Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem

No description
by

carina mano

on 18 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem

Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
2013
Carina Mano

Compreender as mudanças evolutivas do Ensino à Distância;
Identificar as características e as vantagens do e-learning;
Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação à distância;
Identificar regras de formação através da internet;
Reconhecer a importância do e-formador/e-mediador no processo formativo a distância;
Identificar os mecanismos/softwares de comunicação Online;
Desenvolver uma formação utilizando as Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem para suporte de materiais.
Objetivos
Uma sociedade será tanto mais próspera e desenvolvida quanto mais eficaz for o seu sistema de ensino-aprendizagem.
Sociedade do conhecimento
A cada 10 anos surgem novas tendências a nível tecnológico.
A evolução da Web (da 1.0 à atual 2.0)
Principais caraterísticas
Web 2.0
Anos 70: mainframes
Computador de grande porte, dedicado normalmente ao processamento de um volume grande de informações
Anos 80: tecnologia cliente-servidor
Computador Cliente:
Normalmente um microcomputador padrão PC.
Computador Servidor:
Normalmente um PC poderoso.
Rede:
Conecta os clientes aos servidores
Anos 90: a Internet
Maior conglomerado de redes de comunicações em escala mundial
Década de 2000: a web 2.0
Surgiu para designar uma segunda geração de comunidades e serviços, tendo como conceito a "Web como plataforma", envolvendo wikis, aplicativos baseados em folksonomia (maneira de indexar informações), redes sociais e Tecnologia da Informação.
Os usuários tinham um papel passivo e agora podem produzir conteúdos
A facilidade de publicar possibilitou a criação de comunidades que se juntam em torno de um interesse ou tema comum o que leva à criação de relações interpessoais que fortalecem o sentido de comunidade.
Capacidade crítica e ativa dos utilizadores que agora têm novas formas de comunicar com o mundo
Quantas mais pessoas envolvidas na produção de conteúdo para a Web maior é qualidade do serviço. Quantos mais membros, maior é a atualização, a atualidade, a confirmação e a validação dos conteúdos.
Redes Sociais
Desktop Móvel
Acessar e usar aplicações online criando ambientes mais semelhantes ao ambiente de trabalho
Sites apoiados em bases de dados que permitem manter informação sobre cada pessoa atualizada pelo próprio e estabelecer ligações entre conhecidos e amigos virtuais ou reais
Mantém todo o conteúdo do seu computador online, utilizando-o em qualquer momento e em qualquer máquina, incluindo aplicativos e mesmo sistemas operacionais
Desenvolvimento Web 2.0
Browsers
Motores de Busca
Tendência:

único software instalado
BROWSER
Microsoft Internet Explorer
Mozilla Firefox
Google Chrome
Outros
Google
Yahoo!
Ask.com
Outros
Ensino à Distância (EaD)
Ocorre uma separação geográfica entre o formando e o formador, e mesmo entre os próprios formandos, ou seja, eles não estão presentes no mesmo lugar.
Evolução do Ensino à Distância
1.ª geração: ensino por correspondência
2.ª geração: introdução dos recursos audiovisuais, ouvir e ver imagens associados aos conteúdos educativos
3.ª geração: aparecimento da Internet - comunicões assíncronas (e-mails e fóruns de discussão) e síncronas (chat)
4.ª geração: substituição quase por completo do material escrito (textos, sebentas e livros) por material digital multimédia que pode ser facilmente acessado através de ambientes e plataformas de ensino-aprendizagem.
Conceito de e-Learning
O e-Learning é reconhecido como um meio de ensino construtivista/humanista.
Proporciona uma aprendizagem personalizada, em conformidade com a necessidade, a disponibilidade e o ritmo do indivíduo;
estimula a autoaprendizagem - conceito de educação ao longo da vida.
Exercício
Temática:
Ferramentas e potencialidades da Web 2.0
Objetivo:
Pesquisar informação sobre um tema à escolha, para tratamento, partilha (e mais tarde debate online síncrono) entre colegas.
Passo 1.
Selecionar a temática a debater com o grupo;
Passo 2.
Pesquisar sobre a temática na web (individualmente);
Passo 3.
Preparação do material num PowerPoint (2/3 slides)/PDF sintético (1/2 páginas)/… para posteriormente colocar Online, segundo as regras “Net-etiqueta” (individualmente).
Modalidades do ensino à distância
e-Learning : eletronic learning (ensino eletrónico)

