Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Classicismo francês

Moliére
by

Tilão Mesquita

on 22 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Classicismo francês

Notas importantes sobre Molière
Ideas
Ideas
Ideas
Classicismo francês
Classicismo Francês
Heranças:
- Atores e atrizes juntos;
- Teatros com teto;
- Textocentrismo;
- Ator declamador;
- Valorização da comédia;
- Público pagante.
- Reescrituras das tragédias gregas, atenuadas;
- Teatro Elisabetano é visto como um teatro bárbaro;
- Teatro dos palácios e salões;
- “Arte Poética”, de Nicolas Boileau: manual estético da doutrina clássica; propõe as regras do bem escrever;
- Adota os princípios da “Poética” de Aristóteles;
- Lei da verossimilhança;
- O belo como condição indispensável;
- Adota a regra das três unidades;
- Desprezo pela arte que se aproxime do popular;
- Texto rígido, contido, metrificado e rimado;


http://pequenahistoriadoteatro.blogspot.com.br/2008/10/classicismo-francs-um-movimento.html
Molière
Usou sua herança para criar a sua companhia O Ilustre Teatro.
Pela falta de profissionalismo fracassaram e perderam todo o investimento que fizeram, além de se endividarem e irem para a cadeia.
Depois do escândalo, mudou seu nome para Molière, que ficaria marcado por toda a história do teatro mundial.
Mais um pouco sobre Molière
Monta uma troupe e sai pelo país a apresentar seus textos por quinze anos.
Durante esses anos, os textos foram ficando defasados, mas o apelo pelo seu trabalho foi ficando cada vez mais evidente, então Molière resolve parar por um tempo com o modo itinerante da troupe e dedica-se a escrever novos textos de teatro.
Em 1658 apresentam-se no Louvre diante do próprio rei da França,
Luís XIV.
Conclusão

(...) Em termos de periodologia literária, o classicismo é a resultante de um lento processo de maturação de idéias estético-literárias, que se estende por nada menos de três séculos, por diversos países, e recebe do Renascimento italiano seus elementos fundamentais, como: o modelo grecolatino para as artes plásticas ou literárias, os princípios da intemporalidade do belo e da necessidade das regras, o gosto da perfeição, da estabilidade, clareza e simplicidade das estruturas artísticas.

Fonte: http://www.ufrgs.br/proin/versao_1/teatro/index13.html
Maior dramaturgo cômico da França;
Sua companhia teve sucesso ininterrupto;
Teve a Corte e o público comum ao seu lado; apesar de polemista;
Foi ator, o que era muito mal visto na época e que o impediu de ser enterrado com as honras que lhe seriam devidas;
Sua irreverência com a igreja resultou em uma obra-prima: Tartufo, no entanto a obra ficou proibida por mais de cinco anos;
Dentre tantas, podem ser consideradas principais peças: Escola de Mulheres, Escola de Maridos, Tartufo, O doente Imaginário, As preciosas ridículas, O avarento, O burguês fidalgo, Anfitrião, O misantropo e Dom Juan.
A peça
A decepção amorosa
, encanta os presentes da
corte
e, sobretudo a Luís XIV.
Após esse feito, sua CIA se torna oficial e recebe do rei o Palais Royal para desenvolver seus trabalhos.
Podemos perceber a forte influência nas comédias de Molière de Tibério Fiorilli, o
Scaramuccia
, membro de uma Cia Teatral Dell'arte, mantida pela corte.
Sua comédia ficou conhecida como comédia de caracteres.
Molière dá aos seus personagens uma autonomia e uma individualidade conduzidas pela simples verdade do coração, funcionando como uma espécia de denúncia de imposturas de todas as formas e explicitando principalmente as do preconceito e da falta de moral.
Em suas obras aborda os problemas sociais, do casamento, da avareza ou da educação que se pretendia dar às moças.
Expõe em suas obras umgrito de escracho
contra a hipocrisia, as injustiças banais,
uma guerra aos invejosos e fanáticos ou
a quem mais tudo aquilo servisse.
Molière, que sofria de tuberculose, em
fevereiro de 1673, na temporada da peça
"
O doente imaginário
" que interpretava
Argan, sofre um colapso e morre.
Pierre Corneille
De influência espanhola, em seus primeiros trabalhos deixou claro sua predileção por personagens que eram seres verdadeiros em uma substituição clara aos tipos montados.
Com a apresentação de sua peça "Mélite", Corneille é convidado pelo Cardeal Richelieu para participar do que ficou conhecido como a Sociedade dos Cinco Autores, proposta para que escrevessem uma peça a cinco penas.
Descreveu em suas peças paixões com um vigor renovado, com heróis ideais encharcados de coragem e de espírito de luta e as aspirações do indivíduo em seu dever moral levam Corneille a escrever "Le Cid".
Como marca, faz o desenlace de sua peça no modo de agrado ao gosto popular, não abrindo mão das questões morais com uma relação de tragédia heróica em que aqui Le Cid, há um desdobramento para que se conciliem individualismo, psicologia, honra, moral e valores de Estado.
Jean Racine
Expõe em suas montagens, em Paris, em pleno crescimento da tradicional estrutura teatral francesa, o grande e eloquente estilo declamatório da Tragédia Classique, a tragédia clássica francesa.
Defendia de modo firme as regras aristotélicas de criação cênica.
Baseava-se em temas clássicos.
Exemplo de peça: Esther (1689).
Seu talento transformou as restrições em vantagens;
Foi o poeta do coração feminino;
Escreve
Fedra
, o mais importante texto clássico deste movimento, tornou-se o “grande desafio às carreiras de grandes atrizes em todo o mundo; Isadora Duncan, Sarah Bernard, Fernanda Montenegro e tantas outras a representaram;
Tem sua carreira encerrada por intrigas da corte;
Se torna um fervoroso jansenista.
Bibliografia/Fontes
Paula de, Luciano - Cena em Sala, Ed. HTC.
Delacy, Monah - Introdução ao teatro, Ed. Vozes.

http://www.ufrgs.br/proin/versao_1/teatro/index13.html
http://pequenahistoriadoteatro.blogspot.com.br/2008/10/classicismo-francs-um-movimento.html.
Full transcript