Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Ciências Sociais- O século das luzes

No description
by

Soraia Jacob

on 18 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ciências Sociais- O século das luzes

O século das luzes
Grande influência das ideias iluministas.
Críticas às ações da monarquia absolutista e políticas de base feudal.
Transformações
sociais do séc. XVIII

Revoluções burguesas
Nesta época a razão passa a ser o apoio para conhecimento nas atividades econômicas.
Racionalidade e liberdade passam a ser valores supremos...

Séc. XVII- Capitalismo em expansão/ individualismo e lucro em destaque
O ser humano passa a
ser reconhecido como capaz de pensar e escolher.
A liberdade é valorizada sob a perspectiva política.
As mulheres ainda possuíam status inferior aos homens!
É um período de liberdade e igualdade entre os homens. Mas...
Iluminismo
Neste período surge o liberalismo, que nada mais é que a liberdade
da economia frente ao poder.
a economia passa a ter suas próprias leis -
LEI DA OFERTA E DA PROCURA
Caracterizada pelo estudo da vida social.
Não era vista a realidade como é, mas haviam propostas de formas de organização social ideais.
Sociologia pré-científica
Conclui-se que...
A formação da sociologia no século XIX significou que o pensamento sobre o social se desvinculou das tradições morais e religiosas.
Pensamento científico sobre o social
Augusto Comte
1798-1857
Diz que: A sociedade passou por 3 fases ao longo da história:
Teológica: Deus explica os fenômenos naturais.
Metafísica: O homem utiliza conceios abstratos
Científica: descoberta de leis objetivas para determinar os fenômenos.
Entendia que as ideias iluministas de igualdade e liberdade levou a sociedade à discórdia.
Principal expoente do positivismo: Entendem os problemas promovidos pela industrialização e urbanização como um lado da realidade.
As ideias do positivismo poderiam restabelecer a ordem social.
Conjunto de movimentos que ocorreram no séc. XVIII na Europa e EUA.
Revolução Gloriosa
1680
Inglaterra
Revolução
Francesa
1789
Independência
Americana
1776
Revolução Industrial
a partir
de 1750
Principais mudanças que consolidaram o
regime capitalista moderno.
Revolução Francesa
A monarquia absolutista, que assegurava consideráveis privilégios à aproximadamente 500 mil pessoas, isso num país que possuía ao final do século
XVIII uma população de 3 milhões de indivíduos. (MARTINS, 1990, p. 23).
A nobreza e o clero não pagavam impostos cobravam tributos e dízimo do povo.

Além de não pagar impostos, a nobreza possuía o privilégio de cobrar tributos feudais e investir contra o desenvolvimento das forças capitalistas, coibindo assim a abertura de empresas e o desenvolvimento da agricultura
Contra a política da
monarquia absolutista
A burguesia toma o poder

Surgiram medidas burguesas, como a proibição das manifestações populares e a repressão violenta dos movimentos contestatórios.
O privilégio de nascimento foi realmente derrubado, mas o privilégio do dinheiro tomou seu lugar. “Liberdade, Igualdade, Fraternidade” foi uma frase
popular gritada por todos os revolucionários, mas coube principalmente à burguesia desfrutá-la (HUBERMAN, 2010, p. 120).
NO FINAL, O QUE HOUVE FOI UMA SUBSTITUIÇÃO DO PODER...
Revolução
Industrial
Origem e consequências da
Revolução Industrial
Aparecimento da máquina a vapor


Aumento da produção


Melhoria nos transportes


Crescimento das cidades
Provocou migração do campo para as cidades, já
iniciadapelo fechamento das terras com a expulsão dos camponeses sem título de propriedade (Séc. XVI)
Venda da força de
trabalho pelo salário
O imenso fluxo migratório redesenhou as áreas urbanas mostrando uma nova face do capitalismo:
a miserabilidade.
Instituiu-se a divisão do trabalho
Redução drástica no
cohecimento dos
operários por conta do
trabalho repetitivo.
Começou a relação contratual de trabalho,
alterando a relação de
trabalho entre burgueses e trabalhadores
Trabalhadores perdem sua independência.
Não possuíam a matéria
prima e nem os instrumentos.
Aspectos importantes da Revolução Industrial
A produção passa a ser organizada em grandes unidades fabris, onde predomina uma intensa divisão do trabalho;
Aumento sem precedentes na produção de mercadorias;
Concentração da produção industrial em centros urbanos;
Surgimento de um novo tipo de trabalhador: o operário.
aumento da prostituição, suicídio, infanticídio, alcoolismo, criminalidade, violência, doenças
epidêmicas, favelas, poluição, migração desordenada etc. A Revolução Industrial constituiu uma
autêntica revolução social que se manifestou por transformações profundas na estrutura institucional,
cultural, política e social.
Os problemas sociais inerentes à Revolução Industrial

Lei da Oferta
Mais produto ou serviço oferecido
que procura por parte do consumidor.

PREÇOS MAIS
BAIXOS
LEI DA PROCURA
Maior a procura que a produção do bem ou serviço oferecido.

Preços
mais altos
As condições de vida da classe trabalhadora fez com que esta lutasse por uma menor jornada de trabalho.
Os trabalhadores dirigiram suas reivindicações ao Parlamento, porém, elas não foram aceitas.
Eles se voltaram então contra as máquinas e organizaram movimentos coordenados para a destruição destas, acreditando que o motivo de seu infortúnio eram elas e não as relações de trabalho.
Em seguida, passaram a se organizar em sindicatos e partidos na luta política pelo sufrágio universal, pois queriam intervir no Parlamento para criar leis que os beneficiassem.
criação de sindicatos... Operários nos centros urbanos facilitavam os encontros
Full transcript