Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pierre Bourdieu e o conceito de habitus

SOCIOLOGIA: 1° Ano - 2° Bimestre - Aula 5
by

Jean Pierre

on 7 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pierre Bourdieu e o conceito de habitus

Pierre Bourdieu e o conceito de
habitus

Introdução
Habitus
é outro conceito utilizado por Norbert Elias. É muito interessante porque além de esclarecedor, estabelece uma ligação entre o pensamento de Elias e o do francês Pierre Bourdieu.
Habitus secundário
À medida que se relaciona com pessoas de outros universos de vida, o indivíduo desenvolve um
habitus secundário
não contrário ao anterior, mas indissociável daquele. Assim vai construindo um habitus individual conforme agrega experiências continuamente.
Conclusão
Os conceitos e valores dos indivíduos (sua subjetividade), segundo Bourdieu, têm uma relação muito intensa com o lugar que ocupam na sociedade. Não há igualdade de posições, pois se vive numa sociedade desigual. A questão fundamental para ele é mostrar a articulação entre as condições de existência do indivíduo e suas formas de ação e percepção, dentro ou fora dos grupos.
O conceito de habitus
Para Elias,
habitus
é algo como uma segunda natureza, ou melhor, um saber social incorporado durante nossa vida em sociedade. É algo que muda constantemente, mas não rapidamente, e, por isso, há equilíbrio entre continuidade e mudança.
A preocupação de Bourdieu, ao retomar o conceito de
habitus
, era a mesma de Elias: ligar teoricamente indivíduo e sociedade. Para Bourdieu, o
habitus
se apresenta como social e individual ao mesmo tempo, e refere-se tanto a um grupo quanto a uma classe e, obrigatoriamente, também ao indivíduo.
Para Bourdieu, o
habitus
é estruturado por meio das instituições de socialização dos agentes (a família e a escola, principalmente), e é aí que a ênfase na análise do
habitus
deve ser colocada, pois são essas primeiras categorias e valores que orientam a prática duradoura dos indivíduos. Esse seria o
habitus primário
, por isso mais duradouro - mas não congelado no tempo.
Prof. Ms. Jean Pierre
Full transcript