Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Humanismo Psicologia

Por Felicia Gabler, Sarah Cordeiro e Matheus Oliveira
by

Antonio Carlos Fardin

on 30 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Humanismo Psicologia

Humanismo
Sentimentos de inferioridade e compensação
Psicologia Humanista
Grupo Humanismo

Antônio Carlos Fardin
Daiany Carlini
Luciana Fischer
Márcia Lindemann Assis
The philosophers denied their involvement in the movement.
Zunjic, Slobodan. "Jean Paul Sartre The Humanism of Existentialism I." University Of Rhode Island. N.p.. Web. 10 Jan 2013.
<http://www.uri.edu/personal/szunjic/philos/human.htm>.
Le, Jeanne, dir. Existentialism. 2013. Film. 22 Jan 2013. <http://www.youtube.com/watch?v=4GpfL8SuWDg>.
Sartre-et-Camus. N.d. As it out to beWeb. 22 Jan 2013. <http://asitoughttobe.com/2012/02/29/existential-echoes/>.
O Humanismo surge nos Estados Unidos na década de 50, ganhando força nos anos 60 e 70, com uma reação às idéias pré-existentes.

Sentiram falta dos celulares?
Contexto Histórico
Critica

1. A CONSCIENTIZAÇÃO DO NADA

A consciência coletiva: a soma das consciências individuais
Foi na plena liberdade de escolha em que as consciências individuais optaram por tornar uma questão inflexível

Referência Bibliografica:
Figura 3
Figura 5
Figura 6
Sartre (1986)
Vídeo 2
- FILOSOFIA DO IMPACTO X FILOSOFIA TRADICIONAL (ARISTÓTELES)

O homem é um NADA para poder SER - no presente -

"a existência precede a essência" (Sartre)
A DETERMINAÇÃO
O DESAMPARO
“somos aquilo com o que fazem de nós " (Sartre)

A diferença está no modo de encarar as imposições das instâncias; pois sou livre(condenado) e responsável.Se possuo essa liberdade, e estou desamparado no mundo; necessitando sempre transcender, pois sou um vir-a-ser..“ORESTES Deixá-la desfazer-se! Que os rochedos me condenem e as plantas murchem à minha passagem; não chegará o teu universo inteiro para meprovar que não tenho razão, És rei dos deuses, Júpiter, rei das pedras e das estrelas, rei das ondas do mar. Mas não és o rei dos homens”

... Então, na ANGÚSTIA encontra a força motora para o agir; para o auto-atualizar-se. Mas, por um outro lado, a estagnação
A ANGÚSTIA
Incômodo

Rogers e Sartre: sou sempre presente
Rogers: o individuo é sempre uma tendência para a ação. Porque a ação do individuo é um contínuo vir-a-ser
- A Clínica


O humanismo foi um movimento intelectual iniciado na Itália no século XIV com o Renascimento e difundido pela Europa, rompendo com a forte influência da Igreja e do pensamento religioso da Idade Média.

O teocentrismo (Deus como centro de tudo) cede lugar ao antropocentrismo, passando o homem a ser o centro de interesse. O humanismo procura o melhor nos seres humanos e para os seres humanos sem se servir da religião.

A filosofia humanista oferecia novas formas de reflexão sobre as artes, as ciências e a política, revolucionando o campo cultural e marcando a transição entre a Idade Média e a Idade Moderna.


Ponto de vista estéril por não considerar o consciente e o inconsciente.
Skinner
Behaviorismo
As três forças na Psicologia
Retrara os seres humanos como pouco mais que robôs mecânicos utilizando
métodos para analizar o comportamento.
Psicologia Humanista
Teorías e Sistemas Psicológicos 3
Profª Aldinéia
A teoria da Hierarquia das Necessidades
"O estudo de espécimes avariados, atrofiados, imatutos,e não saudáveis só pode produzir uma psicologia defeituosa" (Maslow 1970)
A vida de Maslow 1908-1970

