Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

SISTEMAS TÁTICOS NO VOLEIBOL

No description
by

Rodolfo Moura

on 17 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SISTEMAS TÁTICOS NO VOLEIBOL

Sistema 5x1

- Atualmente, este sistema é usado pela quase totalidade das equipes profissionais.
- Possui duas variantes:
1 - Levantador-Meio-Ponta
2 - Levantador-Ponta-Meio
Sistema 5 x1
Levantador - ponta - meio

Consultando a regra...
SISTEMAS TÁTICOS NO VOLEIBOL
INFORMAÇÕES GERAIS
Prof.Rodolfo Moura
Sistemas Táticos

- São estratégias que culminam em arranjos lógicos do posicionamento da equipe na quadra de jogo, explorando com eficácia tanto o potencial técnico individual dos jogadores, quanto o potencial do trabalho em conjunto.
- Quanto mais específica a função dos jogadores, maior se torna a importância do uso dos sistemas táticos no jogo.
- No voleibol são conhecidos os sistemas: 6x6 (6x0), 6x2 (4x2) e o 5x1.

Posições e funções

- Ponteiros
: atacantes da equipe. Normalmente, são os
jogadores mais solicitados pelo levantador.
- Levantador:
Considerado o cérebro da equipe pois por suas mãos deve passar todas as jogadas da equipe. Taticamente, todo segundo toque da equipe deve ser realizado por este jogador.
- Centrais ou meios
: Funções de ataque e defesa. Quando ataca, o faz através da "bola de tempo". São os principais bloqueadores da equipe e devem participar de todas as jogadas de ataque do adversário.
- Oposto ou saída
(apenas sistema 5x1): Jogador oposto ao levantador. Normalmente o atacante mais versátil da equipe, podendo ser solicitado com segurança para qualquer ação de ataque (raramente uma bola de tempo).
- Líbero:
Jogador especialista em defesa. Não possui posição fixa na equipe. Normalmente, troca de posição com o central que está na posição de defesa.
Sistema 5x1 (Levantador-Ponta-Meio)

- Neste sistema os jogadores que ocupam as posições 1, 2 e 3 da quadra são respectivamente: levantador, ponta e meio.
- Promove menor número de trocas entre os jogadores quando comparado ao posicionamento Levantador-Meio-Ponta.
- Quando o levantador ocupar uma posição de defesa (1,5 ou 6), durante uma ação de ataque da sua equipe, deve se deslocar (infiltração) para a região da rede próxima à posição 2 da quadra. Esta é a chamada rede de 3.
- Quando o levantador encontra-se em uma posição de ataque (2,3 ou 4) chamamos estes posicionamentos de rede de 2, isto é, com duas possibilidades de atacantes.
- Usamos sempre o levantador como jogador de referência durante os rodízios.
Funções de ataque e defesa

Ataque

- Ponteiro: posiciona-se para os ataques na entrada da rede
(posição 4).
- Levantador: coloca-se entre as posições 2 e 3.
- Central: sempre na posição 3.
- Oposto: Posiciona-se para os ataques na saída de rede (posição 2).

Defesa

Ponteiro: Sempre atua no corredor central da quadra de defesa próximo a posição 6.
Levantador e Oposto: Defendem sempre o corredor da posição 1.
Central (líbero): Defende sempre o corredor da posição 5.
REDE 01 - Levantador na posição 1
Rede 1: Posição inicial

- Apenas a jogadora ponteira que está no ataque (posição 2) deve recuar para a composição da linha de passe juntamente com a ponteira que está na posição 5.
Rede 1

- Formação inicial após as trocas (recepção).
Rede 1

- Possibilidades de ataque
Rede 1

- Armação da defesa


Rede 2: Trocas

- Ponteiro da posição de ataque (jogadora 5) recua para posição 5 para compor o passe.
-Oposta da posição 5 sai do passe recuando ao fundo da quadra.
- Jogadora centra que está na posição 4 fica bem próxima a linha lateral para não violar a sua relação horizontal com a ponteira do ataque (jogadora 5).
Rede 2: Depois das trocas (recepção


Rede 2: Possibilidades de ataque
Rede 2: Defesa
Rede 03: Trocas

- Ponteira que está no ataque posiciona-se na linha de passe na posição 5.
- Jogadora central (líbero) desloca-se para o centro da quadra na posição 6
- Jogadora oposta (saída) que está na posição 6 recua para o fundo da quadra.
Rede 3: Recepção
Rede 3: Possibilidades de ataque
Rede 3: Defesa
Rede 4: Trocas

- Jogadora oposta (posição 1) vai para o fundo da quadra, fora do passe.
- Ponteira da posição 2 recua para posição 4 para compor a linha de passe.
- Central da posição 3 é obrigada a se aproximar da linha lateral para não infringir sua relação horizontal com a ponteira (jogadora 6).
- Ponteira que está no fundo vai para posição 6.
- Central (líbero) vai para posição 1.
Rede 4: Recepção
Rede 4: Ataque

Rede 6 - formação inicial
Rede 6 - recepção
Rede 6 - recepção
Rede 6 - recepção
Rede 6 - ataque e defesa
Rede 5 - recepção
Rede 5 - recepção
Rede 5 - ataque e defesa
FIM
Full transcript