Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Arcadismo

No description
by

ana gomes

on 29 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Arcadismo

O resgate de temas clássicos FUGERE URBEM: fuga da cidade, da urbanização; afirmação das qualidades da vida no campo. "Excerto de 'Marilia de Dirceu'" Com os anos, Marília, o gosto falta,
e se entorpece o corpo já cansado:
triste, o velho cordeiro está deitado,
e o leve filho, sempre alegre, salta.

A mesma formosura
é dote que só goza a mocidade:
rugam-se as faces, o cabelo alveja,
mal chega a longa idade.

Que havemos de esperar Marília bela?
que vão passando os florescentes dias?
As glórias que vêm tarde, já vêm frias,
e pode, enfim, mudar-se a nossa estrela.

Ah! não, minha Marília,
aproveite-se o tempo, antes que faça
o estrago de roubar ao corpo as forças,
e ao semblante a graça! Análise No poema de Cláudio Manuel da Costa está muito presente a ideia de Fugere Urbem, onde o eu-lírico sai da cidade para viver no campo e lá ele encontra uma maior alegria, essa mesma ideia é encontrada na propaganda do carro Peugeot 207, onde o carro é um meio da pessoa "escapar" da cidade e ir à um lugar com mais tranquilidade, no caso uma praia. "Soneto LXII" Torno a ver-vos, ó montes; o destino
Aqui me torna a pôr nestes oiteiros;
Onde um tempo os gabões deixei grosseiros
Pelo traje da Côrte rico, e fino.

Aqui estou entre Almendro, entre Corino,
Os meus fiéis, meus doces companheiros,
Vendo correr os míseros vaqueiros
Atrás de seu cansado desatino.

Se o bem desta choupana pode tanto,
Que chega a ter mais preço, e mais valia,
Que da cidade o lisonjeiro encanto;

Aqui descanse a louca fantasia;
E o que té agora se tornava em pranto,
Se converta em afetos de alegria. Arcadismo AUREA MEDIOCRITAS: mediocridade da áurea; valorização das coisas cotidianas, simples, focalizadas pela razão e bom senso. LOCUS AMOENUS: caracterização de um lugar tranquilo INUTILIA TRUNCAT: cortar o inútil; eliminar os excessos. CARPE DIEM: cantar o dia; aproveitar intensamente o presente. Cláudio Manuel da Costa Tomás Antônio Gonzaga Ana Vitória, Dandara, Sofia e Vinicius - 2C Na primeira estrofe do "Excerto de 'Marilia de Dirceu'" de Tomás Antônio Gonzaga, o eu lirico fala sobre a fugacidade do tempo. Na estrofe seguinte, propõe à Marília que ela aproveite a vida antes que o tempo passasse e fizesse o estrago de tirar sua graça. Esse trecho expressa a ideia de Carpe Diem de viver o momento. Essa ideia pode ser encontrada também na imagem da revista, pois tem como assunto principal várias maneiras de viver intensamente. Análise Para explicar o porquê de usarem temas do arcadismo para elaborarem os dois anúncios da atualidade, podemos pegar como exemplo dois assuntos bastantes presentes na nossa rotina, como o trânsito e a poluição. As zonas urbanas, hoje em dia, são muito estressantes devido ao grande número de veículos nas ruas e às indústrias poluindo o nosso meio ambiente. Por isso, dão ênfase à fuga da cidade, que, normalmente, é algo raro de conseguirmos em função de nos prendermos a uma rotina, e com isso acabamos não aproveitando como deveríamos a nossa vida, como propõe o Carpe Diem. Conclusão
Full transcript