Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Pepetela- A montanha da água lilaz

No description
by

Catarina Silva

on 2 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Pepetela- A montanha da água lilaz

A minha personagem favorita é o "lupi- pensador" por ser o mais sensato de todas as criaturas da montanha, mantendo-se fiel à sua natureza lupi, sem deixar que a riqueza da "água lilás" o afetasse. Por isso, transmitia à comunidade a seguinte mensagem:. "os lupis ainda não estão preparados para compreenderem o valor da água lilás".
Personagem favorita
Resumo

Este livro conta a história de uma tribo de estranhas criaturas,chamadas lupis, que encontram uma cascáta de água lilás que lhes proporciona bem estar.
Esta cascáta, passado algum tempo, começa a criar confusão na planície e na montanha, pois todos os animais queriam desfrutar dela.
A cobiça dos lupis conduziu ao desaparecimento da comunidade lupi.
Desta comunidade só o lupi- poeta e o lupi- pensador sobreviveram, visto que se mantiveram fiéis à sua natureza .
Biobibliografia
Pepetela nasceu em Benguela, Angola, em 1941. Licenciou-se em Sociologia em Argel, durante o exílio.
Foi guerrilheiro pelo MLPA, político e governante .
Desde de 1984 é professor na Universidade Agostinho Neto, em Luanda, e tem sido dirigente de associações culturais, com destaque para a União dos Escritores Angolanos e a Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde.
A atribuição do Prémio Camões (1997) confirmou o seu lugar de relevo na literatura lusófona.
Tema/Assunto
O tema desta história é um retrato (in)temporal da sociedade humana, e da crescente desigualdade social.

Trabalho no âmbito do Plano Nacional de Leitura
Pepetela- A montanha da água lilaz
Citações Favoritas

''O avô Bento, em noites de cacimbo á volta da fogueira nos contou, fumando o seu cachimbo que ele próprio esculpiu em pau especial.
Dizia a estória se passou aqui mesmo, nas serras ao lado, mas pode ser que fosse trazida de qualquer parte de África. Até mesmo do Oriente, onde dizem também há água lilás.
Se virmos bem em muitos lados pode ter uma montanha semelhante. Eu só escrevi aquilo que o avô nos contou, não inventei nada.''

Esta citação chamou-me á atenção pois relata a possibilidade desta tribo sermos nós, ou seja qualquer povo.
Por esta razão podemos afirmar que é uma critica a qualquer sociedade consumista e capitatlista.

Citações Favoritas
''Um dia, sentados num rochedo perto do morro da poesia, o lupi-poeta disse:
-Olha ali em baixo cheira muito a água lilás. Deve haver. O lupi-pensador com a cabeça. Lupilou:
-Também já notei. Não lhe mexas.Nunca. Deixa-a estar aí em baixo, lupi-lupi-lupi. É cedo de mais para a fazer sair.''

Gostei especialmente desta citação pois aqui se mostra a sapiência e a sensatez do lupi-pensador relativamente á água lilás o que fez com que eles a preservassem , tentando, deste modo,impedir a decadência de outra sociedade.
Apreciação Global

A razão pela qual gostei deste livro prende-se com a linguagem bastante simples que apela às crianças ao mesmo tempo que fala de um assunto bastante atual: o consumismo excessivo e o desrespeito pela natureza.
Trabalho realizado por:
Catarina Silva Nº3, 1OºC

No âmbito
: da disciplina de português

Professora:
Marina Sineiro
Full transcript