Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

A Filosofia e o Sentido da Vida

No description
by

maria fernandes

on 21 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Filosofia e o Sentido da Vida

A Filosofia e o Sentido da Vida
Introdução
Este trabalho aborda o tema da filosofia e a existência, vai nos questionar acerca do sentido da vida assim vou avaliar os pensamentos de Albert Camus e de Peter Singer.
Muitos dizem que o objetivo da filosofia é procurar o sentido da vida, mas alguns filósofos como Albert Camus , entendiam que na verdade a vida não tem sentido.
Albert Camus defende que quaisquer tentativas que se façam no sentido de procurar um sentido para a nossa vida sairão fracassadas por não existir tal significado.
A questão do sentido da vida coloca-se na consciência que o homem tem da sua existência, da inquietação perante a sua finitude, o absurdo da morte.
Peter Singer tornou-se um dos mais polémicos e influentes filósofos vivos. Este defende o aborto e a eutanásia, e assim foi chamado de “doutor morte” e “o homem mais perigoso do mundo”.
A Questão do Sentido da Vida
Albert Camus
A vida humana pode não só não ter um sentido como também ser absurda. Albert Camus publicou em 1942-
O Mito Sísifo
. Neste livro ele mostra como a natureza da existência humana é absurda, fala do mundo onde nada tem aparentemente valor ou sentido . Camus utilizou a mitologia clássica para defender que todo o esforço é inútil.
De acordo com o livro
O Mito Sísifo
, Sísifo, rei de Corinto desafiou os deuses ao contar segredos destes aos mortais, por este motivo foi condenado e teve que empurrar uma pedra até ao cimo de uma montanha, mas sempre que estava quase a chegar ao cimo a pedra caía, e assim era obrigado a recomeçar o seu trabalho, pois para os deuses não existe punição mais terrível do que o trabalho inútil e sem esperança.
Camus vê Sísifo como um herói absurdo porque este vive a vida ao máximo, despreza os deuses e odeia a morte.

Mas afinal que era Camus ?
Albert Camus foi um escritor francês, filósofo e jornalista, e o primeiro escritor nascido em África a ganhar o prémio Nobel de Literatura, em 1957. É também, até hoje, o premiado com a mais curta vida. A sua escrita é associada ao existencialismo mas numa entrevista, em 1945, Camus recusou qualquer associação ideológica.
Albert Camus nasceu a 7 de Novembro de 1913, em Dréan (na altura, Mondovi), na Argélia, filho de um pai francês, Lucien, e uma mãe descendente espanhola, Catherine Hélène. E faleceu a 4 de Janeiro de 1960, em Villeblevin, vítima de um acidente de automóvel.
O sentido da vida refere-se á direção e finalidade última da vida, aos fins e ideais que dão valor ou são razão de ser esse valor e ao significado da vida, ou seja, os diferentes aspetos e problemas que o sentido da vida permite evocar.
Todos nós nascemos, crescemos e falecemos. Desejamos elaborar planos para o futuro mas, ao mesmo tempo, não deixamos de pensar e temer a morte.
Viver é ir definindo e realizando o que queremos ser.

Peter Singer
Na perspetiva de Peter Singer o problema do sentido da vida é simples: se tivermos uma vida do ponto de vista ético, podemos ter uma vida com sentido. Este defende que uma vida ética dá sentido à nossa existência porque satisfaz simultaneamente a nossa natureza social e as exigências da nossa racionalidade.
Para escolhermos viver uma vida eticamente reflectia é preciso coragem. Isto trata-se de uma: Escolha ultima – São escolhas que implicam pôr em causa os objetivos da nossa vida. Estas escolhas têm diferentes modos de vida: o modo de vida em que o ser humano se interessa por tudo; o modo de vida em que a ética é uma mais-valia; o modo de vida em que existe uma semelhança entre os anteriores.
Nem toda a população opta por ter uma vida ética reflectia. Para Peter Singer se nós agirmos de forma correta, de maneira a tornar um mundo melhor para viver é o primeiro passo para uma consciência ética mais ampla e mais elevada.
O envolvimento ético, por vezes, é bastante exigente. Devemos assim ter escolhas conscientes e coesas.

Mas afinal quem é Peter Singer?
Peter Singer é um dos mais importantes especialistas em ética aplicada, área para cuja revitalização contribuiu decisivamente. Peter Albert David Singer nasceu em Melbourne a 6 de Julho de 1946 é um filósofo e professor australiano. É professor na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos. Atua na área de ética prática, tratando questões de Ética de uma perspectiva utilitarista.
Singer foi professor de filosofia na Universidade de Monash em Melbourne, onde fundou o Centro para Bioética Humana.

Conclusão
Este trabalho foi bastante importante para adquirir novos conhecimentos. Conclui que a filosofia de Camus é uma declaração pessoal de guerra contra o mundo absurdo em que o homem vive. A resposta ao carácter absurdo da condição humana é a revolta. Camus defende que quaisquer tentativas que se façam no sentido de procurar um sentido para a nossa vida sairão fracassadas por não existir tal significado. Enquanto que, Peter Singer procura mostrar que estas são percepções erradas da vida ética, que não é uma espécie de vida severa e mística, mas antes uma vida que satisfaz a nossa humanidade mais profunda, dando um sentido concreto à nossa existência.
Cada pessoa tem a tarefa e a responsabilidade de escolher a finalidade que possa dar sentido á sua vida, assim traçamos um projeto e viver para a sua realização. Encontrar o sentido da vida corresponde a descobrir os objectivos que nos orientarão o agir e dão valor á nossa existência.

FIM !
Carina Fernandes
Nº8 11ºA
Ano letivo: 2014/2015
Escola EB2,3Secundária Santos Simões
FILOSOFIA
Full transcript