Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Capitulo 6 A economia na América Portuguesa e o Brasil Hola

No description
by

Cris Marcon

on 10 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Capitulo 6 A economia na América Portuguesa e o Brasil Hola

Capitulo 6 A economia na América Portuguesa e o Brasil Holandês
Os trabalhadores escravos
Os indigenas eram obrigados a trabalhar em plantation.Onde os indios tinha a proteção dos jesuitas que gerou conflitos entre a ordem religiosa e colonos,o principal fator foi o alto lucro no tráfico negreiro que contribui para a substituição do trabalho escravo nativo do africano.
Os tumbeiros transportavam os escravos africano para tres estados do Brasil como Recife,Salvador e Rio de Janeiro
No século XVII a taxa de mortalidade era de 20% ,com o passar do tempo desenvolveram navios adpatados que com isso a taxa de mortalidade abaixou para 9% no seculo XIX.
A Economia Colonial
Na América Portuguesa caracterizou a mão de obra escrava,cultura de produtos tropicais e exploração de metais e pedras preciosas.
A agroindustria do açúcar foi a primeira atividade estrategica.
Com a implantação, a exploração da América e África que ajudou a contornar a crise do comércio oriental,o monopólio foi o xeques pelos holandeses e ingleses.
O açúcar e o doce sabor da riqueza
O Tratado de Tordesilhas pertencia aos portugueses antes mesmo de 1500.
Os europeus cosideraram o açúcar como uma especiaria era utilizada no fins medicinais.
A produção de açúcar foi organizada no Nordeste onde havia propriedades grandes rurais, também encontrava nas fazendas dos estados de MG,ES,RJ E SP.
Os engenhos de açúcar
As propriedades canavieiras possuiam engenhos,a moenda era para esmagar a cana para extrair o caldo para o preparo de açúcar.
O açúcar branco produzido no Brasil ia para o mercado externo,o açúcar mascavo era embalado e ia para Lisboa onde depois distribui para Antuerpia.
A produção e a comercialização do açúcar foi para consolidar o imperio mercantil portugues no Atlantico, quanto para a expansão colonial e a formação de grupos de poder e prestigio na colonia.

A margem de plantation
No periodo colonial o algodão foi destinado para o consumo interno para a manufatura de tecidos para investimentos dos escravos .No século XVIII o algodão era exportado em grandes quantidades.
As colonias norte-americanas eram as maiores produtoras de algodão com a guerra que ocorreu as exportações cairam sensivelmente.
O tabaco era planta nativa na América era consumido na colonia e destinado aos mercados europeus e a principal produtora do tabaco era o litoral baiano.
Os produtos produzidos na colonia eram milho,trigo,feijão,açúcar,farinha de mandioca, rapadura....
Os produtos importados eram vinho,azeite,bacalhau, vinagre,azeitonas ,pimenta do reino,sal....


Os reis do laço:A pecuaria
O gado bovino trazido pelos portugueses era criado nos engenhos de açúcar para o uso na tração animal no transporte de cargas,pessoas e alimentos.
No século XVIII foi proibido pela administração prtuguesa a criação do gado numa faixa de 80km da costa interior.
Na criação predominou o trabalho para negros libertos mestiços livres e brancos pobres recebiam o pagamento pelo trabalho que executavam,no sul da colonia o gado era do domimio espanhol.
Onde os animais eram comercializados em feiras de Sorocaba e nos estados de São Paulo e Minas Gerais nas vilas.
As drogas do sertão
No final do século XVI holandeses,franceses e ingleses tentaram ocupar a região norte do Brasil onde se instalaram na foz do rio Amazonas.
No século XVII a Coroa Portuguesa criou uma colonia ligada a Lisboa que compreendia os estados do Maranhão, Piaui, Ceará e Pará.
Nas expedições dos indigenas os colonos conheceram a droga do sertão como:cacau,baunilha,canela,cravo e resinas aromaticas.
As missões religiosas
As ordens religiosas execeram o papel fundamental no projeto dos portugues de ocupar e explorar a Amazonia por meio da catequese a submissão espiritual e politica dos indigenas e a mão de obra do extrativismo.
No século XVIII havia aproximadamente 50 aldeias missionárias nas regiões setentrionais,as missões Amazonica estiveram na origem de diversos núcleos de povoamento europeu,trazendo uma contribuição decisiva para a integração na regiao da colonia e no final do século XVIII as orens religiosas perderam o direito de explorar o trabalho indigena.
A indenpendencia da Holanda
Os laços foi estabelicidos entre a burguesia comercial ,financeira holandesa e portugues.A indenpendencia das Provincias Unidas em 1579 libertaram o dominio na Espanha e os holandeses assumiram destaque maior no comercio europeu.
A criação de duas poderosas companhias comerciais como Companhia das Indias Orientais em 1602 e Companhia das Indias Ocidentais em 1621 deu para as Provincias Unidas os instrumentos para desafiar os 2 reinos ibéricos.
A União Ibérica
O rei D.Henrique morreu sem deixar herdeiros portugueses,a união das coroas ibéricas teve consequencias para o Brasil, o Tratado de Tordesilhas avancou os portugueses em direção oa sul da colonia e na Amazonia.
A união ibérica entre portugueses e holandeses foi em busca de lucros e medidas contra os espanhois e os holandeses a conquista das zonas de produção açúcareira no Brasil.
Os holandeses invadem o Brasil
A primeira investida holandesa foi em 1624 na Bahia onde criaram a campanha pelas Companhia das Indias Ocidentais que recebeu o monopolio por 24 anos de navegação comércio ,transporte e a conquista de todas as terras da costa atlantica na América e Africa.
Em 1630 uma armada holandesa ocupou Olinda e Recife,em 1632 e 1635 os holandeses conquistaram a Ilha de Itamaracá,Paraiba e Rio Grande do Norte e consolodou a ocupação de Pernambuco.
Nassau:soldado e humanista
O fim da União Ibérica
Em 1640 Portugual libertou o dominio espanhol e assinou uma trégua com os holandeses na Europa e os holandeses conquistaram em 1641 Luanda e outras localidades.
No inicio de 1644 houve o choque entre Nassau e a direção da Companhia resultou na demissão do governador e o seu trono na Europa.
O conde João Mauricio de Nassau-Siegen chegou em Recife em 1637 para administrar o territorio conquistado .
Os quilombos refugiavam escravos fugidos,indios e criminosos perseguidos pela justiça.Os quilombolas viviam de caça,pesca,coleta de frutos ,agricultura e pecuaria.
Os primeiro anos de Nassau na administração foi dedicado a reconstruçãoda economia acucareira.
A insurreição Pernambucana

O açúcar brasileiro enfrentou dificuldades,devido a queda dos preços no mercado europeu e a diminuição da safra.
As primeiras conquistas dos revoltosos ocorreram no interior de Pernanbuco, as duas batalhas decisivas ocorreram nos Montes Guararapes em Pernambuco.
Durante a União Iberica Inglaterra,e Holanda adversarias da Espanha atacaram e tomaram importantes dominios ultramarinos portugueses.
Alunos:Crislaine Marcon
Monalisa Bonamigo
Mateus Rigo
Anderson Pasquali
Full transcript