atualização de profissionais, em todos os níveis de escolaridade, nas áreas da educação profissional e tecnológica;

III - realizar
pesquisas aplicadas
, estimulando o desenvolvimento de soluções técnicas e tecnológicas, estendendo seus benefícios à comunidade;

IV - desenvolver
atividades de extensão
de acordo com os princípios e finalidades da educação profissional e tecnológica,
em articulação com o mundo do trabalho e os segmentos sociais
, e com ênfase na produção, desenvolvimento e difusão de conhecimentos científicos e tecnológicos;

V - estimular e apoiar processos educativos que levem à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do
desenvolvimento socioeconômico local e regional
;

VI - ministrar em nível de educação superior:
a)
cursos superiores de tecnologia
visando à formação de profissionais para os diferentes setores da economia;
b)
cursos de licenciatura
, bem como
programas especiais de formação pedagógica
, com vistas à formação de professores para a educação básica, sobretudo nas áreas de ciências e matemática, e para a educação profissional;
c) cursos de
bacharelado e engenharia
, visando à formação de profissionais para os diferentes setores da economia e áreas do conhecimento;
d) cursos de
pós-graduação Lato Sensu
de aperfeiçoamento e especialização, visando à formação de especialistas nas diferentes áreas do conhecimento;
e) cursos de
pós-graduação Stricto Sensu
de mestrado e doutorado, que contribuam para promover o estabelecimento de bases sólidas em educação, ciência e tecnologia, com vistas ao processo de geração e inovação tecnológica.
OBJETIVOS
Anuário Estatístico da PROEN - 2012
Total de matrículas 2012: 26.263
Cursos FIC: 168
Cursos Técnicos: 105
Cursos de Graduação: 17
Especialização: 11
Mestrado: 1
ÓRGÃOS COLEGIADOS
ATOS ADMINISTRATIVOS
IMPLANTAÇÃO e EXPANSÃO dos
INSTITUTOS
FEDERAIS

Diretoria
de Expansão
Conselho Superior - CONSUP
órgãos colegiados do IFSC
gestores
servidores TAEs
servidores docentes
discentes
externos
composição do consup
Colégio de Dirigentes - CODIR
órgãos colegiados do IFSC
Colegiado do Campus
órgãos colegiados do IFSC
NÚMEROS
O Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) é órgão
normativo e consultivo, de assessoramento da Reitoria no que tange às políticas de ensino, pesquisa e extensão.

O Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas (CDP), órgão de caráter normativo e consultivo, tem por finalidade subsidiar a Reitoria nos encaminhamentos das políticas de pessoal.
CEPE e CDP
órgãos colegiados do IFSC
Comissão Permanente de Avaliação - CPA
órgãos colegiados do IFSC
por volta de 500 !!
Comissão Permanente de Pessoal Docente
presidido pela PROEN
membros: PROEN, PROEX, PROPPI
discentes, docentes e TAEs
presidido pela PROAD
membros: DGP, PRODIN, PROEN
docentes da CPPD e TAEs da CIS
Comissão Interna de Supervisão
(carreira dos TAEs)
CPPD:
CIS:
Por que vários segmentos representados em colegiados?
diferentes perspectivas de cada assunto
qualificação do processo decisório, seja o órgão deliberativo, consultivo ou normativo
Forum
Portal dos Colegiados
Interação com os colegiados
forum.ifsc.edu.br
Orçamento do IFSC 2013
total: R$ 239.170.959
folha: R$ 158 milhões
custeio: R$ 50 milhões
investimento: 32 milhões
Lei Orçamentária Anual
MISSÃO e VISÃO
baseado na apresentação elaborada pelo prof. Jesué Graciliano da Silva, ex-Reitor Pró-Tempore do IFSC e IFFarroupilha
Lei de Criação dos Institutos
Finalidades e Características
Art. 6º Os Institutos Federais têm por finalidades e características:

I - ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas na atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional;

II - desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais;

III - promover a integração e a verticalização da educação básica à educação profissional e educação superior, otimizando a infra-estrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão;

IV - orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal;
V - constituir-se em centro de excelência na oferta do ensino de ciências, em geral, e de ciências aplicadas, em particular, estimulando o desenvolvimento de espírito crítico, voltado à investigação empírica;

VI - qualificar-se como centro de referência no apoio à oferta do ensino de ciências nas instituições públicas de ensino, oferecendo capacitação técnica e atualização pedagógica aos docentes das redes públicas de ensino;

VII - desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica;

VIII - realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico;

IX - promover a produção, o desenvolvimento e a transferência de tecnologias sociais, notadamente as voltadas à preservação do meio ambiente.
Estrutura Organizacional
Art. 9º Cada Instituto Federal é organizado em estrutura multicampi, com proposta orçamentária anual identificada para cada campus e a reitoria, exceto no que diz respeito a pessoal, encargos sociais e benefícios aos servidores.


Art. 11. Os Institutos Federais terão como órgão executivo a reitoria, composta por 1 (um) Reitor e 5 (cinco) Pró-Reitores.
Eleições
Art. 12. Os Reitores serão nomeados pelo Presidente da República, para mandato de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, após processo de consulta à comunidade escolar do respectivo Instituto Federal, [...]


Art. 13. Os campi serão dirigidos por Diretores-Gerais, nomeados pelo Reitor para mandato de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, após processo de consulta à comunidade do respectivo campus, [...]
Oferta de vagas: percentuais por nível de ensino
Art. 8° No desenvolvimento da sua ação acadêmica, o Instituto Federal, em cada exercício, deverá garantir o mínimo de 50% (cinqüenta por cento) de suas vagas para atender aos objetivos definidos no inciso I do caput do art. 7º desta Lei, e o mínimo de 20% (vinte por cento) de suas vagas para atender ao previsto na alínea b do inciso VI do caput do citado art. 7º.
Distribuição das vagas do IF:
cursos técnicos:
formação de formadores:
demais ofertas:
50% mínimo
20% mínimo
até 30%
apresentado por: prof. Andrei Z. Cavalheiro, PRODIN
Full transcript