Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Criptografia: Passado, presente e futuro (Parte1)

No description
by

Marcelo Gama

on 18 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Criptografia: Passado, presente e futuro (Parte1)

Criptografia: Passado, presente e futuro
Prof. Marcelo Gama - DEInfo - UFRPE
Visão geral
Criptografia antiga
Parte 1
Origens
Tipos de cifras
Cifra de César
Citale espartano
Kama-sutra
Criptoanálise árabe
A cifra indecifrável
Cifra de Beale
Parte 2
A ciência da criptografia
Mecanização do sigilo
Código morse
Enigma
Púrpura
Criptografia de chave pública
Problemas computacionalmente difíceis
Fatoração de inteiros
Logaritmos discretos

Parte 3
Criptografia na prática
Criptovirus
Criptografia para dispositivos móveis
Esteganografia na prática
Escondendo mensagens em arquivos
PGP: Criptografia para todos
Criptogramas recreativos
"Teu segredo é teu prisioneiro.
Se deixá-lo partir serás prisioneiro dele."
Provérbio árabe
Criptografia (do grego) significa
escrita secreta
cripto (
secreto
) + graphein(
escrita
)
Batalha criptográfica
Criptógrafo (criador de códigos)
Habilidades
Matemática
Computação
Criatividade
Conhecimento teórico
Criptólogo (decifrador de códigos)
Habilidades
Matemática
Computação
Engenhosidade
Conhecimento prático
Código de César
Guerras dá Gália (50 aC)
Primeiro texto descrevendo o uso de códigos com fins militares
Deslocava o alfabeto em 3 letras
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
D E F
G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z A B C
Tente decifrar
RZNYT GTR
RZNYT GTR = MUITO BOM
Algoritmo e chave
Procedimento para cifrar uma mensagem
Informação que permeite decifrar
Algoritmo
Chave
Código de César
Por que foi fácil decifrar ?
Apenas 25 chaves!
Tipos de criptografia
Permutação das letras
Transposição
UFRPE -> PERFU
Letras substituidas por outras
Substituição
UFRPE -> XTSAF
Vantagem: Quantidade astronômica de chaves!
26! -1 = 403291461126605635583999999 ~ 10^26
Citale espartano (Scytale)
Enrolar uma tira de couro no bastão
Escrever a mensagem
Desenrolar a tira
Qual a chave?
Raio do bastão
e
Polígono da base
Kama sutra
Vestuário
Para poder casar, uma mulher deveria dominar 64 artes.
Entre elas...
Vai encarar?
Carpintaria
Magia
Perfumaria
Massagem
Encadernação
Xadrez
Culinária
Arte 45
Mlecchita-vikalpa
(Escrita secreta)
Batalha criptográfica
Ate agora: Vantagem dos criptógrafos
2 x 0
Criptoanálise árabe
A vingança dos criptólogos
Abu Yusef Ya' qub ibn Is-haq ibn
as-Sabbah ibn omran ibn Ismail al-Kindi
Com isso cada símbolo passa a ter
1% de ocorrência no texto
Homófonos
O contra-ataque dos criptógrafos
Cada letra é representada por tantos símbolos quanto a suafreqência
Batalha criptográfica
Virada dos criptólogos
2 x 3
Batalha criptográfica
Vantagem dos criptógrafos
4 x 3
A cifra indecifrável
Blaise de Vigenère: Durou de 1465 até 1854
Batalha criptográfica
Mais um ponto para os criptógrafos
5 x 3
Não mais indecifrável
Charles Babbage: 1854
Batalha criptográfica
Ponto para os criptólogos
5 x 4
A cifra de Beale
Batalha criptográfica
Ponto para os criptógrafos
6 x 4
Análise
de
frequência
Permite
identificar
letras
Full transcript