Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Reformas urbanas no Brasil na virada do século XIX para o XX

No description
by

Felipe Cruz

on 3 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Reformas urbanas no Brasil na virada do século XIX para o XX

Reformas urbanas no Rio de Janeiro na virada do século XIX para o XX
Abolição e relações internacionais.

Demografia do Rio de Janeiro (1890-1910).

Crescimento desordenado.

Salário, inflação e epidemias.

“Desordem, vadiagem e embriaguez”: os “capoeiras” e os imigrantes “anarquistas”.

A Prefeitura e a República.


"Classes pobres, classes perigosas"
1840 – Mary Carpenter .

Denominação do século XIX para os nossos “meninos de rua”.

Obter o sustento pelo roubo e não pelo trabalho.

Estratégia de sobrevivência a “margem da lei” .

Debate na Câmara de deputados no Rio de Janeiro em 1888

Repressão à ociosidade .

Frégier – Descrição de malfeitores que havia em Paris .

Descrição das condições de vida das “classes pobres”.

 Para os deputados – classes pobres.

 Trabalho se reverte em conforto e riqueza.

 Cortiços como lugar de refugio de escravos libertos e de ganho.

O SURGIMENTO DA IDEOLOGIA DE HIGIENE
 Perigo de contagio.

 Contagio não apenas de doenças, mas também de vícios.

 Habitações coletivas eram focos de epidemias.

 Junta Central de Higiene – zelar pela saúde pública.

 Câmara municipal da corte – regulamentação dos cortiços.

 Sugestões para a melhoria da qualidade de vida das classes populares.

 A partir de 1873 inicio da “guerra de extermínio” das classes pobres das áreas centrais da cidade.

Destruição e reconstrução.
Olhar Positivista europeu.
relação da urbanização com a revolução
industrial.
Pereira passos, engenheiro civil, uma pessoa influente na reurbanização.
Papel das pessoas financeiramente priviligiada na reurbanização.
Papel do governo na reurbanização.
Foi nesse período que o poder publico se "aposou" da questão da saúde.
O caos para as classes inferiores (Pobres).

Revolta da Vacina
Crescente desordem urbana no Rio de Janeiro.

Saneamento básico inexistente.

Proliferação de doenças.

Doenças como Tifo, Peste bubônica,febre amarela e
varíola.
Rodrigues Alves decidi modernizar.

Destruição de cortiços, e implementação de
saneamento básico.

Mudanças sob a direção de Oswaldo Cruz.

Criação das Brigadas Mata-Mosquitos.
Em 1904 foi estabelecida a obrigatoriedade da vacina.

Essa decisão provocou criticas e protestos.

Ataques a cidade por parte da população.

Cadetes da Escola Militar da Praia Vermelha também se voltaram contra a lei da vacina.

Suspensão da lei da vacinação em 16 de novembro de 1904.

Recomeço da vacinação para erradicar a Varíola.



Descrição:
a) O que a imagem está retratando?
b) Qual tipo de espaço está retratado na fotografia?
c) Que grupo de personagens aparece na imagem?
d) Que grupos estão destacados?
Identificação:
a) Quais os grupos sociais presentes?
b) Quando a foto foi tirada?
c) Quem tirou a foto?
Contextualização:
a) Quais políticas estavam sendo adotadas neste periodo em relação às cidades?
b) Quais as finalidades das reformas urbanas?
c) A quem essas reformas beneficiavam?
d) Qual grupo social elas atingiram?
Explicação:
a) O centro do Rio de Janeiro sempre foi assim?
b) Quais grupos sociais estão ausentes na fotografia?
c) Quais as possíveis intenções do fotógrafo em retratar assim a Avenida Central? Que memórias esta fotografia destaca?
Professor Felipe
Full transcript