b-Learning : blended learning (ensino misturado - presencial e não presencial)

m-Learning: mobile learning (ensino móvel)
Formando
Formador
Instituições
Flexibilidade no acesso à aprendizagem (24 x7);
Economia de tempo, não há necessidade de deslocações;
Aprendizagem mais personalizada - ajuste ao nível de ensino;
Controlo e evolução da aprendizagem ao ritmo do formando - este decide o que quer e quando quer estudar;
Recursos de informação globais - fontes e acessos globais;
Acesso universal ao aumento da equidade social e ao pluralismo no acesso à educação e a fontes de conhecimento - inscreve-se nas disciplinas e universidades que quiser.
Desvantagens
Não proporcionar relação humana;
Não gerir reações imprevistas e imediatas;
Dificultar a automotivação;
Exigir alguns conhecimentos tecnológicos (informática e multimédia);
Enfrentar alguns obstáculos relacionados com a reduzida confiança neste tipo de estratégia;
Poder ser visto como um potencial inimigo das tradicionais deslocações ao centro de formação;
Problemas com a maturidade, a autodisciplina, o isolamento e a motivação;
Dever ser utilizada para cursos de índole mais generalista e com menor componente prática.
Vantagens
Disponibilizar recursos de informação que abranjam todo o ciberespaço;
Construir um repositório de estratégias pedagógicas;
Otimizar a aprendizagem de um número elevado e diversificado de formandos - conteúdos personalizados;
Facilidade de atualizar a informação;
Reutilização de conteúdos - parcial ou toal, noutros cursos ou instiutições;
Beneficiar da colaboração com organizações internacionais.
Mais tempo na elaboração de conteúdos - trabalho multidisciplinar, (formadores, Web designers, especialistas multimédia técnicos, etc)
Mais tempo de formação tecnológica - otimizar a pedagogia com os avanços tecnológicos.
Vantagens
Vantagens
Desvantagens
Desvantagens
Fornecer oportunidades de aprendizagem com qualidade elevada;
Alcançar um número mais elevado e diversificado de formandos;
Flexibilidade na adição de novos formandos sem incorrer em custos adicionais;
Custos de infraestruturas físicas (sala de formação) são eliminados ou reduzidos.
Custos de desenvolvimento mais elevados. A elaboração de cursos é mais dispendiosa, requer mais tempo e o envolvimento de mais especialistas;
Custos de formação mais elevados - equipas com necessidade de frequentar ações de formação;
Resistência humana manifestada por alguns formadores - deixam de ser autónomos na elaboração de cursos e passam a ser parte integrante de uma equipa.
Plataformas Colaborativas
Focam-se na construção de redes sociais privadas entre pessoas que partilhem interesses ou atividades, permitindo uma melhor integração entre elementos de uma equipa.

O aparecimento destas plataformas trouxe possibilidades muito diversificadas, tanto para o formador como para o formando, pois, através destes ambientes, foi possível integrar num único espaço uma série de serviços e ferramentas como:
chats;
fóruns;
registos de presença;
exercícios e testes online;
a disponibilização de conteúdos multimédia, etc.
Regras de Net-etiqueta
A Net-etiqueta define todo o tipo de comportamento de um usuário dentro da Internet, nomeadamente na comunicação virtual:

Não utilizar apenas as letras maiúsculas, isso significa gritar;
Respeitar para ser respeitado;
 Tratar os outros como gostamos que nos tratem;
Usar os Smiles ou Emoticons  para evitar mal entendidos;
 Evitar comentários sobre sexo, religião e política, a menos que estes sejam os assuntos em discussão;
Não expulsar alguém da conversa, por inconveniência;
Não responder de forma agressiva, mesmo que sejam agressivos connosco. Afinal, pessoas inteligentes privilegiam os argumentos contra a falta deles...
e-mail: brevidade, objetividade, ter atenção aos anexos.


e-Formador
Pessoa responsável por planear, implementar, orientar, monitorar e avaliar uma ação de formação em regime de e-Learning.

Tem de atuar como organizador e facilitador da participação dos formandos.

