Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Admirável Mundo Novo - CONSUMISMO

No description
by

Gi Prado

on 27 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Admirável Mundo Novo - CONSUMISMO

Admirável Mundo Novo
CONSUMISMO
A sociedade apresentada no livro é o que Huxley via como uma sociedade utópica, pois não existe tristeza ou questionamento, mas que entra em conflito.
É o extremo capitalismo.
tudo se relaciona ao consumo
1931
- Período pré II Guerra Mundial
- Ascensão do Nazismo
- Revolução Industrial
- Revolução das Fábricas
- Grande Depressão
"Pesadelo da falta de ordem"
"Pesadelo da ordem em demasiado."
CONSUMO
sexo
drogas
prazer
O consumo vira uma forma de alienação quando se torna um objetivo, não uma necessidade.
Existe sempre algo novo e melhor que "precisam" ter. E nesta sociedade isso acontece, mas de maneira exagerada.
$
" Cada homem, cada mulher, cada criança tinha a obrigação de consumir tanto por
ano. No interesse da indústria. O único resultado...
"Mais vale acabar que consertar. Quanto mais se remenda, menos se aproveita.
Quanto mais se remenda...”
"As flores do campo e as
paisagens, advertiu, têm um grave-defeito: são gratuitas. O amor à natureza não estimula
a atividade de nenhuma fábrica. Decidiu-se que era preciso aboli-lo, pelo menos nas
classes baixas; abolir o amor à natureza, mas não a tendência a consumir transporte. Pois
era essencial, evidentemente, que continuassem a ir ao campo, mesmo tendo-lhe horror.
O problema era encontrar uma razão economicamente melhor para o consumo de
transporte do que a simples afeição às flores silvestres e às paisagens. Ela fora
devidamente descoberta."
EXEMPLOS DO LIVRO
As pessoas consomem
as pessoas.

Pessoas consomem felicidade (soma).
Sociedade a base do prazer.
"Consumo exagerado e supérfluo de bens."
- Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

HELLO! MY NAME IS
Aldous Huxley
Aldous Huxley era reconhecido como um dos mais importantes intelectuais de sua época.
Era filósofo e antropólogo.
Acreditava no uso de drogas psicodélicas como LSD para ampliar a sua criatividade para escrever.
lazer
Condicionados a gostar do lazer que
utiliza o consumo.

Diferentemente da sociedade utópica, os selvagens se aproveitam das coisas, sem descartá-las. Sociedade não é a base do consumismo.
"A objeção de consciência em enorme escala. Tudo para não consumir. A volta à
natureza...
'Como eu adoro andar de avião, como eu adoro andar de avião.'
- A volta à cultura. Isso mesmo, à cultura. Não se pode consumir muita coisa se se
fica sentado lendo livros. "
Sociedade capitalista ao extremo. O consumo promove uma falsa sensação de felicidade.
As pessoas são julgadas pelo o que têm, não pelo o que são.
Sociedade do livro
Sociedade atual
Nesta sociedade as pessoas também são julgadas , mas menos que a utópica.
Sociedade menos capitalista que a outra.

FIM
Full transcript