Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Aula_01_A Evolução do Conceito e da Prática da Gestão da Qualidade

No description
by

hannah miranda morais

on 10 August 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula_01_A Evolução do Conceito e da Prática da Gestão da Qualidade

"Prática" da Gestão da Qualidade
Antes da Revolução Industrial
> autorregulação

Após Revolução industrial
> Inspeção (Ford e Taylor)

2 Fase da Revolução Industrial
>Cartas de Controle
> Amostragem


Gavin (1992) - A evolução do Conceito
(1990) Satisfação do cliente (Indicador)
Qualidad como um Ciclo - Processos
A Evolução do Conceito e da Prática da Gestão da Qualidade
Adm Pública
Disciplina: Gestão da Qualidade no Serviço Público
Professora: Hannah Miranda
P.8 - 2018.2

Qualidade Intrínseca : durabilidade e desempenho técnico
Contexto - Ambiente fabril: especificidades do produto
Valor relativo do produto: valor aceitável e nível de conformidade aceitável

Perfeição Técnica
Produção
Produto
(1960) Ausência de defeito e atributos ao produto
(1970) Adequado ao uso pretendido
(ISO, 2015) Define :“ grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz à requisitos”

Atributos de Qualidade
VALOR
Qualidade percebida
Custo de aquisição
Custo de operação
Custo de manutenção
Custo de reparo
Custo de descarte

Atributo Latente
Graham e Walden (1993)

Adequação as especificidades
Adequação ao uso
Adequação ao custo
Adequação a requisitos latentes

Pós serviço ou pós venda

Serviços associados
Relação Cliente
Fornecedor
Trilogia do controle de qualidade (planejamento, controle e melhoria da qualidade)
Controle estatístico para o controle da qualidade total
As contribuições de Feigenbaum
Pós-guerra
Não investir na qualidade
Implementou no Japão
EUA - Rico

As contribuições de Deming
14 PONTOS
Cultura
Comportamento
12
Mostrar as ideias
Sem departamentos
9.
6.
Treinamento
As contribuições de Ishikawa
1. Qualidade implica na participação de todos e no trabalho em grupos
2. Ênfase no lado humano
3. Vê o processo como um conjunto de causas que devem ser controladas para se obter bons produtos e serviços
4. Diagrama da causa e efeito

Gestão Estratégia da qualidade
Especificações

Video - Onde erram as organizações
Qualidade Total - Cultura como Recurso
ATIVIDADE
INTEGRAÇÃO GERA VALOR
Programa de Qualidade no Setor Público
A qualidade normalmente é analisada com base em 07 dimensões competitivas diferentes.
1.Desempenho
Desempenho real em comparação ao nível de desempenho que ele deveria apresentar.
Medida Objetiva x Medida Simbólica
2. Confiabilidade
A confiabilidade refere-se à probabilidade de um produto funcionar durante toda sua vida útil. Também diz respeito à quantidade de defeitos ou reparos.
3. Durabilidade
Embora esteja relacionada à confiabilidade, a durabilidade é um atributo um tanto diferente. Refere-se à expectativa de vida real de um bem.
4. Conformidade
A conformidade refere-se ao fato de os produtos de uma organização realmente atenderem a descrição ou especificação exata do projeto.
Os sujeitos com frequência julgam a qualidade de produtos com base na quantidade de funções ou tarefas que eles realizam, independentemente de confiabilidade ou durabilidade.
5. Atributos
6. Estética
A estética – o estilo e os materiais específicos usados em um produto é importante para muitos consumidores que a julgam como sendo fator de qualidade.
7. Capacidade de Serviço
A capacidade de serviço - facilidade de consertar ou reparar um produto que apresenta falhas
Prevê
Depois dos anos 50 a gestão da qualidade passa a ser para toda organização.
TQM - Qualidade Total
Autores
Filosofia da Qualidade
Ambiente
Guildas
A Era do Controle Estatístico da Qualidade
Falhas aceitavéis e Flutuações que indicavem probelmas
Com a revolução, os países mudaram de uma economia baseada na agricultura para uma de cunho industrial. Contudo, por algum tempo a manufatura era mais uma arte do que uma ciência, além de que, o elemento da gestão ainda não era muito presente.
“A qualidade, que era um trabalho de todo mundo, acabava sendo um trabalho de ninguém”,
1 – Padronizar: Estabelecer e definir padrões, tanto de custo, quanto desempenho de um produto;

2 – Avaliar: Comparar o desempenho dos produtos com padrões estabelecidos;

3 – Agir: Quando necessário, deve-se tomar providências de correção quando os padrões fossem violados;

4 – Planejar: Aprimorar e realizar esforços para maximizar os padrões, tanto de custo, quanto de desempenho.
Gestão estratégica da qualidade – Anos 70
“Fábrica Oculta”
Joseph Moses Juran
Autor de Quality Control Handbook, publicada pela primeira vez em 1951 e ainda considerada como referência para todo gestor de qualidade, despertou o interesse dos japoneses que, no período pós-guerra, preocupados com a reconstrução de sua economia.
QUALIDADE TOTAL

Identificar quem são os consumidores ( Uso - SUS RENAL )
Identificar as necessidades destes consumidores
Traduzir essas necessidades para o próprio idioma
Desenvolver um produto que atenda às necessidades dos consumidores
Vicente Falconi
Em 2003, ano de fundação do Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), Falconi foi convidado para livrar Minas Gerais do caos financeiro. Extintas 6 secretarias e mais de 3 mil funções e cargos públicos. Minas Gerais estabeleceu também um teto salarial para o Poder Executivo. Por meio dessas iniciativas, a folha de pagamento caiu de 74% para 59% da arrecadação pública.
Métodos e Processos
Base
Caracteristicas do produto ou serviço
USO
Conscientização - Cultura
Mapear os Participantes
Gestão da Informação - PD
Hábito do Erro do esquecimento
errar
Full transcript