Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MUDANÇAS CLIMÁTICAS:

No description
by

Giovana Morais

on 13 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MUDANÇAS CLIMÁTICAS:

Mudanças Climáticas
MUDANÇAS CLIMÁTICAS:

Mudança climática refere-se a alteração que ocorre no clima (conjunto das características de temperatura, umidade, ventos e chuvas em uma determinada região ao longo do ano) do Planeta Terra.
O aumento da temperatura no planeta é um exemplo de mudança climática, tal alteração é denominada aquecimento global.
AQUECIMENTO GLOBAL:
O Aquecimento Global é uma mudança climática à escala global e consiste no processo de aumento da temperatura dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra, isto é, revela um aumento na temperatura do Planeta. Além disso, esse termo pode ser interpretado como um aumento da capacidade da atmosfera de reter calor.
A atmosfera é constituída principalmente de Nitrogênio e Oxigênio (gases que não retém calor), no entanto há também a presença de outros gases- conhecidos como- “gases do efeito estufa”, dentre eles pode-se destacar: o gás carbônico (dióxido de carbono ou CO2), o metano (CH4), o óxido nitroso (NO2) e o ozônio (O3).

Esses gases são denominados de “gases do efeito estufa”, pois funcionam como um revestimento de vidro de uma estufa: permitem a entrada de calor do Sol e conserva o interior quente.
O efeito estufa é um fenômeno natural e tem como principal atuação: manter a Terra aquecida, isto é, a radiação do Sol atravessa a atmosfera e chega a superfície do Planeta, mas o “vidro” evita que ela se dissipe no espaço. Por conta disso, a temperatura da Terra oscila em torno de 15ºC, permitindo assim a existência da vida. Sem o efeito estufa a temperatura da Terra seria em volta de 18º C negativos.


Referencias bibliograficas
Tratados internacionais

http://www.mundoeducacao.com/geografia/tratados-internacionais-sobre-meioambiente.htm
http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2012-06-06/apenas-quatro-acordos-ambientais-assinados-nos-ultimos-20-anos-tiveram-avancos

Causas
http://www.suapesquisa.com/pesquisa/causas_aquecimento_global.htm

Sobre e Consequencias

http://www.desafiomudancasclimaticas.com.br/kit_educacional.asp

Papel do Brasil
http://www.ipam.org.br/saiba-mais/abc/mudancaspergunta/Qual-a-contribuicao-do-Brasil-para-as-mudancas-climaticas-E-qual-o-perfil-das-emissoes-brasileiras-/27/17

http://terramagazine.terra.com.br/blogdaamazonia/blog/2009/12/10/metade-das-emissoes-de-gases-de-efeito-estufa-do-brasil-vem-da-pecuaria/

Questões:
http://www.etapa.com.br/gabaritos/resolucao_pdf/gab_2002/01_fuvest/fuvest2002g.pdf

http://exercicios.brasilescola.com/exercicios-geografia/exercicios-sobre-aquecimento-global.htm#resposta-302

Sustentabilidade
http://www.tribunadonorte.com.br/print.php?not_id=132740

Jornal Folha de São Paulo
Thank you!
Com base no Quinto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), o qual foi elaborado sob pesquisas científicas, a mudança na temperatura da superfície terrestre vem ocorrendo com certeza no último século, com um aumento médio de 0,78 °C quando comparadas as médias dos períodos 1850–1900 e 2003–2012.
Além desse relatório, existem outras evidências as quais comprovam que a temperatura da Terra está aumentando, dentre elas pode-se dar ênfase para:
• O aumento na temperatura da atmosfera sobre terras e mares;
• O aumento no nível de umidade atmosférica, possível graças à maior capacidade de o ar quente reter vapor de água do que o ar frio;
• A diminuição da área coberta por neve;
• A retração do gelo oceânico global e a diminuição de geleiras;


CURIOSIDADE:
●Se a temperatura do planeta aumentar de 2ºC a 3ºC poderá ocorrer o derretimento das geleiras de quase todas as montanhas.
●Se o aumento for de 4º a 5ºC, teremos a extinção de diversas espécies de peixes e outros animais marinhos e diminuição da produtividade agrícola. Secas, incêndios, tempestades e ondas de calor poderão ocorrer com frequência.
(Fonte: Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas).

