Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A DESCOBERTA DA SEGREGAÇÃO DOS GENES

No description
by

Caroline Britto

on 22 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A DESCOBERTA DA SEGREGAÇÃO DOS GENES

Cromossomos e divisões celulares
Metade do séc. XIX - marco na história
- Os seres vivos são feitos de células e nelas ocorrem os processos vitais.
Em 1873, Schneider descreveu o desaparecimento do núcleo durante a divisão celular e a transformação de seu conteúdo em filamentos mais grossos que se separam e originam as células filhas (Mitose).
Em 1882, Flemming, explicou detalhadamente o comportamento dos filamentos nucleares durante a divisão celular. Esses filmentos, devido à sua grande afinidade por corantes, recebeu o nome de cromossomos(nome dado por Heinrch Wilheim - 1888).
Espermatogênese:
formação dos espermatozóides.
Ovulogênese:
formação dos óvulos.
Hereditariedade
Genética
é o ramo da biologia que estuda a hereditariedade, ou herança biológica, que é a transmissão de características de pais para filhos.
- Primeiras ideias vieram do senso comum.
- Diferentes ideias no decorrer dos séculos.
Autofecundação
;
Fecundação cruzada
(híbridos);
Mendel trabalhou com variedades cujas características não sofriam alteração de uma geração para outra e que tinham traços bem contrastantes. Após um criterioso trabalho de seleção, ele se concentrou em sete características (pg. 27).
Um dos grandes méritos de Mendel foi ter considerado uma característica de cada vez.
Gerações P,F1,F2
Mendel usou linhagens puras e fez o cruzamento entre plantas puras das sete características escolhidas.
Nesses cruzamentos a geração constituída pelas variedades puras era denominada de
geração P
. A descendência imediata desses cruzamentos era chamada de
geração F1
e a descendência resultante da autofecundação de F1 era denominada
geração F2
.
Mendel observou que os indivíduos híbridos da geração F1 eram sempre iguais a um dos pais. Com isso, concluiu que um traço se manifestava e o outro ficava em recesso, reaparecendo novamente,na geração F2. Mendel denominou
dominante
o traço que se manifestava nas plantas híbridas e
recessivo
o traço que ficava encoberto (pag.28, 29 e 30).
A DESCOBERTA DA SEGREGAÇÃO DOS GENES
Em seu estudos, Fleming notou que:
Quando os cromossomos se tornam visíveis, no início da divisão celular, estão duplicados
Na etapa seguinte o núcleo desaparece e os cromossomos se espalham no citoplasma(
Prófase
).
Os cromossomos se deslocam para a região equatorial e prendem-se em um conjunto de fibras - fuso mitótico(
Metáfase
).
Cromatides-irmãs se separam e deslocam-se para o lado oposto(
Anáfase
).
Reconstituição da carioteca e citocinese(
Telófase
).
A Descoberta da Meiose
- 1885- O biólogo Leopold Weismann propôs uma hipótese para explicar a constância do número de cromossomos de uma geração para outra. Ele previu que na formação dos gametas ocorria um novo processo de divisão celular, onde o número de cromossomos se reduzia pela metade, atualmente esse processo é conhecido como
meiose
.Hoje já se sabe também que esse processo é universal e ocorre em todos os seres vivos com reprodução sexuada
Histórico sobre a evolução das ideias sobre herança biológica
Pângenese
(por volta de 410 a.C) - cada parte do corpo produz sementes que se reúnem nos órgãos reprodutores.
Geração espontânea
(até meados do séc. XVIII) - seres vivos podem surgir da matéria inanimada.
Pré-formação
(Após descoberta dos gametas - Séc. XVII)- Os gametas conteriam miniaturas completas de um futuro organismo.
Descoberta dos gametas
- As ideias sobre hereditariedade só puderam ser formuladas após a compreensão do papel dos gametas e da fecundação na reprodução, o que só ocorreu na metade do século XIX.
- Após várias ideias equivocadas, em 1841, o suíço Rudolf Kölliker verificou que os espermatozóides eram células modificadas e em 1854 o naturalista inglês George Newport obteve evidências do espermatozóide participando da fecundação.
Hipócrates
Epigênese (séc. XVIII) -
substância amorfa que dá origem a um novo indivíduo a medida que ocorre o desenvolvimento embrionário.
Mendel
(1866) - deduziu a existência de fatores hereditários a partir do cruzamento entre ervilhas.
Teoria cromossômica da herança
(1902 e 1903)-Walter Sutton descobriu que os genes estavam localizados nos cromossomos.
Estrutura do DNA
(1953)- Primeiros indícios de que os genes eram constituídos de DNA (1944). Em 1953, Watson e Crick propuseram o modelo de dupla-hélice para a molécula de DNA.
Regnier de Graaf (1641 a 1673), médico holândes, relacionou os inchaços (folículos) observados nos ovários de fêmeas de mamíferos com a formação de elementos reprodutivos.
Em 1828, Karl Ernest Von Baer, descobriu um óvulo no interior de cada folículo.
Em 1861, Karl Gegenbaur, demonstrou que o óvulo é uma única célula.
A partir disso, consolidou-se a ideia de que um novo ser surge da união de gametas (processo da fecundação).
Comportamento dos cromossomos na mitose
A importância de Mendel para a genética
Mendel descobriu que as características hereditárias são herdadas segundo regras bem definidas e propôs uma explicação para essa regra.
Ele usou a ervilha Pisum sativum para estudar, pois era de fácil cultivo, características marcantes, ciclo de vida curto, descendência fértil e facilidade de realizar a polinização artificial.
Mendel descobriu que a proporção entre os traços dominantes e os recessivos é de 3:1 na geração F2.
SEGREGAÇÃO DOS FATORES
Mendel propôs então que os fatores hereditários segregam-se na formação dos gametas. Esse princípio ficou conhecido como
lei da segregação dos fatores
, ou
primeira lei de Mendel
.
"Os fatores que condicionam uma característica segregam-se na formação de gametas; estes, portanto, são puros com relação a cada fator".
Os fatores a que Mendel se referiu são hoje conhecidos como genes e o par de fatores, corresponde ao par de alelos de um gene, localizados em um par de cromossomos homólogos.
E a segregação dos fatores hereditários ocorre devido à separação dos cromossomos homólogos na meiose.
Herança monogênica ou monoibridismo:
Casos em que apenas um par de alelos de um gene está envolvido na herança de uma característica.
Indivíduos homozigóticos:
possuem apenas um tipo de alelo em sua constituição (Ex.: AA, aa, etc)
Indivíduos heterozigóticos:
possuem constituição genética híbrida, ou seja, dois tipos de alelos e sua formação. (Ex.: Aa, Bb, etc).
Quadrado de Punnett:
representação, em forma de tabela, de um cruzamento genético.
Full transcript