Tem de promover, estimular, orientar e apoiar as interações que ocorrem no processo de formação. Estas têm três dimensões:
interação entre formando e formador;
interação entre formando e conteúdos;
interação entre formandos.
Qualidades
Positivo
– Estabelecer ligações, gerar entusiasmo, manter interesse, e ajudar nas dificuldades;
Proactivo
– Fazer acontecer, ser um catalisador (quando necessário), identificar quando é necessário agir e fazê-lo;
Paciente –
Compreender as necessidades de cada um dos formandos e do grupo e ter a flexibilidade de ajustar o curso, na medida do possível, a essas necessidades;
Persistente –
Manter o foco no essencial, impedindo os formandos de se afastarem, e resolver os problemas, técnicos ou de outra natureza.
Ferramentas e Estratégias de Comunicação
Comunicação síncrona

Chat's - Messenger, Facebook;
Videoconferência - Skype.


Comunicação assíncrona

e-mail's;
Blogs;
Fóruns de discussão.
Chat
Áudio e Videoconferência
Correio eletrónico e listas de distribuição
Fóruns de discussão
Testes, Questionários e Trabalhos práticos
Vantagens
Permite um sentido de proximidade e presença comunicativa;
Permite o contacto direto e imediato com o(s) formador(es);
Permite o contacto direto entre dois ou mais formandos;
Promove a espontaneidade;
Simula o ambiente de sala de aula.
Desvantagens
Penalizadores para pessoas com menor capacidade de expressão escrita, ou com pouca destreza na utilização de teclados;
A obrigatoriedade de estar online num determinado momento - flexibilidade de tempo e espaço necessárias;
Múltiplos assuntos discutidos em simultâneo, perguntas que ficam sem resposta, comentários ou respostas que perderam o sentido.
Utilização conjugada de informação verbal e visual;
O valor acrescentado da entoação, ritmo e inflexão no discurso;
Valor da expressão facial e corporal (videoconferência)
Vantagens
Os participantes têm oportunidade de estudar, refletir, procurar informação, redigir ponderadamente, e corrigir quantas vezes forem necessárias, as suas intervenções nas interações
Imediatismo

Espontaneidade
Permite a comunicação privada entre duas (ou mais) pessoas;
Não sobrecarrega os canais de comunicação coletivos com mensagens de interesse individual;
É útil na comunicação dos formandos que se sintam inseguros ou tímidos para participar em discussões coletivas.
Inconvenientes e limitações
As mensagens competem com, e podem ficar diluídas no conjunto de dezenas ou centenas de mensagens que o(s) destinatário(s) recebe(m) todos os dias na sua caixa de correio.
Os participantes têm de aceder e “entrar” na área do fórum para ler e responder às mensagens;
Permitem estruturar, organizar, preservar e manter o registo dos diálogos, discussões e trocas de pontos de vista que neles decorrem;
Permite que qualquer participante consiga “reconstituir” a discussão e troca de informação que até aí decorreu, e nela possa intervir, se o desejar.
A sua escolha deve ser condicionada, em primeiro lugar, pelo tipo de curso, a sua temática, o seu formato e duração, o número de participantes e também o número de horas de trabalho que o(s) formador(es) poderão disponibilizar;

Função de avaliação:
Diagnóstica;
Formativa;
Sumativa
Moodle - Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment
Ambiente virtual de aprendizagem facilitador da construção de espaços de trabalho, de comunicação e de colaboração.
Conteúdo instrucional: materiais e atividades
Ferramentas de interação
Funcionalidades
Ferramentas de avaliação
Acompanhamento e avaliação dos estudantes
A página inicial de uma disciplina em um Moodle é totalmente personalizável, em termos de aparência visual e organização e disposição dos blocos de informação, que são chamados de “boxes”. Isso confere grande flexibilidade aos formadores para organizar o material na página e torná-los mais atrativos e funcionais
Páginas simples de texto
Páginas em HTML
Acesso a arquivos em qualquer formato (PDF, DOC, PPT, Flash, áudio, vídeo, etc.) ou a links externos (URLs)
Acesso a diretórios (pastas de arquivos no servidor)
Rótulos
Lições interativas
Livros eletrônicos
Wikis (textos colaborativos)
Glossários
Perguntas frequentes
Chat
Fórum de discussão
Diários
Avaliação do curso
Questionários de avaliação
Ensaios corrigidos
Tarefas e exercícios
Avaliação por acessos
Avaliação por participação
Avaliação sumativa e formativa
A nossa relação
com a aprendizagem
está a modificar-se!
Full transcript