O declínio do gelo flutuante do Ártico é um dos sinais mais evidentes do aquecimento global. A animação mostra a redução entre 1979 e 2010.
Recuo do Glaciar McCarty entre 1909 e 2004
As atividades humanas estão intensificando o efeito estufa, está ocorrendo uma concentração cada vez maior de gases poluentes na atmosfera, e como consequência o calor é retido e provoca um super- aquecimento do planeta.
Causas do Aquecimento Global
São várias as causas do aquecimento que está acontecendo mundialmente, sendo que existem as antrópicas e as naturais.


• Aumento da emissão dos gases do efeito estufa
• Queimadas de matas e florestas
• Desmatamento*
• Desenvolvimento urbano sem planejamento
• Desertificação
Causas antrópicas

• Aumento da atividade na superfície do Sol;
• O fato de a água dos oceanos concentrar o carbono presente em grande quantidade na atmosfera.
• Atividades vulcânicas
• Alguns cientistas afirmam que o planeta Terra está passando por um período que corresponde ao final de um ciclo glacial, que começou há cerca de 2,5 milhões de ano (estes ciclos ocorrem de tempos em tempos). Neste momento ocorre, naturalmente, o aumento da temperatura global.


Causas naturais:

CONSEQUÊNCIAS DO AQUECIMENTO GLOBAL:

O aumento nas temperaturas globais e a nova composição da atmosfera desencadeiam várias alterações decisivas nos sistemas da Terra, dentre elas pode-se destacar:
Derretimento das geleiras dos pólos do planeta;
Crescimento e surgimento de desertos;
Aumento do nível mar
Aumento de furacões, tufões e ciclones
Ondas de calor
Problemas na agricultura
Epidemias
Afetam irregularmente o regime de chuvas, produzindo enchentes e secas mais graves e frequentes.
Chuva ácida
Perda da biodiversidade
Tratados Internacionais
As idéias ecológicas foram difundidas a partir da década de 70, os grupos não se restringem apenas às questões ambientais, tratam também dos aspectos sociais e culturais, principalmente em nível local.
O conjunto de tratados mais recentes tem algumas pautas de discussões devido à pressão das ONGs e da mídia, dessa forma já são contabilizados vários tratados, conferências, convenções, a seguir serão apresentadas algumas das principais:

Convenção sobre as Mudanças Climáticas:
ocorreu em 1992 na cidade do Rio de Janeiro, denominada de ECO-92.
Agenda 21
Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas:
Ocorreu no Japão, em dezembro de 1997 na cidade de Kyoto
RESULTADOS
: Apenas quatro de 90 acordos ambientais internacionais assinados depois da Conferência Mundial do Meio Ambiente das Nações Unidas (Eco-92) tiveram avanços significativos. Esse e outros fatos negativos sobre a situação do planeta estão no 5º Panorama Ambiental Global (Geo-5), divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).
A contribuição brasileira para as mudanças climáticas:
O Brasil encontra-se hoje entre os cinco países mais poluidores do mundo. Isto sem contar as emissões resultantes dos incêndios florestais amazônicos, as quais não estão sendo consideradas e nem foram incluídas no Inventário de Emissões Brasileiras. Atualmente, as emissões brasileiras representam cerca de 5% das emissões globais.

• Devido ao desmatamento, somente na região Amazônica

• Estima-se que, em 2005, o Brasil emitiu aproximadamente 2,2 bilhões de toneladas de Co2

• A emissão dos gases poluentes vem, na sua maioria, da pecuária bovina;


Emissão por produto custa mais que produto em si
Conforme o estudo, a criação de capacidade industrial (grandes frigoríficos) deve ser vinculada a zoneamento adequado, com base em critérios territoriais e biofísicos, uma vez que ela foi o principal motor para a expansão descontrolada e sem precedentes da atividade pecuária, na parte central da década atual. Na opinião dos cientistas, esta é uma função crítica do governo, não apenas porque o zoneamento requer intervenção regulatória, mas também porque a
maioria dos financiamentos para este segmento vem de bancos de desenvolvimento estatais.

• O custo das emissões de carbono por unidade de produto supera o próprio custo do produto no atacado.

• A adoção de políticas mais sustentáveis de compra e fornecimento pode ter impacto significativo sobre a cadeia produtiva.


