Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Serviço de Referência e Informação (SRI): conceito e importância

Apresentação sobre o conceito e a importância do Serviço de Referência e Informação (SRI)
by

Tamini Nicoletti

on 14 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Serviço de Referência e Informação (SRI): conceito e importância

Importância
e Finalidade do SRI

Tipos de Consulta ao SRI
Serviço de Referência
e Informação (SRI)

Algumas das Fontes Utilizadas no SRI
.
.
Importância e Finalidade do Serviço de Referência e Informação (SRI)
Importância do SRI

Para Grogan (2001, p. 22) a importância do Serviço de Referência e Informação se deve à necessidade humana de conhecimento:
SRI
Social
Catálogos
Bases de Dados
Serviço de Referência e Informação (SRI):
Filipe Xerxeneski da Silveira
Tamini Nicoletti

Algumas das Fontes Utilizadas no SRI:
conceito e importância
Quanto ao conceito, Romani e Borszcz (2006, p. 68, grifo nosso) acreditam que o Serviço de Referência e Informação
[...] consiste no
fornecimento de informação ao usuário
identificada em fontes em formato impresso ou eletrônico e
orientação sobre métodos e técnicas do trabalho bibliográfico
[...].
Para Samuel Rothstein, o SRI é "[...] a assistência pessoal prestada pelo bibliotecário aos leitores em busca de informações.”. (
apud
GROGAN, 2001, p. 2)
O trabalho de referência, porém, é muito mais do que uma técnica especializada ou uma habilidade profissional. Trata-se de uma atividade essencialmente humana, que atende a uma das necessidades mais profundamente arraigadas da espécie, que é o anseio de conhecer e compreender.
Finalidades do SRI

Reduzir as incertezas dos usuários;
Ministrar assistência de maneira individualizada ao usuário.

Para Kenneth Whitaker (
apud
GROGAN, 2001, p. 8):
[...] a finalidade do serviço de referência e informação é permitir que as informações fluam eficientemente entre as fontes de informação e quem precisa de informações. Sem que o bibliotecário aproxime a fonte do usuário, esse fluxo jamais existirá ou só existirá de modo ineficiente.
Referências:

GROGAN, D.
A Prática do Serviço de Referência.
Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2001.

MARTUCCI, E. M. Revisitando o Trabalho de Referência: uma contribuição teórica para a abordagem interpretativa de pesquisa.
Perspectivas em Ciência da Informação
, Belo Horizonte, v. 5, n.1, p. 99-115, jan./jun. 2000.

ROMANI, C.; BORSZCZ, I. (Org.).
Unidades de Informação:
conceitos e competências. Florianópolis: UFSC, 2006.
a) catálogos de bibliotecas (manuais e informatizados);

b) bases de dados e de referências;

c) obras de referência;
O
Serviço de Referência e Informação (SRI)
é um serviço prestado pelo bibliotecário/técnico ao consulente¹, com o objetivo de
sanar as necessidades informacionais
deste usuário.

Este serviço ocorre através da
interação
entre os sujeitos na modalidade
presencial e/ou virtual.
O que o
consulente busca
em uma biblioteca vai desde uma
simples informação
sobre horário de atendimento da biblioteca até
questões mais complexas
, que exigem do bibliotecário/técnico um vasto conhecimento acerca dos mais variados temas e áreas do conhecimento.
Tipos de Consulta ao SRI:

Consultas de caráter administrativo e de orientação espacial:
consultas sobre assuntos elementares e rotineiros, não exigem maiores conhecimentos bibliográficos pelo pessoal da biblioteca: “Qual a senha do computador?”, “Qual o endereço eletrônico do catálogo da biblioteca?”, “É possível fazer cópias na biblioteca?, “Quais dias e horários a biblioteca abre?”, “Quantos livros posso retirar ao mesmo tempo?”, “Onde fica a sala de leitura?”;

Consultas sobre autor/título:
correspondem à maioria das consultas, buscam sobre uma determinada obra: “Estou à procura de livros do autor Khaled Hosseini.”, “Você tem o livro O nome da rosa?”, “Você tem a versão de Harry Potter e a Câmara Secreta em alemão?”, “Você tem a 20ª edição do livro Química Moderna de Geraldo Camargo de Carvalho?”;

Consulta de localização de fatos:
exigem material informacional específico: "Qual o nome do turbante utilizado pelos árabes?", "Existe um símbolo internacional de surdez?", "Você poderia localizar a fórmula para calcular a área da superfície esférica?";

Consulta de localização de materiais:
de natureza aberta, buscam uma série de informações sobre o tema de consulta.
É o tipo de consulta mais exigente do conhecimento do
bibliotecário/técnico;


Tipos de Consulta ao SRI:
[continuação]


consultas mutáveis:
mudam de natureza durante a pesquisa;

Consultas de pesquisa:
seja de localização de fatos ou material, necessitam de ferramentas mais especializadas de pesquisa como dedução, hipótese e experimento, sendo assim, ultrapassam a barreira do trabalho de referência, transformam-se em pesquisa;

Consultas residuais:
que não se enquadram nas anteriores, apresentam incoerência lógica, sendo assim, deve-se ter paciência e tentá-las responder;

Questões irrespondíveis:
informações secretas (sigilosas), técnicas e comerciais ocultas, assim, possivelmente terão resultado de busca negativo.
Para Martucci (2000, p. 110) “[...] o bibliotecário de referência é um profissional que ao longo do seu trabalho diário desenvolve processos de observação, compreensão, análise, interpretação e tomada de decisão.”;

Deve conhecer o acervo, os sistemas de busca utilizados na biblioteca, as fontes de informações disponíveis, as ferramentas de comunicação disponíveis e, principalmente, o usuário;

Deve ser cortês, ouvindo os usuários com atenção e deixando-os à vontade, pois o este tratamento aproxima as partes, facilitando a comunicação.

Deve ser imparcial quanto às questões dos usuários, ou seja, não emitir juízo de valor;

Precisa ser um profissional ético, pois muitas questões exigem sigilo.


O Profissional do SRI
¹Que ou aquele que consulta; Consultante.
Assim, o SRI aplica-se à
assistência efetivamente prestada
ao usuário que necessita de informação, utilizando as mais diversas fontes de informação e ferramentas de comunicação.

A totalidade de atividades que envolvem o consulente e durante o qual se exercita o SRI é denominado de
Processo de Referência
(8 passos).

O profissional do SRI

Algumas das Fontes Utilizadas no SRI:
[Continuação]


g) pessoal da biblioteca;

h) registros de consultas para facilitar buscas futuras (preciosidades, questões complexas atendidas e materiais localizados com dificuldade);

i) bibliotecários/técnicos de outras instituições.

d) literatura especializada;

e) listas de periódicos, índices de periódicos, resumos de periódicos, etc.;

f) especialistas em determinada área do conhecimento;
Full transcript