Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Projeto de pesquisa

TCC
by

Marcela Pereira Mendes

on 7 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Projeto de pesquisa

REABILITAÇÃO DO EDIFÍCIO DE FÁRMACIA E ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
Marcela Pereira Mendes
Victor Leandro Arantes Chaves
Orientadora: Maria Carolina G. O. Brandstetter
Universidade Federal de Goiás
Escola de Engenharia Civil
PROJETO DE PESQUISA:
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO

1.1 Contextualização e Justificativa do Tema
1.2 Objetivos
1.3 Metodologia


2. CRONOGRAMA
1. INTRODUÇÃO
1.1 Contextualização e Justificativa do Tema
REABILITAÇÃO
Definição:

"Conjunto de operações dirigidas à conservação e ao restauro das partes significativas - em termos históricos e estéticos - de uma arquitetura, incluindo a sua beneficiação geral, de forma a permitir-lhe satisfazer níveis de desempenho e exigências funcionais atualizadas. Esse conceito pode ser aplicado tanto no contexto de intervenções urbanas quanto em edifícios"
(PAIVA; AGUIAR; PINHO, 2006 apud OLIVEIRA, 2013)

REABILITAÇÃO NA EUROPA
Relevância a partir de 1980;
Motivações:
edificações antigas ;
alto desgaste por processos naturais e antrópicos;
limitações do terreno;
desenvolvimento de técnicas de reabilitação;
sustentabilidade.

REABILITAÇÃO NA EUROPA (cont.)
Altos índices de investimentos no segmento de reabilitação:
REABILITAÇÃO NO BRASIL
Valorização recente do processo de reabilitação;

Índices de investimento ainda não medidos no setor;

Dificuldades apontadas:
planejamento e orçamento diferenciados;
mão de obra especializada;
riscos de investimento.
REABILITAÇÃO NO BRASIL (cont.)
Consolidação da atividade no país:
Norma de desempenho;
Perdas de funcionalidade dos edifícios;
INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR
Necessidades de intervenção:
destaque para as instituições de gestão pública;
Características:
Infraestrutura antiga;
Intenso desgate físico e funcional;
baixa manutenção periódica.
INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (cont.)
Relevância das instituições:
abriga diversos centros de pesquisa;
grande número de laboratórios;
consultórios médicos;
atendimento à comunidade.
Exigências para o bom funcionamento:
estrutura adequada;
tecnologias modernas;
instalações em bom funcionamento;
conforto aos usuários.

ESCOPO DA PESQUISA
TEMA
Estudo do processo preliminar de reabilitação da Faculdade de Farmácia e Odontologia (FFO), da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Extensão da dissertação de mestrado "Método de avaliação de necessidades e prioridades de reabilitação de edifícios de Instituições Federais de Ensino Superior" do autor Marco Antônio de Oliveira, defendida em maio do presente ano.
JUSTIFICATIVA DO TEMA
Edificação construída em 1989;
Diversas manifestações patológicas;
Instalações deficitárias, apresentando problemas;
Não atendimento à demanda atual;
Falta de conforto ao usuário;
Necessidade de reabilitação global do edifício - 67,2% -
REABILITAÇÃO PROFUNDA
(OLIVEIRA, 2013)

1.2 Objetivos
1. INTRODUÇÃO
OBJETIVO GERAL
Levantar os parâmetros e diretrizes para a elaboração do processo de reabilitação de uma edificação de ensino superior, por meio de um estudo de caso.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Analisar as intervenções já realizadas no edifício do estudo de caso, considerando reformas e manutenções desde sua implantação;

Estimar a defasagem operacional entre a demanda estimada na sua construção e a sua demanda atual;

Analisar possíveis causas das principais anomalias apontadas na pesquisa, no que se refere aos elementos funcionais.
1.3 Metodologia
1. INTRODUÇÃO
METODOLOGIA
Estudo de caso contendo as seguintes etapas:

Revisão bibliográfica que abordará o tema da reabilitação de edifícios;

Caracterização do caso a ser estudado – Edificação da Faculdade de Farmácia e Odontologia da UFG;

Elaboração de um levantamento e mapeamento das condições atuais da edificação;
METODOLOGIA
Análise documental dos projetos, registros de intervenções referentes a reformas e manutenções;

Investigação das anomalias relacionadas aos elementos de estrutura e cobertura, elementos internos e externos e instalações;

Tratamento e análise dos dados obtidos;
METODOLOGIA
Proposição de diretrizes para o processo de reabilitação da edificação;

Conclusões e considerações sobre a metodologia proposta e sobre os resultados alcançados.
2. CRONOGRAMA
REFERÊNCIAS
MARQUES DE JESUS, C. R. Análise de custos para a reabilitação de edifícios para habitação. 2008. 178 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

OLIVEIRA, M.A.Método de avaliação de necessidades e prioridades de reabilitação de edifícios de instituições federais de ensino superior. 2013. 234f. Dissertação ( Mestrado em Engenharia Civil)- Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.

FACULDADE DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA
Figura1: Edificação com alto desgaste na estrutura (VI ENEEC, 2010)
Figura2: Reabilitação de edificação antiga (VI ENEEC, 2010)
Figura3: Segmento da reabilitação no setor da construção civil na Europa (EUROCONSTRUCT, 2003)
Figura4: Edificação antes e após intervenção.
Figura5: Fachada da EEC, UFG (site: www.ufg.br)
Figura6: Fachada da Faculdade de Educação, UFG (site: www.ufg.br)
Figura7: Fachada FFO, UFG (OLIVEIRA,2013)
Figura8: Entrada FFO, UFG (OLIVEIRA,2013)
Figura9: Presença de dejetos e ninhos de pombos (OLIVEIRA,2013)
Figura10: Infiltração no teto do último pavimento (OLIVEIRA, 2013)
Figura11: Casa de máquinas com problemas de infiltração (OLIVEIRA, 2013)
Figura12: Desordem no sistema de cabeamento (OLIVEIRA,2013)
Figura13: Instalações elétricas improvisadas (OLIVEIRA,2013)
Figura14: Botijões de gás dentro do laboratório (OLIVEIRA,2013)
Figura15: Cronograma do Projeto de Pesquisa.
Full transcript