Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Copy of Direção Executiva Nacional de Medicina - DENEM

No description
by

Gabriel Campos

on 4 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Copy of Direção Executiva Nacional de Medicina - DENEM

DENEM - Gestão 2016
RECEPÇÃO DE CALOURAS E CALOUROS
O QUE É SAÚDE!?
Caso Clínico
Realidade
Intervenção
#ID: J.C.S.,
42 anos
, masculino,
negro
, casado, católico,
técnico de solda
, natural e procedente de Curitiba, bairro Vila Verde.


#HS: Mora com esposa e
4 filhos
. Bom relacionamento com a família. Segundo grau completo. Trabalhou como
motorista por 10 anos e há 5 anos é técnico de soldagem
. Considera o
trabalho “estressante”
e situação financeira razoável.
#HMA:
Dor na coluna com início há 3 anos e piora desde então.
Dor de forte intensidade, recorrente, do tipo lacinante, em toda a coluna, mais pronunciadamente na região lombar. Irradiação para membro inferior direito de início há um ano. Fatores de melhora: mudança de posição.
Fator de piora: esforço físico relacionado com a coluna. Apresentou dificuldade para dormir devido à dor
. Sem sintoma associado.
#QP: “dor nas costas”

#HF: Pai falecido aos 60 anos (ñ soube informar a causa).
Mãe portadora de diabetes tipo II e hipertensa, falecida de ataque cardíaco aos 64
. Irmão falecido de acidente de moto aos 35 anos. Outro
irmão falecido de cardiopatia (“coração inchou”) aos 48 anos
. Nega casos de câncer e tuberculose na família.
#HPP: Paciente nega lembrar-se de doenças da infância, nega DM, câncer, tuberculose, HAS, cardiopatia e traumas.
#HS: Mora em casa de alvenaria, pouco arejada e bem iluminada, com água e esgoto encanados.
Alimentação adequada com pouco sal, e pouca gordura
.
Tabagista
, 1 maço de cigarro/dia há 25 anos.
Consumidor de álcool, 50 mL/dia
. Nega uso de drogas ilícitas. Epidemiologia negativa para doença de Chagas, esquistossomose e AIDS.


Exame Físico
BEG, BOTE, hidratado, corado, anictérico, acianótico

PA: 170 x 110 mmHg
(braço direito, sentado).
T: 36,5ºC (axilar).
FC: 90 bpm.
FR: 25 irpm.
IMC: 32 kg/m²
Ausculta Cardíaca: BNRNF, SS.
Ausculta pulmonar: MVF, S/ RA
Abdome: globoso, flácido, ruídos hidro-aéreos presentes, sem visceromegalias
Fundoscopia: Estreitamento
arteriolar

# Dor Lombar:
Compressa quente
Analgésico não-opióides e AINEs

# Hipertensão:
1.
Mudança do estilo de vida
: redução do peso, dieta hipossódica, atividade física, restrição álcool, combate ao estresse.
2. Medicamentos: Diuréticos, BRA, IECA, Betabloqueadores, Vasodilatadores diretos (...)


Conduta

Lombalgia crônica inespecifica



HAS primária - estágio 2*

Diagnóstico

Maior prevalência de casos de hipertensão arterial em pessoas que desempenham determinadas atividades ocupacionais.
Fatores relacionados:
-
estresse,
causado pela sobrecarga de trabalho e de responsabilidades, bem como ruídos ambientais;
-
insatisfaçãono emprego;
- elevação da complexidade e da intensidade do trabalho;
- repetitividade, nível de concentração requerido;
- instabilidade no emprego ou supervisão severa
.
Maior prevalência de hipertensão arterial são encontradas entre os
trabalhadores não especializados, que ganham menores salários, dos setores secundários e terciários da economia.

FONTE: FATORES DE RISCO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL: INVESTIGAÇÃO EM MOTORISTAS E COBRADORES DE ÔNIBUS
SÓ ISSO
RESOLVE!??
Lombalgia, a famosa dor nas costas, por causa do sedentarismo e da vibração do corpo inteiro durante o trabalho, e internação por hérnia de disco foram outros problemas de saúde constatados, além de surdez, úlceras, dores de cabeça, problemas nos olhos, na medula óssea, náuseas e fraquezas generalizadas.

FONTE: FATORES DE RISCO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL: INVESTIGAÇÃO EM MOTORISTAS E COBRADORES DE ÔNIBUS
COMO TER UMA AÇÃO TRANSFORMADORA!?
A SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS
ATÉ QUANDO VAMOS NOS ENGANAR? ATÉ QUANDO VAMOS NOS CALAR!?
ORGANIZANDO-SE
EVENTOS REGIONAIS
O MÉDICO QUE QUERO SER
Seja a diferença!
"Uma vez me perguntaram qual era a melhor faculdade de medicina. Eu demorei um pouco para responder, porque cada escola tem suas especificidades e peculiaridades. E a melhor resposta que eu encontrei foi que a melhor faculdade de medicina é aquela que tem o Centro Acadêmico mais ativo e este está ao lado dos oprimidos. "



Marcos da Ros – Professor de Medicina/ UFSC
REGIONAL SUDESTE 2

Segurança, iluminação, asfalto;

Redução jornada de trabalho;

Melhores condições de trabalho;

Educação de qualidade para todos;

Saúde de qualidade para todos (...)

Qual seria o
melhor tratamento?
Eventos Nacionais
SUS: Gestão, finaciamento e direitos

MERCANTILIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Combate às Opressões:
como resistir à Universidade?

LIGAS
PRECONCEITO E TROTE
PROVA UNIFICADA Residência
DIRETRIZES CURRICULARES
Serviço Civil Obrigatório

O que estamos fazendo?

E A DENEM COM ISSO???
COLETIVOS DENEM !!!
OBRIGADX!!!
''Por um mundo onde sejamos socialmente iguais, humanamente diferentes e completamente livres."
Rosa Luxemburgo.
Full transcript