Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TICs nas práticas educacionais: concepções de leitura e materiais didáticos

I Colóquio Nacional Literatura e Ensino em Debate
by

Denise Braga

on 26 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TICs nas práticas educacionais: concepções de leitura e materiais didáticos

TICs nas práticas educacionais: concepções de leitura e materiais didáticos

Profa. Dra. Denise Bértoli Braga
IEL/UNICAMP
I Colóquio Nacional Literatura e Ensino em Debate
2012 O professor de literatura em sala de aula

Meta: criar pontes que ampliem as possibilidades de interpretação dos alunos. O professor...

Explicita saberes e valores subjacentes
a contextos socioculturais Permite acesso a novas formas de expressão Correntes de interpretação com ênfase no texto:

Novos valores estéticos materializados no texto historica e socialmente marcados. Correntes de interpretação centradas no interpretante:

Foco nas possibilidades de fruição múltiplas dadas as diversidades de perspectivas de leitura (e leitores). Na perspectiva da Literatura... Na sala de aula tradicional:

Os materiais didáticos são pontes que potencializam o acesso a textos que, em geral, não circulam na realidade social de origem do aluno. As TICs mudam essa realidade porque ampliam o acesso a diferentes experiências de circulação social, seja no nível da leitura ou da produção textual. As TICs favorecem modos de produção multissemióticos, coletivos e multimidiáticos. Consequências práticas:

Processos de (re)midiação (tradução de textos de uma mídia para outra) (BOLTER, 2002) e hibridação de linguagens (GARCÍA-CANCLINI, 1997; SANTAELLA, 2003). Alguns exemplos do processo

Um ambiente/gênero digital (e-mail) explorado na construção de um romance impresso.

Exemplo: The boy next door, de Meg Cabot Migração de Mídias e Ambientes Digitais Esquemas visuais organizacionais explorados como partes constituintes de uma narrativa.

Caso: A Visit From the Goon Squad, de Jennifer Egan

Os exemplos a serem apresentados foram selecionados dentre os 76 esquemas multimodais explorados na obra. Romances (re)midiados como gêneros digitais a fim de promover romances impressos

Exemplo: We tell stories – UK Penguin project, estudado por Ana Flora Schlindwein (tese de doutorado em andamento, IEL/Unicamp) Slice, de Toby Litt, que teve lugar ao longo de dois blogs e postagens de Twitter, em que leitores autorizados participaram da lenta transição de uma família à loucura. Sobre as histórias/narrativas Your Place and Mine, de Duo Nicci French, foi escrito e contado ao vivo. Durante uma hora por dia, durante cinco dias, os leitores puderam assistir à história, que acontecia na frente de seus olhos e podiam conversar sobre isso com seus amigos.
Hard Times, uma "história infográfico”, do autor Matt Mason e do designer de Nicholas Felton, examina os efeitos da internet no mundo, através de infográficos belamente elaborados. Alice in Storyland, de Naomi Alderman. Alice in Storyland trouxe leitores diretamente para a história onde poderiam ajudar os personagens e até mesmo influenciar o enredo, a partir de participações em sites, e-mails, mensagens de texto e eventos ao vivo. Fairytale, de Kevin Brooks, oferece aos leitores jovens a oportunidade de contar a sua própria história de conto de fadas e de compartilhar com seus amigos - e, se não gostar do final, eles podem escrever seus próprios finais. Então...

Ilustramos dois conceitos teorizados na Linguística Aplicada: a hibridação e a (re)midiação. Deixamos de lado outras questões relevantes, como a leitura que se constroi de forma transmídia, ou mesmo o texto literário digital. Frente aos exemplos apresentados dessa nova realidade (ponta de um iceberg), podemos perceber que:

- a leitura MUDOU;

- e precisamos MUDAR o ensino e os materiais que o apoiam. Obrigado :)
Full transcript