Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Competências Coletivas, no limiar da estratégia

PPGAd, MAN, Disc Gestão de Competências, Prof Grace, Alunos Jorge e Roberta
by

Jorge Audy

on 25 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Competências Coletivas, no limiar da estratégia

CONCLUSÃO:
PPGAd - MAN - Gestão de Competências - 26/09/13
2. InterGrupos
Estudos de Casos - ACAT (Catalisadores)

1. CC Intraserviços - Engenheiros Comerciais
2. CC Interserviços - Processo Com-Transp-Lab-Prod

Estudo documental
Observação participante (Serviço de qualidade)
Observação passiva (2 encomendas)
Entrevistas semidiretivas (16 pessoas)
Didier Retour
Thierry Picq
Christian Defélix
Roberto Ruas
et al

IAE Grenoble
Me Economia Sorbonne
UFRGS e PUCRS
EM Lyon Business School, FR
IAE Grenoble
Competências Coletivas, No Limiar da Estratégia (Bookman)
Desafio: Demonstrar o conceito e os vínculos das competências coletivas com os outros tipos de competências.
Individual - Coletivas - Organizacionais - Ambiente
1º Obj: Chamar a atenção às CC
2º Obj: O duplo papel das CC
CC conforme definição de diferentes autores:
#1. Saber-Fazer operacional coletivo, sinergia;
#2. KS formal e informal desenvolve CC e cresc. individual.
Al Jorge H. Audy
Al Roberta Schaurich
Prof Grace Becker

4 atributos das CC
Referencial Comum - A ação coletiva exige coordenação das atividades individuais
Uma representação comum construída coletivamente (2+2=5)

Linguagem Compartilhada - identidade formada pela comunicação própria e comum ao grupo
(Linguagem Ubiqua)

Memória Coletiva -
Mem Coletiva Declarativa não centralizada - saber via interação pessoal
Mem Procedural Declarativa não centralizada - confronto de saber-fazer no trabalho = padrões
Mem coletiva de julgamento - No viés, debates para a construção de novos conhecimentos
Engajamento Subjetivo - Capacidade coletiva de tomar decisões responsáveis com autônomia
(Sistemas Complexos - Auto Organização)
Fatores de criação e de desenvolvimento das CC
Elementos próprios as pessoas:

. O capital das competências individuais
Desenvolvimento inicia pelo indivíduo


. As interações afetivas
pró - gera sinergia
contra - falta contraditório
. Interações informais
Hábitos, rotinas, costumes
. Cooperação
Não basta interagir, melhor cooperar (Zarifian)
Cooperação pobre (+coord) x rica (+coletivo)
Fatores Organizacionais:

. Composição das Equipes
(talentos, CHA, Competências Individuais)
. Interações Formais:
Resp conjunta, pertença, inter e intra
. Estilo da Gestão (visão holística)
Errar é bom, novos erros, aprendizado
. Propulsores de GRH
(recrutamento, avaliações, GU, CI x CC)

Aprendizado de ciclo simples (individual)
Aprendizado de ciclo duplo (CI + CC)
Não só compartilhar, mas questionar
Aprendizagem Individual
Aprendizado Organizacional
Resultados Esperados
Intra
Inter
Cap 3 - A competência Coletiva: Uma relação chave na gestão de competências
a
Resultados Esperados:
Melhoria do desempenho
Resolução problemas coletivos
CC reaparecerão no indiv e organ
Gestão de CC é inter e intragrupos
CC pode ser intergrupos
CC Mkt + CC Prod = + Satisf Cliente
Case: Falhas tinham detecção mais rápida e resolução melhor em turnos com menos comando-controle.
1. INTRAGRUPO (Eng Comerciais)
Atributos:
Referencial Comum
Lingu Operativa Comum
Memória Coletiva
Engajamento Subjetivo
Fontes de Criação (Pessoas):
Capital das Compet Individ
Interações Afetivas
Estilo de Gestão
Propulsores GRH
Fontes de Criação (Organiz):
Composição das equipes
Interações formais
Estilo de Gestão
Propulsores GRH
Eng Transp Lab Prod Lab Transp
Com Busca Retorno
Atributos:
Referencial Comum
Lingu Operativa Comum
Memória Coletiva
Engajamento Subjetivo
Fontes de Criação (Pessoas):
Capital das Compet Individ
Interações Afetivas
Estilo de Gestão
Propulsores GRH
Fontes de Criação (Organiz):
Composição das equipes
Interações formais
Estilo de Gestão
Propulsores GRH
Revisão subsidiou a def da tabela
Tabela facilita registro e análise
ACAT
CC progride melhor no intragrupo
CC progride menos no interserviço
Confiança restrita
Bom potencial de desenvolvimento
Gestão CC:
+ CI
+ CC
+ CO
Full transcript