Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A PASSAROLA

Português 12ºano
by

Filipa Reizinho

on 10 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A PASSAROLA

A
PASSAROLA Bruno Sampaio
Erica Calado
Filipa Reizinho Blimunda Sete-Luas Domenico Scarlatti Tem uma relação amorosa com Baltasar;

Graças aos seus poderes, vê os defeitos da máquina para que Baltasar os corrija;

Recolhe as vontades para que a máquina possa voar;

No processo de recolher vontades fica doente, mas a música de Scarlatti cura-a. Músico barroco italiano professor da Infanta D. Maria Bárbara;

Personagem histórica;

Representa a arte aliada ao sonho;


É ele que cura Blimunda através da sua música
e possibilita o voo da passarola. Local de construção Padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão Simbologia da Passarola Baltasar Sete-Sóis "Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce" Fernando Pessoa, in "O infante" "Além da conversa das mulheres, são os sonhos que seguram o Mundo na sua órbita" Cap. XI Memorial do Convento "O Homem primeiro tropeça, depois anda, depois corre, um dia voará" Memorial do Convento Quinta do Duque de Aveiro em São Sebastião da Pedreira, em Lisboa Local mágico da história ao qual só acedem blimunda, baltazar e o padre bartolomeu É caracterizado como um espaço rural, onde não faltavam fontes, terras de olival, burros, noras e onde se situa a quinta abandonada, em que a passarola estava na sua abegoaria, para que esta tivesse protegida do Santo Oficio. Personagem histórica Nasceu no Brasil em 1685 e faleceu em 1724. É o oposto do clero da época: académico e intelectual que tem dúvidas em relação a igreja e esclarece-se recorrendo a ciência. Foi o primeiro a provar a possibilidade de uma aéronave poder voar e, em memória do seu projecto, ficou conhecido como “o padre voador” A construção do seu projeto Só se tornou possível graças à ajuda de Blimunda, Baltasar e o musico Scarlatti. Beneficiou da proteção e amizade do rei D. Joao V que financiou o seu projeto, concedendo-lhe uma quinta para a realização do mesmo, embora essa proteção não o livrasse da perseguição do Santo Ofício. Morreu louco em Toledo (Espanha), onde se tinha refugiado. Combinação de saberes Contributo de cada uma das personagens Primeiro a tomar conhecimento da Passarola;

Construtor da máquina voadora;

Dispunha da força que faltava ao padre;

Apesar de maneta, o seu gancho habilitava-o a fazer certos trabalhos mais minunciosos e sem se magoar;

Responsável pela Passarola na ausência do padre; Conhecimentos mecanicos, empíricos e manuais;

Empenhado;

Concretizou o sonho de voar de Bartolomeu; Patrilha de um segredo, de uma profunda amizade, de um sonho Elo de ligação entre a Terra e o Céu Representa metaforicamente as almas que ascendem ao céu e a libertação do espírito A passarola insere-se na narrativa como um mito, do qual o homem depende para viver; mito esse proibido que se deixará ver pelo voo espetacular que realiza, mostrando que ao homem nada é impossível e que a vida é uma grande aventura. O SONHO TORNA-SE REALIDADE Materiais necessários
para o voo da Passarola Bolas de âmbar

Éter

Íman que serão atraídas pelo sol atraído pelo âmbar; corresponde às vontades do Homem atraído pelo éter
Full transcript