Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

cambio 2

No description
by

Patrick Piamolini da Rosa

on 6 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of cambio 2

Trava de Câmbio na Exportação A Trava de Câmbio é a contratação de câmbio nas fases pré ou pós-embarque com a finalidade de fixar a taxa cambial, assegurando ao exportador as margens pretendidas na negociação. O exportador não necessita do adiantamento em moeda nacional na época da contratação do câmbio. A moeda nacional será disponibilizada quando do recebimento da moeda estrangeira, com a liquidação da operação PÚBLICO-ALVO: Permitida a toda empresa brasileira habilitada a exportar mercadorias e serviços de qualquer natureza;
VALOR DA TRAVA: Até 100% do valor do contrato de câmbio fechado com o Banco;
PRAZO: Limitado a 720 dias;
CONDIÇÕES: Limite de crédito aprovado pelo Departamento de Crédito previamente ao fechamento do contrato de câmbio;
GARANTIAS: As aprovadas pelo Departamento de Crédito quando da aprovação do limite de crédito. Como funciona ?
Empresa exportadora deverá contabilizar essa operação em conta do passivo sujeita à atualização de câmbio;
A remuneração auferida deverá ser registrada em conta do ativo como “aplicação financeira”, atualizável de acordo com os índices pactuados com o banco e que constam como cláusula no contrato de câmbio;
O resultado é geralmente positivo (remuneração > variação cambial). 1)Está sendo considerado que o banco está, ao fechar a operação com a exportadora, contratando também uma venda pronta no mercado interbancário para fins de nivelamento. Haverá uma entrada de recursos em moeda nacional e uma saída de recursos em moeda estrangeira.
2)Pagamento ao exportador do valor correspondente à exportação. ( + ) Venda Interbancária ( - ) Liquidação – Trava²
( - ) Pagamento Prêmio Contratação Liquidação Fluxo financeiro do banco em moeda nacional: 1)Saída de recursos em função da venda pronta no mercado interbancário.
2)Captação de recursos no mercado financeiro internacional. ( - ) Venda Inter¹ ( + ) Crédito Expo
( + ) Funding² ( - ) Pagamento Funding + juros
Cálculo do Prêmio
Prêmio – Remuneração R$ ( - ) Custo Funding ( - ) Spread do Banco. Contratação Liquidação Fluxo financeiro do banco em moeda estrangeira: É aconselhável que a empresa faça antes uma comparação entre esta operação ou aplicar estes recursos no mercado financeiro.
Sendo por conta da empresa, o recolhimento pode também ser repassado para o banco, via negociação. ( + ) Principal
( + ) Prêmio
( - ) Imposto de Renda ²
( -/+ ) Variação Cambial
Prêmio = Valor da Remuneração ( - ) imposto de Renda ( -/+) Variação Cambial. Contratação Dcos. Liquidação Fluxo financeiro da empresa: Vantagens:

O exportador pode programar seu fluxo de caixa futuro;
Protege o exportador contra as oscilações da taxa de câmbio;
O exportador pode obter um câmbio mais favorável;
O exportador recebe prêmio pelo empréstimo concedido ao banco. Desvantagem:

O exportador pode obter um câmbio menos favorável;
No ACC/ACE o exportador recebe um adiantamento com base no contrato de câmbio;

Na trava de câmbio o exportador empresta a importância do contravalor em moeda nacional do contrato de câmbio de exportação ao banco;

No ACC/ACE o banco recebe os juros que são pagos pelo exportador;

Na trava de câmbio é o exportador quem recebe juros sobre o valor de uma receita prevista para uma exportação. Trava de Câmbio =/= ACC/ACE Observações:
Contratam este tipo de operação sem negociar com a instituição financeira o pagamento do prêmio, ficando assim, o spread, integralmente para o banco;

Observa-se que, de um modo geral, as empresas não possuem conhecimento do funcionamento desse mecanismo, deixando de maximizar importante receita. VIEIRA, Aquiles. Teoria e prática cambial: exportação e importação. 4.ed. São Paulo: Aduaneiras, 2010. 280 p.

ROSA, Darlan Dalla. Os Mecanismos Financeiros de Estimulo às Exportações e o Impacto Sobre a Receita das Empresas no Brasil. Universidade Federal do Rio Grande do Sul: Porto Alegre, 2002. 103 p. www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/1913/000361670.pdf

http://www.mercantildobrasil.com.br/hpg/institucional/para_sua_empresa/negocios_internacionais/exp_trava_cambio.aspx

http://www.cnb.org.br/CNBV/instrucoesnormativas/inm106-1989.htm Bibliografia: Obrigado pela Atenção Incidência de Impostos:
IR
De acordo com a Instrução Normativa Nº 106 de 10 de Outubro de 1989, será incidente de Imposto de Renda, na aliquota de 15% a 22,5% sobre o valor do prêmio (conforme o prazo da trava)
IOF
Câmbio travado inferior a 30 dias da contratação da trava, há incidência de IOF (conforme tabela regressiva). Depois de decorrido esse prazo não ocorre a incidência do IOF. Integrantes: Adrian Carranza, Daísa Ziglioli Pilotto, Daniela Legnaghi, Gabriela Sottilli Lazzari e Patrick Piamolini da Rosa
Full transcript