Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Personalidade e História de Vida

Apresentação dialogada para o 3º ano do Curso de Medicina da UNICAMP (Disciplina de Semiologia)
by

Luís Fernando Tófoli

on 17 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Personalidade e História de Vida

personalidade e história de vida
Luís Fernando Tófoli
Objetivos de aprendizado
Especificar o que é personalidade e exemplificar relações possíveis entre biografia e personalidade.

Nomear a relação entre estes conceitos e o trabalho em saúde.

Definir os transtornos de personalidade
“Personalidade é o conjunto integrado de traços psíquicos, consistindo no total das características individuais, em sua relação com o meio, incluindo todos os fatores biológicos, psíquicos e socioculturais de sua formação, conjugando tendências inatas e experiências adquiridas no curso de sua existência”

Bastos, 1997
Etimologia:

Περσωνα /persōna/

Máscara do teatro grego, usada pelos atores para representar um estado de espírito ou características de um personagem
Elementos
Temperamento
Características supostamente inatas e biológicas, definidas principalmente por componentes genéticos

Caráter
Parte da personalidade responsável pela adequação às regras sociais e morais (moldada pelo ambiente)
História do conceito de personalidade
Antiguidade Clássica
O humano:
‘palco dos deuses’.

Humores e disposições: frutos da ação dos deuses.
Hipócrates
Sangüíneo (terra):
expansivo, otimista, lábil, impulsivo
Linfático (ar):
sonhador, pacífico, dócil, metódico
Colérico (fogo):
tenaz, ambicioso, explosivo
Melancólico (água):
triste, rancoroso, solitário
Idade Média
O humano: campo de batalha entre Deus e o Demônio

Atos virtuosos e nobres x vícios e malefícios.
Idade Moderna à Contemporaneidade
Individualismo: humano como um ser separado de seu grupo
Livre arbítrio
Emoções e características próprias.

Delineação do conceito contemporâneo de personalidade
Personalidade e Teorias Psicológicas
Psicologia Analítica
Carl Gustav Jung

Direção da energia
Extroversão (E) x Introversão (I)
Função de julgamento
Pensamento (T) x Sentimento (F)
Função de percepção
Intuição (N) x Sensação (S)
Psicanálise
Sigmund Freud:

Pulsões sexuais e desenvolvimento infantil
Fase oral → dependência, passividade
Fase anal → parsimônia/avareza
x liberalidade/onipotência
Fase fálica → Complexo de Édipo
Personalidade e algumas teorias das Ciências Humanas com implicação clínica
Materialismo histórico
Karl Marx e seguidores

A personalidade determinada por fatores histórico-econômicos
Daseinsanalyse (Fenomenologia Existencial)
Heidegger e seguidores

A historicidade da existência
Como isso influencia
o trabalho do Médico?
Cada pessoa tem uma história de vida
Cada profissional ou paciente é uma pessoa
Personalidades têm afinidades e diferenças, e isso gera interações diversas no campo da Saúde
Exemplos da Literatura
de Machado de Assis
Psicologia Analítica
Isabel Myers e Katharine Briggs

Estilos (função preferencial)

Julgamento: pensamento/sentimento
Percepção: intuição/sensação
Os ‘big five’
Abertura (‘Openness to experience’)

Conscienciosidade ou meticulosidade (‘Conscientiousness’)

Extroversão (‘Extraversion’)

Amabilidade (‘Agreeableness’)

Neuroticismo (‘Neuroticism’)
O modelo de Cloninger
Procura por novidade (‘novelty seeking’): dopamina

Evitação de danos (‘harm avoidance’): serotonina

Dependência de recompensa (‘reward dependence’): noradrenalina
Transtornos da Personalidade
Definição
CID-10
1. Geralmente surgem na infância ou adolescência e são relativamente estáveis ao longo da vida do indivíduo

2. Conjunto de comportamentos e reações afetivas claramente desarmônicos, envolvendo vários aspectos da vida do indivíduo.

3. O padrão anormal é permanente, de longa duração e não limitado a um episódio
de doença mental associada.

4. O padrão anormal inclui muitos aspectos do psiquismo e da vida social do indivíduo, não sendo restrito a apenas um tipo de reação ou uma área.
Agrupamentos
5. O padrão comportamental é maladaptativo, produz uma série de dificuldades para o indivíduo e/ou para as pessoas que com ele convivem.

6. São condições não relacionadas diretamente à lesão cerebral evidente ou a outro transtorno psiquiátrico.

7. O transtorno leva a algum grau de sofrimento; entretanto, isso pode se tornar aparente para o indivíduo apenas tardiamente em sua vida.

8. Em geral, o transtorno contribui para o mau desempenho ocupacional e social. Entretanto, não é condição obrigatória.
bizarrice/suspicácia
‘CLUSTER’ A
T.P. borderline

T.P. histriônico

T.P. sociopático

T.P. narcisista
‘CLUSTER’ B
ansiedade/controle
‘CLUSTER’ C
T.P. paranoide

T.P. esquizoide

T.P. esquizotípica
T.P. dependente

T.P. ansioso

T.P. anancástico
impulsividade/manipulação
Transtornos mentais caracterizados pela manutenção de padrões de comportamento, cognição e vivências desadaptativas, presentes em vários contextos e diferindo marcadamente dos padrões aceitos pela cultura do indivíduo.

Estes padrões têm desenvolvimento precoce, são praticamente inflexíveis, e estão associados com sofrimento ou incapacidade significativos.
http://www.16personalities.com/br

DEFINIÇÃO
LinkS
Teste símile ao MBTI
http://www.16personalities.com/br

Apresentação em Prezi:
http://bit.ly/personalidadeehistoriadevida

Teste de Atenção:
Leitura
Recomendada
DALGALARRONDO, P. A personalidade e suas alterações. In: _____, Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. 2a ed. Porto Alegre: Artmed, 2008. p. 257-276.
Full transcript