Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O PLÁSTICO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
by

Rafael Neves

on 10 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O PLÁSTICO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Encontrado em chapas e telhas, transparentes, coloridas e opacas com tamanhos de até 2m por 6m, variando conforme o fabricante. Há diversas texturas de superfície.

Transmissão da luz
Condutividade térmica
Coeficiente de expansão
Resistência
Dureza
Trabalho e instalação

Uso
A escolha do produto deve levar em conta fatores como a luminosidade, o raio da curvatura desejada e o conforto térmico, além do efeito estético e o preço.
O PLÁSTICO NA CONSTRUÇÃO CIVIL
ANDERSON SILVA
BÁRBARA RIBEIRO
EMMANUELL CARLOS
IGOR PACHECO
PATRÍCIA VIEIRA
RAFAEL NEVES
SURAMA THAMYRES
OS PLÁSTICOS
Os plásticos são materiais orgânicos poliméricos sintéticos dotados de grande maleabilidade e que servem de matéria prima para a fabricação de variados objetos.
FABRICAÇÃO DOS PLÁSTICOS
Matérias primas
Processos de fabricação
Termoplásticos
Termofixos
Moldagem
Injeção
Extrusão
Sopro
VANTAGENS E DESVANTAGENS
Vantagens:
Resistência a corrosão
Plasticidade
Baixa densidade
Isolante térmico
Baixo custo
Pequeno peso próprio específico
Baixa condutividade

Desvantagens:
Baixa resistência aos esforços de tração
Baixa resistência a altas temperaturas
Deformação sob carga
Dilatação elevada e rigidez
PRINCIPAIS PLÁSTICOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
PROF. ALAN FEITOSA
POLI (MUITAS) + MERO (PARTES)
As moléculas pequenas que formam os polímeros são chamadas 
monômeros
.
A reação que transforma monômeros em polímeros é chamada de 
reação de polimerização
.
CLASSIFICAÇÃO
Termoplásticos
: são plásticos que necessitam de calor para serem deformados. Ex: Náilon, PVC, PVA entre outros.
Termofixos
: são plásticos moldados para uma determinada forma permanente e depois endurecidos. Ex: Resina Epóxi, Silicones, Dracon (Poliéster) entre outros.
Elastômeros
: são polímeros que podem receber elevadas deformações elásticas sem que se deformem permanentemente, isto é. Ex: Neoprene, SBR, Hypalon entre outros.
PVC (POLICLORETO DE VINILA)
Termoplástico
Baixa flamabilidade
Resistência à umidade
Baixo peso
Excelente custo-benefício
Uso
Tubos e conexões para água e esgoto
Esquadrias de janelas e portas
Pisos, fios e cabos elétricos
FIBERGLASS (PRFV)
Alta resistência mecânica
Baixo peso
Fácil transporte e instalação
Resistência a corrosão
Baixo custo de ferramentas
Menor necessidade de acabamento

Uso
Banheiras
Pisos de box
Pias
Reforços de conexões de PVC
Impermeabilizante em lajes
ACRÍLICO POLIMETIL-METACRILATO (PMMA)
Leveza
Facilidade de adquirir formas
Cristalino, transparente
Duro, rígido e resistente
Boa resistência química
Limitada resistência a solventes

Uso
Coberturas
Domos
Protetores acústicos
Parapeitos de sacadas
POLIAMIDAS (NYLON)
Elevada resistência ao desgaste
Choque
Tração
Resistência à fadiga e ao risco
Baixo coeficiente de atrito
Resistência térmica
Resistentes ao ataque químico da maioria dos produtos químicos

Uso
Reforço de telhas plásticas
Em buchas de fixação
Dobradiças, trincos, puxadores
POLIETILENO
PEMD (POLIETILENO DE MÉDIA DENSIDADE): tubos plásticos para sistemas de distribuição de agua e gás.

PEBDL (POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE LINEAR): master batches, filmes, sacolas, tampas com lacre, caixas d’agua.

PEUAPM (POLIETILENO DE ULTRA- ALTO PESO MOLECULAR): defesas marítimas, engrenagens, perfis, peças com aplicação cirúrgica, revestimentos, bombas, graxetas, mancais.
POLICARBONATO
POLIETILENO
Material translúcido
Maleável
Inflamável
Baixo custo e de fácil processamento

Classificado em:

PEBD (POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE): filmes, sacolas, peças transparentes, embalagens e tampas flexíveis, plástico bolha.

PEAD (POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE): baldes, tampas, potes, frascos, caixas, tanques, tubos.
MOLDAGEM POR SOPRO VIA EXTRUSÃO
FABRICAÇÃO DE GARRAFA PET
BIBLIOGRAFIA
http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2009_TN_STO_099_668_14080.pdf
http://www.ebah.com.br/content/ABAAABFqgAL/fiberglass
http://www.usp.br/fau/deptecnologia/docs/bancovidros/silicone.htm#

Acesso em 24 de maio de 2015.
Full transcript