Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

visão panorâmica da Palestina

No description
by

samuel scheffler

on 21 November 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of visão panorâmica da Palestina

Império Romano
Jerusalém

Dominação Síria
Revolta dos Macabeus
Reconstrução: política, econômica e religiosa
150 a.C. formação dos partidos
Poder e identidade dos
Grupos Religiosos

Período inter testamentários
Contexto Palestino
no período dos Evangelhos

Templo
Galiléia - agricultura e pesca
Judéia - pecuária
Jerusalém - artesanato
Jericó - perfume
Economia
tolerância religiosa e cultural
centro do poder
Here is something small...
An Example:
Política
30
Sinédrio
71 membros
sumo sacerdote
anciãos (saduceus e fariseus)
escribas
doutores da lei
Geografia
85 km de largura
240 km de comprimento

dividida de alto a baixo por uma cadeia de montanhas
oeste
vento frio do mar que provoca chuvas frequentes
leste
seco e árido
Galiléia
terras férteis
Judéia
pastagem e rebanho e oliveiras
Saduceus
Fariseus
Essênios
Zelotes
Herodianos
Escribas
Samaritanos
Publicanos
Saduceus
escola sacerdotal
"sadoc"
sacerdote AT
aristocracia e posses
reivindicavam
a sucessão de Arão
levitas
Cuidavam do Culto
símbolos
ritos
cerimoniais
aceitavam
somente a
Lei escrita
amigo dos romanos
conchavo políticos
conservadores
não criam no sobrenatural
Fariseus
escola da lei
pureza / santidade
poder delegado pelo templo
observância exagerada da lei
nacionalista
hostis ao império
de forma pacífica
grupo seleto
elitizado
criavam Sinagogas
p/ opor ao Templo
e influenciar
nas Escrituras
criam no sobrenatural
critério de Pureza
letrado
posses (pagavam tributos, ofertas e dízimos)
geografia: Galiléia, Samaria, Judéia
Profissão: (sangue, viagens)
Condição de saúde
Pureza racial
Essênios
escola profética
Purificação
criaram o batismo
rito profético:
(30 anos, batismo,
exílio no deserto)
Comunidade de QUNRAM - (1947)
Padrão da Com. Primitiva
Identidade:
estilo monástico
comunidade
partilha, conversão
Autoridade dos profetas
Pacifistas
Formava Profetas:
revive a tradição profética
alimentação,
vestimenta,
disciplina
Hitótese:
Adotaram João Batista
Zelotes
escola política
pequenos camponese
pobres
combate
e escatologia
apocalíptica
militantes políticos
revolta política
herodianos
pequeno grupo
muito influente
inimigos dos fariseus e dos zelotes
funcionário da corte
escribas
não são
nem grupo político
e nem religioso
responsáveis pela educação e direito
copista e ensinavam nas Sinagogas
samaritanos
mestiços
traidores e impuros
Aceitavam o Pentateuco
Não iam a Jerusalém
pq entendiam que o Templo
ficava em Gerazim
Publicanos
nem partidos políticos
nem religiosos
funcionários judeus
a serviço do
Império Romano
cobravam impostos
e cuidava da alfândega
empregava 20 mil pessoas
Função administrativa
Sinagoga
casa do livro
alfabetização: aprendia a Ler
Função jurídica
funcionava o Sinédrio
trabalhavam os doutors da lei
Função educacional
professores
educadores
Rituais e cerimônias
Cotidiano religioso judeu
Judeus: 6 milhões na palestina
viagens longas: 1 ida para o templo de Jerusalém
problema de câmbio
2 milhões na palestina
animais para o sacrifício
procedência
criação em locais certificados
moedas estrangeiras eram profanas
Full transcript