Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Nutrição Hospitalar: Avaliação e procedimentos

No description
by

Vinicius Trevisani

on 20 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Nutrição Hospitalar: Avaliação e procedimentos

Nutrição Hospitalar: Avaliação e procedimentos
ICESP
Produção de refeições
Foco de atendimento:
pacientes internos e externos;
acompanhantes (menor de 18 anos ou maior de 60 anos) e autorizados pela equipe multiprofissional.
Equipamentos
Supervisão de Contrato
Projetos humanizados
nº de leitos hospitalares:
488 (leitos ativos)
100 poltronas (quimioterapia)
34 poltronas (Hospital Dia)
54 (CAIO)
Atendimento Nutricional
Triagem;
Anamnese alimentar;
Avaliação e evolução nutricional de pacientes;
Prescrição dietoterápica adaptando prescrição médica para atendimento das necessidades nutricionais e sobretudo, das preferências dos pacientes:
sistema informatizado Brand Brasil:
impressão de etiquetas com a dietoterapia específica;
emissão de relatórios para produção de refeições;
Atendimento nutricional
Equipamentos clínicos:
estadiômetro (8);
balança (8);
adipômetro (10);
aparelho de Biomimpedância Elétrica (1);
aparelho de Calorimetria Indireta (1).
Produção de refeições
Área física 1° subsolo: 1000m²

Realizada por empresa terceirizada:
Sodexo (2009 a jul/2013);
GRSA (ago/2013 a atual) - responsabilidade:
aquisição de alimentos (solicitação de compra, recebimento e armazenamento);
preparo (sala de sobremesa, açougue, sala de preparo de líquidos, cozinha geral)
porcionamento (dietas gerais e dietas modificadas conforme necessidade do paciente oncológico).
Desjejum
Colação
Almoço
Lanche da Tarde
Jantar
Lanche Noturno
Desjejum
Almoço
Jantar
Cardápio
Cardápio padrão;
Cardápio de substituição;
Pedidos especiais.
Geral
Branda
Pastosa
Pastosa Batida
Leve
Leve Liquidificada
Líquida
Hipossódica

Hipoprotéica

Hipofermentativa

Hipogordurosa
Diabetes

Sem resíduos

Sem ácidos
Laxativa

Pobre em Potássio

Pobre em Iodo
Hiper hiper

Encefalopatia

Neutropenia

Vegetariana
Arroz
Macarrão ao sugo
Feijão - almoço
Sopa - jantar
Canja - almoço
Feijão - jantar
Carne
Frango
Peixe
Substituição conforme cardápio mensal
Guarnição
Batata e cenoura
Salada
Alface e tomate
Sobremesa
Gelatina
Comissão de Cardápio
Iniciada em Setembro/2010;
Coordenador de Produção;
Coordenador de Nutrição Clínica;
Nutricionista da Produção
Nutricionista da UTI
Nutricionista do setor de internação - Clínico
Nutricionista do setor de internação - Cirúrgico
Nutricionista do setor de internação - Hematologia
Nutricionista do setor de pronto atendimento - CAIO
Nutricionista de cobertura
Nutricionista da empresa terceirizada
Composta por:
Exemplos de temas discutidos:

revisão do Manual de dietas;
revisão do valor calórico das dietas (redução);
revisão do porcionamento (1/2 porção);
exclusão de preparações (sopa de beterraba);
discussão do cardápio de substituição;
apresentação do prato (uso temperos).
Comissão de Cardápio
Integração dos nutricionistas de clínica, produção e empresa terceirizada, com a finalidade de melhoria da assistência ao paciente;
Indispensáveis:
5 caldeiras (arroz: 40 kg/dia - feijão: 16 kg/dia);
3 fornos combinado (prato principal: 70 kg/dia);
2 fogões (leite/sobremesa: 230 L/dia);
4 câmaras frigoríficas;
1 máquina café (609 L/dia);
2 lava-louças;
1 processador de alimentos;
5 liquidificadores, entre outros.
Sistema de distribuição Socamel
Carro térmico:
possui dispositivo de aquecimento e resfriamento em compartimentos separados;
capacidade de 30 bandejas;
manutenção da temperatura por 1 hora;
fácil manuseio;
fácil higienização.
Justificativa:

