Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Atenção

No description
by

Tamires Machal

on 13 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Atenção

Atenção
Importância da Atenção para os processos psicológicos
Sem a atenção a atividade psíquica se processaria como um sonho vago, difuso e contínuo.

“O resultado de um complexo trabalho de análise e síntese, que ressalta os indícios essenciais e inibe os secundários, combinando os detalhes percebidos num todo aprendido."
Luria sobre o papel da percepção na atenção).
Funções Cognitivas da Atenção - Neuroanatomia
Interação entre diversas estruturas corticais e subcorticais;

No tronco encefálico, mais especificamente na formação reticular, ocorre então a regulação da tenacidade;

Ativação cortical, a manutenção do alerta e vigília, além da escolha de respostas comportamentais;

Três estruturas estão relacionadas à atenção seletiva;

Atenção voluntária, espontânea;

Interpretação de novos estímulos

Atenção sustentada e dividida

Conceito
Processo cognitivo pelo qual o intelecto focaliza e seleciona estímulos, estabelecendo relação entre eles.

Sua função é focar a consciência, distinguir prioridades e estabelecer critérios de raciocínio.

Sua atuação necessita de três fatores básico:

- Fator Fisiológico
- Fator Motivacional
- Concentração
Tipos de Atenção
Voluntária – ativa, momentânea, intencional;








“a seleção de informação necessária, o asseguramento dos programas seletivos de ação e a manutenção de um controle permanente sobre elas”
(Definição de Atenção segundo Luria).

O elemento primordial na influência da atenção é a Afetividade.

Bragirolli (2002) diz que perceber é tomar conhecimento de um objeto, e para que isso ocorra é necessário à focalização da atenção sobre ele.

A atenção exerce uma função muito importante na capacidade de retenção de informações relevantes
A atenção também pode experimentar alterações em seu rendimento e em sua eficiência.

É um dos requisitos básicos para a coordenação e o controle motor.

O controle motor fino está entre as habilidades que requerem mais atenção e concentração durante a execução.

Durante o processo da aprendizagem de qualquer atividade, passamos por estágios em que ocorrem diversas mudanças, entre elas, nas exigências nos processos da atenção.
Qualidade da Atenção
Polarização do foco: Tenacidade (atenção vertical);
Pulverização do foco: Vigilância (atenção vertical);
Patologias referentes à Atenção
Alteracões da atenção podem ocorrer tanto em distúrbios neurológicos e neuropsicológicos como em transtornos mentais;

A patologia mais comum e menos específica da atenção é a diminuição global da capacidade de prestar atenção é chamada de Hipoprosexia;

Alguns teóricos afirmam que a Hipoprosexia é observada em estados infecciosos, embriaguez alcoolica, psicoses tóxicas, esquizofrênia e depressão;

Aprosexia – Total supressão da capacidade de atenção;

Hiperprosexia – É um estado de atenção exacerbada;
Distração – É um sinal, não de deficit propriamente dito mas, de superconcentração ativa da atenção sobre determinados conteúdos ou objetos.

Distraibilidade – É um estado patológico que se exprime por instabilidade marcante e mobilidade acentuada da atenção voluntária, com incapacidade de se fixar ou se manter em qualquer coisa que implique esforço produtivo.
Transtornos patológicos da atenção.
Dinâmica
Dinâmica de grupo, revitalizadora de atenção, para demonstrar os efeitos da ESCUTA ATENTA.

Material Necessário: BALÕES;
Número de Participantes: 8 ou mais;
Leitura da Dinâmica

Espontânea – representada pelos órgãos dos sentidos sem intenção ou consciência;

Flutuante – desenvolvida por Freud, a atenção flutuante nos permite atender de modo simultâneo a várias situações. É um estado artificial da atenção, cultivado pela necessidade do momento.
Teorias sobre Atenção
Piaget
:
Piaget diz que no campo de atenção infantil leva a uma incapacidade de sintetizar corretamente os elementos do real, refletido um modo de pensar egocêntrico.

Na teoria piagetiana existem postulados básicos que dependem do funcionamento de organização e adaptação do processo de Atenção:
- Organização interna de cada indivíduo;
- Invariantes funcionais da atividade cognitiva e estruturas variáveis que se desenvolvem durante o processo de interação com o ambiente.
Vygotski
:
Vygotsky diz que a relação entre o uso de instrumentos e a fala afeta várias funções psicológicas, em particular a atenção, percepção e as operações sensório-motoras;
Skinner
:

Controle exercido por um estímulo discriminativo sobre o indivíduo;
Conclusões
Faculdade Ruy Barbosa
Curso: Psicologia- 2ª Semestre
Disciplina: Desenvolvimento dos Processos Psicológicos
Docente: Ana Carolina
Discentes:
-Caroline Pereira
- Iago Villas Boas
- Mércia Mattos
- Monique Cerqueira
- Renata Marques
- Tamires Machal
Data: 20/10/2014

TDA/ TDAH
Diagnóstico do TDAH como funciona?
Dislexia
Tratamento adequado
Ritalina e o abuso de Drogas

Transtorno de deficit de ATENÇÃO
DSM IV
Dificuldade cognitiva, percaussos na educação, falta de motivação.
Acompanhado de Dislexia
Transtorno de deficit de atenção e hiperatividade.

Base neurológica e forte hereditariedade
Complicações no parto, toxinas, fumo, alcool, prematuridade e baixo peso, níveis de fenilananina.
Hiperatividade física e mental, impulsividade e instabilidade na atenção.
Tratamento adequado com acompanhamento psicológico.

Referências Bibliográficas
GONÇALVES, L. A.; MELO, S. R. A base biológica da atenção.
Arq. Ciênc. Saúde Unipar, Umuarama, v. 13, n. 1, p. 67-71, jan./abr.
2009.

DALGALARRONDO, Paulo.
Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais - 2. ed. –
Porto Alegre : Artmed, 2008.

http://www2.dbd.puc-rio.br/pergamum/tesesabertas/0812172_10_cap_03.pdf

https://psicologado.com/atuacao/psicologia-escolar/algumas-observacoes-teoricas-sobre-a-atencao-e-suas-implicacoes
Full transcript