Carl Rogers e a Abordagem Humanista
"Sinto-me mais Feliz simplesmente por ser eu mesmo, e deixar os outros serem eles mesmos."
(Carl Rogers)
O Desenvolvimento da Personalidade:
A Hierarquia das Necessidades
Uma combinação de necessidades inatas, desde a mais forte até a mais fraca, que ativa e direciona o comportamento.
Maslow afirma que, o crescimento psicológico ocorre em termos de satisfação bem sucedida de necessidades mais elevadas

"O uso e a exploração pleno de talentos, capacidades, potencialidades, etc. Eu penso no homem que se auto-atualiza não como um homem comum a que alguma coisa foi acrescentada, mas sim como um homem comum de quem nada foi tirado. O homem comum é um ser humano completo com poderes e capacidades amortecidos e inibidos".
A Avaliação na Teoria de Maslow

Thomas Jefferson
Ruth Benedict
Max Wertheimer
Albert Einstein
George Washington
Harriet Tubman
Em síntese, o trabalho de Maslow, ofereceu uma contribuição considerável tanto prática quanto teórica para os fundamentos de uma alternativa para o Behaviorismo e a Psicanálise, correntes estas que segundo ele, tendem a ignorar e ou deixar de explicar a criatividade, o amor, o altruísmo e os outros grandes feitos culturais, sociais e individuais da natureza humana.

A Vida de Rogers

Nasceu 8 janeiro de 1902, Em Oak Park, Illinois.
Viveu sua infância isoladamente. No colegial era um excelente estudante com interesses científicos.

Começou seus estudos na Universidade de Wisconsin, passando pelo seminário Union Theological Seminary, Universidade de Colúmbia.

Primeiro emprego: Rochester, Nova Iorque, num centro de orientação infantil.

Escreveu: The clinical treatmentof the problem child (1939).
1951Publicou terapia centrada no cliente – Onde continha sua primeira teoria formal sobre terapia.

Em 1957 foi para a Univerdidade de Wisconsin em Madson com uma indicação para a psiquiatria e psicologia.
Antecedentes Intelectuais.

A teoria de Rogers desenvolveu-se essencialmente a partir de sua própria experiência Clínica.

Nunca houve nenhuma pessoa que se destacasse em minha aprendizagem ...
Schultz , D.P História da Psicologia Modern.a Tradução da 9ª edição norte-americana;

Schultz , D.P História da Psicologia Moderna. 5ª edição norte-americana, 1ª edição brasileira.;

Fadiman & Frager - 1986-Teorias da Personalidade;

Schultz, & Schultz - 2004 - Teorias da Personalidade;

Artigo, Psicologia Humanista Apontamento Sobre Psicologia Humanista, Prof Teresa Cristina Barbo Siqueira.
Conceitos Principais:
Uma premissa fundamental da teoria de Rogers é o pressuposto de que as pessoas usam sua experiência para se definir. A partir dai Rogers define vários conceitos.

- Campo da Experinência;
- Self;
-Congruência;
- Incongruência;
– A auto-atualização.
Avaliação na Teoria de Rogers
Para Rogers o único modo de avaliar a personalidade é em termos das experiências subjetivas, os eventos da vida da pessoa e conforme ela os percebe e os aceita como reais.

Na Terapia centrada na pessoa, Esta tem tido um grande impacto na Psicologia, sua teoria tem sido bem recebida particularmente por causa da ênfase na importancia do EU, Rogers influenciou o movimento do potencial humano, atribuindo a responsaabilidade da mudança ao cliente e não ao terapeuta.
"Quando olho para o mundo, sou pessimista, mas quando olho para as pessoas, sou otimista."
(Carl Rogers)
As três forças na Psicologia
Freud
Psicanálise
Como ver qualidades e caracteristicas quando se estuda apenas o emocional perturbado, as neuroses e psicoses.
As três forças na Psicologia
Surge como a 3ª força na psicologia.
O Humanismo
Os psicólogos humanistas estudavam as forças e virtudes e investigavam o que tem de melhor no comportamento.
Os dois principias autores foram Abraham Maslow e Carl Roers.
Full transcript