Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Liderança

bla bla bla
by

Danilo Cordeiro

on 17 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Liderança

Estilos de Lideres
As lideranças são distintas. Diferenciadas pela maneira característica que o líder age em prol do desenvolvimento do grupo.
O que é Liderança
Liderança uma palavra importante que no campo da gestão, uma vez que essa palavra reflete, em sua maioria, na eficácia do grupo e sua organização. Ela pode ser definida como um processo de dirigir e influenciar atividades relacionadas às tarefas dos membros do grupo.
Turma: 4N

Disciplina: Empreendedorismo

Docente: Glenda Marques

Discentes: Danilo Cordeiro
Mateus Pessôa
INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Campus Parnamirim
Curdo de Rede de Computadores
Liderança
•Liderança autocrática
LIDERANÇA
Embora os estilos de liderança já tenham sido identificados anteriormente e designados com estes ou outros nomes aqui ficam outros estilos de liderança associados à relação causal entre cada estilo e os efeitos sobre o clima de trabalho e o desempenho
Estilo Visionário
Estilo Conselheiro
•Estilo Relacional
•Estilo Dirigista
Teorias de Liderança
A Teoria do Grande Homem
Teoria dos Traços
Teoria Situacional
Teoria Carismática
Teoria da Atribuição
Estilos de Liderança
Liderança Autocrática
Liderança Democrática
Liderança Liberal
Estilo Pressionados
Líder X Chefe
Lideres através do tempo
A liderança não se restringe ao âmbito profissional, muito pelo contrário. Partindo da problemática, surge uma questão: a liderança é algo que já nasce com a pessoa, intrínseco aos especiais ou ela pode ser adquirida também ao longo do tempo? Assim, viu-se a necessidade de incluir a liderança como campo de pesquisa.
Esta teoria trata da idéia de que os líderes são natos. Ainda que não houvesse esse termo mais apropriadamente, era o vigente na antiguidade. Igualmente, marcado pelo reconhecimento mundial e forte influência fora Mahatma Gandhi, mas ao contrário de Jesus, não fora anunciado por nenhum profeta, quando criança mudou-se, cresceu, e se tornou um grande líder, pois acreditava no que pensava.
A Teoria dos Traços, semelhante à Teoria do Grande Homem, traz o homem que nasce com traços do que acreditavam ser um líder nato. Os traços de sua personalidade que o diferenciava dos demais na população. Nestes traços que buscavam nos líderes iam além da personalidade e também ficavam especulados nos traços físicos.
O princípio fundamental desta teoria consiste na atividade do líder busca identificar a situação que ocorre, respondendo ou ajustando-se a determinada situação. Essa rápida resposta do líder faz com que aja a valorização da ação do liderado, o aspecto motivacional e o ambiente em si, como elementos cruciais dentro do processo todo da liderança.
O próprio nome desta teoria indica a característica da pessoa, e se torna o principal motivo pelo qual ele se torna o líder do grupo; e que também está ligado ao processo dinâmico de atendimento das necessidades dos liderados.
A atribuição é característica forte nesta teoria (por isso o nome), mas diferente do campo atributivo da Psicologia, a Teoria da Atribuição (Administração) traz consigo um conceito de alta discrepância. Essa teoria tem um princípio forte de que todos podem se tornar um líder.
Ligada a uma liderança unilateral, esta liderança tem como característica o fato de suas decisões centralizadas no líder, sem levar em conta a participação de outros envolvidos no processo. Dotada de um tom egocêntrico, é comumente repressora, oprimi seus subordinados.
As tarefas ganham novas perspectivas com o debate.
Ainda que melhor que a liderança autocrática, a liderança democrática ainda possui o que podemos chamar de falha. A democracia trabalha com o “voto da maioria”, reprimindo de certa forma a opinião da minoria.
“Laissez faire, laissez aller, laissez passer” é uma expressão francesa que significa “deixar fazer, deixar ir, deixar passar”. Essa expressão define bem no qual esta liderança consiste. A liderança liberal deixa um espaço demasiado aberto ao funcionário, dando mais liberdade ao mesmo na execução de seus projetos.
Este líder é caracterizado por ser uma pessoa de efeito positivo no grupo. Ele canaliza as pessoas para visões e sonhos partilhados. Sempre olhando para um “horizonte”, é considerado o mais indicado para situações no qual ocorram mudanças que exijam uma nova visão.
É a este líder a quem as pessoas recorrem quando desejam um conselho sobre determinado tópico. Ele sabe relacionar os desejos das pessoas com o que a empresa tem como meta. Ele ajuda um empregado a ser mais eficiente, melhorando e estimulando suas capacidades de longo prazo.
O líder relacional cria uma espécie de harmonia melhorando o relacionamento interpessoal. Como o nome indica, ele trabalha melhor com as relações, logo é bom para resolver problemas, conflitos no grupo e dar motivações em momentos difíceis e o relacionamento.
Neste estilo, o líder é mais exigente. Ele consegue atingir objetivos mais difíceis e estimulantes. Em sua maioria, o efeito causado por sua presença é negativa sobre o clima de trabalho, uma vez que esse trabalho é mal executado. Ele é comumente chamado de “chefe”.
Socorrista, esse líder acalma os receios e temores no grupo, dando instruções claras em situações emergenciais. É o líder mais qualificado em situações extremas. Assim, pode-se esperar a resolução de problemas, desencadeando uma reviravolta na situação. Ele é bom, também, em lidar com subordinados difíceis.
Full transcript