O papel de cada um: mundo sustentável
Questões de vestibular
● 1- (PUC-PR) Segundo o cientista da NASA James Hansen, a temperatura da Terra alcançou, nos últimos 30 anos, uma rápida ascensão de cerca de 0,2 graus Celsius, fenômeno este que jamais havia ocorrido dede que acabou a era glacial, há 12 mil anos. Tal aquecimento se explica, conforme o cientista, pelo aumento de emissão de gases estufa.
São consequências do fenômeno de aquecimento global:
I - Devastação das florestas e savanas.
II - Redução do volume das geleiras alpinas e das calotas glaciais.
III - Maior possibilidade de formações de tempestades e ciclones, tanto no Atlântico Norte como no Atlântico Sul.
IV - Redução da acidez das chuvas.
V - Transgressão marinha sobre parte das faixas costeiras.
VI - Rebaixamento do nível dos oceanos e consequente expansão das áreas litorâneas.
VII - Aumento do risco de degradação dos ecossistemas coralíneos.
A resposta que apresenta apenas as consequências do fenômeno é:
a) II, III, V e VII, apenas.
b) I, II, III, IV, VI e VII.
c) I, III, IV, e VI, apenas.
d) II, IV, VI e VII, apenas.
e) II, III e VI, apenas.

1) Alternativa Correta A – Como consequência das alterações climáticas que provocam o aquecimento global, ocorre a elevação da temperatura que promove o derretimento das calotas glaciais; maior possibilidade de formações de tempestades e ciclones, em razão das mudanças climáticas que proporcionam esses fenômenos; transgressão marinha sobre parte das faixas costeiras que ocorre em razão das mudanças no nível do mar; aumento do risco de degradação dos ecossistemas coralíneos, que são ecossistemas marinhos tropicais, esses podem ser prejudicados pelas mudanças de temperatura dos oceanos.

Dayane Oliveira
Giovana Morais
Jônatas Ferreira
Luiz Guilherme Santos
Mariana Moreira

Estudo mostra investimentos necessários para evitar perdas com mudanças climáticas

Publicação: 25 de Novembro de 2009 às 06:37

Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

O estudo Economia da Mudança do Clima no Brasil: Custos e Oportunidades, que será lançado hoje (25), prevê perdas entre R$ 719 bilhões e R$ 3,6 trilhões até 2050 para a economia por causa das mudanças climáticas. Também aponta investimentos que o país pode fazer para evitar prejuízos e os setores em que é possível reduzir expressivamente as emissões de gases de efeito estufa.

- Agricultura
- Setor Energético
- Zonas Costeiras
- Desmatamento
- Combustíveis

Paradoxo do gelo bipolar

Enquanto o ártico tem diminuição significativa do gelo marinho, na Antártida ele se redistribui e em, alguns casos, até aumenta.
Ártico: Diminuição do gelo
Antártida: O gelo derrete na península e nos mares próximos, como o Bellingshausen, e se mantém ou aumentou em outras áreas, especialmente no entorno do continente.
Alguns dos motivos das mudanças:

Pressão Atmosférica: O aquecimento global causou variação na pressão atmosférica, que ficou mais baixa na periferia da Antártida. Isso intensifici=ou os ventos e as tempestades na região e contribuiu para o congelamento.

Fluxo de água: O derretimento de geleiras em áreas como a Península Antártica gerou um fluxo de água fria e doce no oceano, que facilitou a formação do gelo marinho no entorno do continente.
2 - (FUVEST/2002)
Analise os mapas e responda:

Por que a Convenção de Mudanças Climáticas foi ratificada pela maioria dos países e o mesmo não aconteceu com o Protocolo de Kyoto?
RESPOSTA

Porque na Convenção de Mudanças Climáticas (Eco-92 – Rio de Janeiro) apenas torna-se público que existe uma relação entre o fenômeno do aquecimento global e o aumento de CO2 na atmosfera. As propostas foram apenas apresentadas, sem estabelecer prazos, nem definir limites para a emissão de poluentes. Já o Protocolo de Kyoto (1997 – Japão) impunha um acordo de diminuição da emissão de gases poluentes e intensificadores do "efeito estufa" por parte de uma parcela significativa de países, que viam no cumprimento das metas uma "ameaça" à manutenção do seu crescimento econômico devido esbarrar na necessidade de mudanças na sua matriz energética.

Conferência de Estocolmo:
realizada em 1972 foi a primeira atitude mundial em tentar organizar as relações do Homem e do Meio Ambiente.
Full transcript