Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Primeira Guerra Mundial

No description
by

Aline Ribeiro

on 3 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Primeira Guerra Mundial

Profª Aline Ribeiro
Tensões: imperialismo e nacionalismos
Guerra de Movimento (out e nov de 1914)
Antecedentes
Cenário após o Congresso de Viena de 1815
Hegemonia marítima inglesa
Anexação de minorias nacionais por parte de grandes potências
Unificações tardias
Industrialização e Imperialismo
Desmembramento do Império Turco-Otomano (guerras balcânicas entre 1912 e 1913)

Belle Époque
: por volta do ano 1900, os europeus partilhavam de uma sensação de otimismo relacionada ao desenvolvimento tecnológico, científico, econômico, político, artístico.



O estopim
A crise do Marrocos
: território de colonização francesa, foi visitado pelo imperador alemão em 1905, aumentando as tensões. O conflito foi evitado pela diplomacia inglesa. Em 1911, a Alemanha ameaçou bombardear o porto marroquino, o que não ocorreu em troca de parte do Congo.

O conflito nos bálcãs
: temendo o nacionalismo sérvio, a Áustria-Hungria incorporou a Bósnia e Herzegovia em 1908. Em uma visita a Sarajevo, o arquiduque austríaco Francisco Ferdinando e sua esposa foram assassinados em um atentado do grupo Mão Negra.
Em 1914, a Áustria-Hungria declarou guerra à Sérvia, o que mobilizou a Rússia e acionou as políticas de alianças. Começava a Grande Guerra.
Primeira Guerra Mundial
Guerra de Trincheiras (nov de 1914 a mar 1918)
Cosntrução de trincheiras pelo exército alemão para defender os territórios conquistados na França. O exército francês fez o mesmo.
Os meios ofensivos tradicionais eram inúteis e a tática era executar ofensivas relâmpago para ganhar melhores posições, logo perdidas.

Desenvolvimento de novas tecnologias, como armas químicas, tanques, aviões e bombardeiros, submarinos.
Mudanças nas alianças e Nova Guerra de Movimento (mar a nov 1918)
1917, entrada dos EUA na guerra e rompimento do equilíbrio.
Greves e revoltas contra o serviço militar obrigatório na Europa.
Receio dos Estados Unidos de que os alemães ganhassem a guerra e ataques submarinos germânicos a navios de suprimentos estadunidenses para a Inglaterra.

A Rússia saiu da Guerra no mesmo ano pelo Tratado de Brest-Litovsk, estimulando a ofensiva alemã na frente ocidental.

Ofensiva da Entente e capitulação dos inimigos, menos da Alemanha.

O Imperador Guilherme II abdicou devido às greves, dando início à República de Weimar, que assinou o armistício em 1918.

Inglaterra: industrial, imperialista, concorrência com Alemanha.

Alemanha: unificada, industrial, pan-germanismo, consequências Guerra Franco-Prussiana.

França: república, industrial, imperialista, Revanchismo contra Alemanha.

Itália: unificada, rival da França na corrida imperialista, Irredentismo Italiano.

Áustria-Hungria: monarquia supranacional, rivalidades com a Rússia.

Rússia: monarquia multinacional, pan-eslavismo.
Corrida armamentista e Paz armada: argumentação nacionalista, crescimento da indústria bélica para manutenção da paz.

Política de Alianças
Tríplice Aliança: Alemanha, Áustria-Hungria, Itália (até 1915)
Tríplice Entente: Inglaterra, França, Rússia

Os Bálcãs: disputados por Rússia, Áustria-Hungria e Alemanha. Construção da ferrovia Berlim-Bagdá aumentou as tensões.
Plano de Expansão da Grande Sérvia, que assumiu uma postura ultra-nacionalista.
Página 5
Páginas 6 e 7
Página 9
Página 9
Frente Ocidental

Invasão alemã à Bélgica para chegar a Paris (Plano Schlieffen).
Reação francesa e recuo alemão.
Estabilização das forças.
Frente Oriental

Derrota russa diante dos alemães
Resistência sérvia aos austro-húngaros.
Página 11
Página 12
A Paz dos Vencedores
Conferência ocorrida em junho de 1919, em Versalhes. Excluiu os derrotados e a Rússia. Negou a proposta dos EUA de "paz sem vencedores" mas criou a Sociedade das Nações.

Tratado de Versalhes:
impedir que a Alemanha se fortalecesse novamente.

Devolução de Alsácia e Lorena
Formação do "Corredor Polonês", garantindo que a Polônia tivesse acesso ao mar através do porto de Dantzig, antes pertencente à Alemanha
Entrega de minas de carvão à França
Desarmamento: limitação ao número de soldados e de armas
Pagamento de indenizações
Página 13
Outros tratados
Tratado de Saint-Germain-en-Laye
: Áustria deveria reconhecer a independência da Hungria, Tchecoslováquia, Iugoslávia e Polônia e entregar territórios para a Alemanha.

Tratado de Trianon
: Hungria deveria ceder a Croácia para a Iugoslávia, a Eslováqia para a Tchecoslováquia e a Transilvânia para a Romênia.

Tratado de Neuilly
: a Bulgária deveria devolver a áreas ocupadas durante a Guerra.

O balanço final
10 milhões de mortos e 20 milhões de feridos, incluindo civis

Aumento do poder de destruição

Inflação, miséria, fome, desemprego

Movimentos populares contra a ordem burguesa

Ascensão dos Estados Unidos

Aparecimento de doutrinas antidemocráticas e de Estados fascistas

Novos países

Mulheres participantes do mercado de trabalho
Página 15
Mais...
Primeira Guerra Mundial: 100 anos

http://infograficos.estadao.com.br/especiais/100-anos-primeira-guerra-mundial/
Franscisco Ferdinando e a esposa Sophia em Sarajevo, 1914
Velório do arquiduque e sua esposa
Trincheira
Celebraçã em Berlim devido à declaração de guerra
Soldados americanos com máscaras de gás
Desfile das tropas inglesas em Londres após armistício, 1918
Full transcript