Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Indicadores de desempenho (KPI) para transportes

No description
by

elias souza

on 25 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Indicadores de desempenho (KPI) para transportes

Indicadores de desempenho (KPI) para transportes
Reclamações como percentual dos custos de transporte:
calcula-se dividindo custos das reclamações com perdas e danos pelos custos totais de transporte. Mede-se para cada fornecedor e também para a empresa como um todo. Números altos podem indicar tanto problemas no empacotamento, acondicionamento ou com o transportador.
Exatidação das notas de transporte
Indicadores de performance
Coletas pontuais:
Indicadores de qualidade
Avaliam a qualidade (ou a falta dela) nestes processos internos.
Índice de precisão no carregamento
igualmente, calcula-se este indicador como o percentual de erros sobre o total de unidades carregadas.
Estes são apenas alguns exemplos de indicadores de desempenho para o setor de armazenagem e movimentação interna. Eles podem (e devem) ser adaptados para medir processos relevantes para cada empresa. Acompanhe aqui no Logística Descomplicada outros exemplos de indicadores nas matérias relacionadas abaixo.

Percentual utilizado da capacidade do caminhão:
Geralmente utilizado para cargas grandes, é calculado dividindo-se o peso transporte pelo máximo permitido (para o caminhão, barco, etc). Se a utilização média for de 80%, isto significa que há uma capacidade ociosa de 20% que poderia converter-se em mais lucro e maior eficiência.
transporte inbound (entrada) como percentual das compras:
divide-se os custos de frete (de compra) pelo custo dos produtos comprados em um determinado período. Não se deve comparar este indicador para produtos que sejam comprados com estilos de frete diferentes: aqueles cujo frete é conhecido mas pago pelo fornecedor, e aquele que é pago pela própria empresa.
Indicadores de custo
Avaliam o desempenho com relação aos custos destas atividades de armazenagem e movimentação.
Indicadores de desempenho para o setor de movimentação e armazenagem
este indicador é calculado dividindo o custo total do frete pelo número de unidades expedidas num determinado período (mês, semana, bimestre). É utilizado quando as unidades expedidas são padrões (kg, litros, toneladas) ou os produtos são sempre idênticos. Pode ser detalhado calculando-se também por modal de transporte (para caminhões, trens, barcos, aviões, ou mais detalhados ainda: carga cheia, fracionada, intermodal, etc)
Custo de frete por unidade:
Custo de transporte outbound (saída) como percentual das vendas:
divide-se os custos de frete (de entrega) pelas receitas de vendas de um determinado período. Evidentemente o percentual varia muito em função dos produtos vendidos, mas são um ótimo indicador para avaliar a performance financeira do setor de transportes.
é calculado dividindo-se o número de notas de transporte sem erros pelo número total de notas do período. Os erros podem incluir preço incorreto, peso diferente ou informações em falta, dentre outros. É calculado para cada transportador (para conhecer a qualidade individual) e no geral para todos (para avaliar o retrabalho geral da organização).
calcula-se dividindo o número de coletas feitas na hora combinada pelo número total de cargas enviadas num período. Com isto pode-se avaliar o desempenho do transportador, visto que ele afeta a performance de sua empresa e a satisfação de seu cliente.

Depois do setor de transportes, este é talvez o mais conhecido dentro da logística. Envolve a parte de movimentação interna e a guarda dos produtos dentro do armazém. Fazer o controle efetivo destas atividades é, portanto, essencial para qualquer empresa que mantenha estoques de seus produtos.

Como destacado nas matérias anteriores, cada empresa deve adaptar os indicadores para suas necessidades particulares e nem todo indicador é apropriado para todas as empresas. Portanto, considere os exemplos abaixo com cautela e leia as matérias relacionadas abaixo se você deseja implantar algum destes indicadores de desempenho logístico em sua empresa.

Estes indicadores avaliam o desempenho em 3 diferentes áreas da logística interna da empresa
Produtividade no recebimento:
este indicador avalia a quantidade de material que é recebida num intervalo de tempo. Obviamente, quanto menor, melhor, mas não é algo que seja fácil de comparar entre empresas de diferentes setores. Pode ser medido em unidades (quilos, pallets, itens, toneladas, caminhões) por hora (ou por dia, por semana). Idealmente, ao longo do tempo este indicador deve aumentar caso o processo esteja tornando-se mais ágil e produtivo.
Produtividade na separação:
este indicador é medido como no anterior, mas avalia a atividade de desova, separação, triagem dos materiais recebidos. Ao longo do tempo espera-se que este indicador também aumente.
Custo mensal de armazenagem
O título deste indicador é bastante claro. Ele pode ser calculado em reais por unidade por mês, ou em R$ / tonelada (ou pallete) / mês.
Custo de recebimento, separação e carregamento
assim como o anterior, este indicador medirá o custo associado a receber, separar e carregar os produtos. Também é calculado em reais por unidade por mês, ou em R$ / tonelada (ou pallete) / mês
Índice de precisão no recebimento
avalia se aconteceram erros ou avarias no processo de recebimento. De nada adianta o custo ser baixo e o processo rápido se ocorrem perdas, erros e avarias. O indicador de precisão no recebimento é calculado como o percentual de erros sobre o total de itens recebidos.
Aluna: Claudenira Souza
Equipe: Bravo 522
Prof: Candido Souza
Full transcript