Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

A colonização/descolonização das colónias

No description
by

João Marques

on 18 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A colonização/descolonização das colónias

A colonização/descolonização das colónias
Portuguesas

História A- 12º Ano
Escola Secundária D. Afonso Henriques
Neste processo foram libertadas todas as ex-colónias portuguesas, exceto Timor, e voltaram para Portugal, em circunstâncias dramáticas, cerca de um milhão de portugueses que se tinham fixado no ultramar.


Finais da década de 50 do século XX
Moçambique
Angola
Revolução de 25 de Abril de 1974
Descolonização das colónias portuguesas
Dificuldades/Entraves do Estado Novo e do processo
de democratização do país antes de 1974
Timor Leste
1975
1976
Guiné Bissau
Cabo Verde
S. Tomé e Princípe
Cabo Verde
MPLA
Movimento Popular da Libertação de Angola
UPA
União dos Povos de Angola
UNITA
Movimento Nacional para a Independência
Total de Angola
FNLA
Frente Nacional de Libertação de Angola
FRELIMO
Frente de Libertação de Angola
RENAMO
Resistência Nacional de Moçambique
O Império Colonial Português
Brasil
Projeto Colonial Africano
Angola
Moçambique
S. Tomé e Príncipe
Guiné Bissau
Cabo Verde
Movimentos Independentes e seus dirigentes
Angola
FNLA
UPA
PDA
Moçambique
FRELIMO
UDENAMO
MANU
UNAMI
Cabo Verde e Guiné Bissau
PAIGC
S. Tomé e Principe
MLSTP/PSD
CONCP
CLSTP
A Pacificação de África
- A utilização da força militar para submeter as raças "atrasadas, inferiores" ao poder colonial.
"A colonização deve ser feita pela via pacífica de penetração dos territórios e de admistração, indo contra os objetivos imediatos da colonização como a cobrança de impostos e recrutação de trabalhos."
Império Sob-Tensão
Ultimatum de 1890
Acordo Anglo-Alemão de 1898
Segundo Acordo Anglo-Alemão de 1912/13
Em meados da década de 20, as ilusões sobre um desenvolvimento rápido do ultramar, por impulso do estado, haviam-se desvanecido.
Demográfico
Financeiro
Crise colonial e o sobressalto nacionalista
Estado Novo e a Ideologia Imperial
Arranque Económico
Conflito Mundial de 1939-1945
O desenvolvimento económico
A propaganda imperial do Estado Novo
A Crise Política
Crise de legitimidade que afetou os sistemas coloniais após a 2ª Guerra Mundial devido a...
Reafirmação ao príncipio da autodeterminação dos povos
Descrença na superioridade da civilização ocidental e na missão tutelar das Nações Europeias sobre as outras raças inferiorizadas
Estado
Povos Africanos
A política definida para a África assentava-se em 3 pontos...
A rápida preparação contra a ofensiva militar
O apelo aos sentimentos nacionalistas na metrópole
A promulgação de um vasto número de medidas legislativas
Descolonização
25 de Abril de 1974
Dakar
PAIGC
FRELIMO
LUSAKA
Guiné Bissau é reconhecida enquanto república
Acordo de Argel
Entre 25 e 29 de Agosto de 1974
Acordo de Argel
Acordo de Lusaka
Acordo de Alvor
Novos países- Quem governa?
Com a revolução de 25 de Abril de 1974, iniciou-se o processo de descolonização ou independência das colónias. As negociações entre o governo português e os movimentos de libertação de cada colónia foram pacíficas. Surgiram assim, em meados da década de 70, novos países em África.
Macau e Timor foram as colónias portuguesas que não conseguiram a independência
Macau
Manteve-se sob a admistração portuguesa até 1999, ano em que passou para a soberania da República Popular da China
Timor Leste
No caso de Timor, após o abandono português em 1975, este território foi anexado e ocupado pela Indonésia
2002
MLSTP
Full transcript