Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Concepções atuais da Psicologia da Educação

No description
by

Juliana Moura

on 1 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Concepções atuais da Psicologia da Educação

Capítulo 2 - Concepções atuais da Psicologia da Educação (Psicologia da Educação- Coll, 1999)
Semelhanças entre os dois grupos de concepções
Além das diferenças próprias os dois grupos de concepções têm em comum os mesmos princípios e pressupostos básicos para abordar as relações entre o conhecimento psicológico e a prática educativa.
Do ponto de vista epistemológico todas as concepções concordam que: já não existe um objeto de estudo próprio e não há propósitos de produzir conhecimentos novos, mas unicamente o propósito de aplicar conhecimentos já existentes ou gerados por outras áreas da pesquisa psicológica.
Psicologia da Educação como disciplina -ponte
Renúncia explicita ao reducionismo que é próprio das concepções de Psicologia aplicada a Educação.
Conclusões
Coll aponta que a Psicologia da Educação. assume atualmente o caráter de disciplina -ponte na maioria das discussões que permeiam a área. .
As concepções atuais oscilam entre:


1- Estudos das variáveis e dos processos psicológicos são a única via adequada para proporcionar uma base científica à teoria e a prática educativas.
2- Estudos que consideram a P.E. como um simples campo de aplicação do conhecimento psicológico, como psicologia aplicada a educação.
O conhecimento psicológico é o único que permite abordar as questões educativas de uma maneira científica e racional.
O comportamento humano responde a uma série de leis gerais que, uma vez estabelecidas pode ser aplicada para compreender e interpretar qualquer âmbito da atividade das pessoas.
Aquilo que caracteriza a P.E. não é o tipo ou a natureza do conhecimento que manipula, mas o campo de aplicação em que se pretende usar esse conhecimento, no caso a Educação.
A missão da P.E. é selecionar entre os conhecimentos que a Psicologia científica oferece aqueles que podem ser mais úteis para entender e explicar o comportamento das pessoas nas situações educativas.
O único tipo de conhecimento novo que a Psicologia da Educação pode aspirar a produzir é o conhecimento relacionado às estratégias ou procedimentos de aplicação.
Caracteristicas da P.E. como disciplina-ponte:
As relações não podem ser consideradas em uma única direção;
Os fenômenos educativos deixam de ser exclusivamente um campo de aplicação do conhecimento psicológico para chegar a ser um âmbito da atividade humana que pode ser estudado com instrumentos conceituais e metodológicos próprios da Psicologia
P.E. Como disciplina - ponte tem identidade própria.
P.E. como disciplina - ponte tem caráter disciplinar.
Dimensões da Psicologia da Educação:
Contribuir na elaboração de uma teoria que permita compreender e explicar melhor esses processos;
Ajudar a elaborar procedimentos, estratégias, e modelos de planejamento e de intervenção que possibilitem sua orientação a uma determinada situação.
Facilitar a instauração de práticas educativas mais eficazes, satisfatórias e mais enriquecedoras para alunos e professores.
RESUMO
As duas concepções têm em comum a ideia de que a principal finalidade da Psicologia da Educação é a de utilizar e aplicar os conhecimentos, os princípios e os métodos da Psicologia para a análise e o estudo os fenômenos educativos. Fora esse aspecto, o uso e aplicação são discrepantes: com relação a como construir esse conhecimento e em relação ao significado da própria finalidade da aplicação.
Full transcript