para distribuição de alimentos quentes e frios na mesma bandeja, agilizando o processo de montagem das refeições e distribuição, além da melhora da qualidade (refeições na temperatura adequada atendendo as necessidades do paciente) e segurança alimentar (manutenção da cadeia quente e fria de acordo com a legislação vigente).
Sistema de distribuição Socamel
Estação fixa:
possui sistema de aquecimento e resfriamento simultâneo;
sistema eletromagnético para acoplagem dos carros térmicos;
paniel eletrônico com programação de tempo e temperatura (4 programações distintas);
alarme sonoro ao final de cada ciclo.
Justificativa:

para aquecimento e resfriamento do carro térmico agilizando o processo de montagem das refeições e distribuição, além da melhora da qualidade (refeições na temperatura adequada atendendo as necessidades do paciente) e segurança alimentar (manutenção da cadeia quente e fria de acordo com a legislação vigente).
Distribuição
Responsabilidade ICESP:
atendente de Nutrição;
elevador exclusivo;
agilidade na distribuição devido utilização de carro térmico, não havendo necessidade de reaquecimento.
Realizada pelos colaboradores da empresa terceirizada;
nutricionista da empresa terceirizada;
nutricionista clínica e da produção do ICESP;
atendentes de nutrição ICESP.
Supervisão:
Bandeja alocadas no carro térmico de distribuição Socamel.
Porcionamento
Em média, 400 refeições porcionadas em 02 horas;
Grande variedade de declinações e dietoterapia específica;
Recolhimento
Responsabilidade ICESP:
atendente de Nutrição;
não há higienização de utensílios nas copas;
agilidade devido utilização de carro exclusivo para recolhimento.
Execução:
Nutricionista de Produção (4);
Coordenador de Produção (1).
Responsável:
Gerente do Serviço Nutrição e Dietética (SND);
Diretora Geral da Assistência.
Métodos:
supervisão diária;
check-list semanal;
avaliação diária para preenchimento de SLA (multa);
conferência semanal da estatística de faturamento;
fechamento mensal.
Cozinha experimental:
colaboradores (mensal) - 15 participantes/mês;
acompanhantes de pacientes em Quimioterapia (semanal) - 29 participantes/mês;
pacientes em preparo para Radioiodoterapia (semanal) - 31 participantes/mês.
Sala de espera:
palestras sobre alimentação saudável e alívio de sintomas nas recepções dos ambulatórios (semanal) - 90 participantes/mês.
Projetos humanizados
Alguns projetos com participação do SND:
Grupo Acolhida (apresentação do ICESP aos pacientes antes do 1º atendimento médico);
Grupo Apto (acolhimento dos pacientes pré-cirúgicos);
Programa Happy Birthday (comemoração do aniversário dos pacientes);
Programa Meu Prato Saudável (orientação sobre alimentação saudável - público em geral);
Conversando com a Equipe (reunião multiprofissional com acompanhantes para sanar dúvidas sobre a internação);
Cine interativo;
Roda de conversa com Diretor;
Treinamentos admissionais (apresentação do SND);
Dia da Família.
Chá e bolacha para pacientes/acompanhantes na recepção do CAIO;
Chá e bolacha para acompanhantes na recepção da Quimioterapia.
Pesquisa de Satisfação
Projeto de Aceitação Alimentar (avaliar a eficácia da terapia nutricional implantada individualmente através de preenchimento de impresso próprio);
Visitas de rotinas conforme fluxo de atendimento para adequação da terapia nutricional ou conforme demanda;
Pesquisa de Satisfação dos usuários - SES.

Dados SND ICESP
2º trimestre 2014
OBRIGADA!
visitas de rotina;
orientação de alta hospitalar;
Alô Nutrição;
entrega de folders na Quimioterapia;
Full transcript