Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

União Européia

No description
by

cassia leticia

on 18 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of União Européia

União Européia
Histórico:
1942
2ª Guerra Mundial
Reconstrução Pós Guerra
1951
Comunidade Européia do Carvão e Aço
Plano Marshall
CECA - 18 de abril de 1951
Ao submeter a produção de matérias- primas fundamentais da indústria bélica numa única autoridade, os países membros teriam grande dificuldade em iniciar um conflito entre si.
Declaração de Shumman
1957
Tratados de Roma
Tratados CEE e EURATOM:
- Instituiu a Comunidade Econômica Européia (CEE) e a Comunidade Européia da energia Atômica (EURATOM)
- Passou a abranger a cooperação econômica.
25 de março de 1957
1992
Surgimento da UE
(Tratado de Maasprich)
Tratado de Maastrich:
Objetivo:

Preparar a União monetária Européia e introduzir elementos para uma nunião política (cidadania e políticas comuns).
1999
Criação do Euro
2013
Perspectivas Futuras
Expansão da UE:
Países integrantes:
Alemanha, Áustria,Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda),Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia e Suécia. Macedônia, Croácia e Turquiaencontram-se em fase de negociação.
• Promover a unidade política e econômica da Europa;

• Melhorar as condições de vida e de trabalho dos cidadãos europeus;

• Melhorar as condições de livre comércio entre os países membros;

• Reduzir as desigualdades sociais e econômicas entre as regiões;

• Fomentar o desenvolvimento econômico dos países em fase de crescimento;

• Proporcionar um ambiente de paz, harmonia e equilíbrio na Europa.

Características:
Para admissão na União Européia :

- déficit público máximo de 3% do PIB;
- inflação baixa e controlada;
- dívida pública de no máximo 60% do PIB;
- moeda estável, dentro da banda de flutuação do Mecanismo Europeu de Câmbio;
- taxa de juro de longo prazo controlada.

IDH(índice de Desenvolvimento Humano):
Em média é elevado
A União Européia não possui uma classificação no IDH, tendo em vista que ela é um bloco formado por países europeus. Porém, em 2011, os Países Baixos obtiveram a melhor classificação no IDH dentre os países do bloco europeu (0,910), ocupando a 3ª posição. O país que obteve a classificação mais baixa dentro da UE foi a Bulgária (0,771), ocupando a 55ª posição.
Relação entre os países membros:
Ricos e pobres: com o alargamento da UE em 2004, a diferença entre a parte rica e a pobre aumentou consideravelmente, na verdade, quase duplicou. Por exemplo, comparando o PIB per capita de Luxemburgo com o de Estados bálticos (Eslováquia e Polônia) é possível perceber que em Luxemburgo ele é oito vezes maior.
PIB (Produto Interno Bruto) :
Representa a soma de todas as riquezas finais produzidas em uma determinada região ou parcela da sociedade, durante um período determinado.

Produto Interno Bruto (PIB):
$15.39 trilhões (2011 est.)
$15.15 trilhões (2010 est.)
$14.88 trilhões (2009 est.)
Renda per capita:
PIB em paridade de poder de compra dividido pela população
Produto Interno Bruto (PIB):
$15.39 trilhões (2011 est.)
$15.15 trilhões (2010 est.)
$14.88 trilhões (2009 est.)
Taxa de Natalidade:
Taxa de Mortalidade:
Pirâmide Etária:
Sobre a economia:
-Força de trabalho (2012): 230 milhões de trabalhadores

-Taxa de desemprego: 10,6 % (2012)

-Investimentos: 18,1% do PIB (2012 estimativa)

-Taxa de Inflação: 2,4% (2012 - estimativa)

-Dívida Externa: US$ 16,08 trilhões (2012)

-Taxa de crescimento da produção industrial: 3,1% (2011)

Comércio Mundial:
Principais produtos agropecuários produzidos
:
trigo, cevada, beterraba, cereais, vinho, uvas, peixe, aves e carne bovina e suína.

Principais produtos industrializados produzidos
: produtos químicos, equipamentos eletrônicos e elétricos, automóveis, máquinas e equipamentos, remédios, produtos de metal.

-Principais produtos exportados:
máquinas, veículos, aviões, plásticos, produtos farmacêuticos, ferro, aço, produtos químicos, tecidos, celulose, carne.
-Principais produtos importados:
petróleo bruto, tecidos e alimentos (in natura e processados).
Exportações (2012 - estimativa):
US$ 2,170 trilhões
Importações (2012- estimativa):
US$ 2,397 trilhões
Saldo da balança comercial (estimativa 2012):
déficit de US$ 227 bilhões

No plano econômico mundial, o ano de 2011 foi marcado pela crise econômica na União Europeia.
Causas da crise:

- Endividamento público elevado, principalmente de países como a Grécia, Portugal, Espanha, Itália e Irlanda.

- Falta de coordenação política da União Europeia para resolver questões de endividamento público das nações do bloco.
Consequências da crise:

- Fuga de capitais de investidores;

- Escassez de crédito;

- Aumento do desemprego;

- Contaminação da crise para países, fora do bloco, que mantém relações comerciais com a União Europeia, inclusive o Brasil. A crise pode, de acordo com alguns economistas, causar recessão econômica mundial.

Ações da União Europeia para enfrentar a crise:


- Maior participação do FMI (Fundo Monetário Internacional) e do Banco Central Europeu nas ações de enfrentamento da crise;

- Ajuda financeira aos países com mais dificuldades econômicas como, por exemplo, a Grécia.

- Definição de um Pacto Fiscal, cujos objetivos são: garantir o equilíbrio das contas públicas das nações da União Europeia e criar sistemas de punição aos países que desrespeitarem o pacto. Vale destacar que o Reino Unido não aceitou o pacto, fato que aumentou a crise política na região.

* As ações de combate à crise são coordenadas, principalmente, por França e Alemanha.

Participação com outros blocos:
-MERCOSUL

-“Acredito que esse será uma grande contribuição que nós vamos dar para a recuperação econômica para os países do mundo, em especial para os de duas regiões tão importantes, como é o caso do Mercosul e União Europeia”, afirmou Dilma.
Bibiografia:
-infoescola.com;
-g1.globo.com;
-infoeuropa.eurocid.pt;
-pordata.pt;
-suapesquisa.com
Full transcript