Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Estabelecendo relações entre os países

No description
by

Bruna Colombo

on 18 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estabelecendo relações entre os países

Estabelecendo relações
entre os países:

Uma abordagem socioeconômica
Amanda Marques
Bruna Colombo
Nínive Girardi
Taciana Fialho

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL - CAMPUS OSÓRIO
INTRODUÇÃO
HAITI
Capital: Porto Príncipe
8 121 622 habitantes.
SUÉCIA
Capital: Estocolmo
9 449 000 habitantes
NOVA ZELÂNDIA
Capital: Wellington
4 405 000 habitantes
ETIÓPIA
Capital: Adis Abeba
84 730 000 habitantes

Análise e relação dos aspectos socioeconômicos destes países.

Indicadores econômicos
Alimentação e nutrição
População
Uso do solo
Recursos de água
República do HAITI

O Haiti é o país mais pobre da América. O turismo, um dos tradicionais pilares da economia, praticamente deixou de gerar receitas com os conflitos políticos iniciados em 1991.
Recursos de água
2011
13 quilômetros cúbicos
Disponibilidade de água:
Suécia

A industria constitui o principal pilar da economia sueca. Devido à abundante energia proveniente de hidrelétricas e jazidas de ferro, a Suécia se especializou na produção de aço e cimento e na fabricação de veículos, aparelhos eletrônicos e equipamentos de alta tecnologia.
Recursos de água
2011
171 quilômetros cúbicos
Disponibilidade de água
Etiópia

Situada no continente mais pobre do mundo, a Etiópia apresenta uma economia pouco desenvolvida. A fonte de renda do país é dada basicamente pelo setor primário.
Recursos de água
Disponibilidade de água
Não apresenta dados
HAITI
SUÉCIA
Nova Zelândia
ETIÓPIA
Apesar do território relativamente pequeno, a Nova Zelândia é um grande produtor de itens agropecuários. Contudo, devido à pequena quantidade de recursos minerais disponíveis, a indústria pesada ainda é pouco desenvolvida. Já a fabricação de bens de consumo tem grande importância, com destaque para o processamento de itens provenientes da pecuária.
Recursos de água
2011
327 quilômetros cúbicos
Disponibilidade de água
NOVA ZELÂNDIA
Indicadores Ecônomicos
Produto Interno Bruto (PIB)
2010
um pouco mais de US$ 6 bilhões
PIB per capita
cerca de US$ 600
HAITI
Indicadores Ecônomicos
Produto Interno Bruto (PIB)
quase US$ 500 bilhões

PIB per capita
aproximadamente US$ 50 000
2010
Indicadores Ecônomicos
Produto Interno Bruto (PIB)
US$ 30 bilhões
PIB per capita
US$ 400
2010
aumentou mais de US$ 200 em 5 anos!
SUÉCIA
ETIÓPIA
Indicadores Ecônomicos
Produto Interno Bruto (PIB)
um pouco mais de US$ 140 bilhões
PIB per capita
US$ 30 000
2010
NOVA ZELÂNDIA
População

Evolução da população e força de trabalho
a população e a força de trabalho aumentaram;
a população rural e a força de trabalho agrícola diminuíram;
DESDE 1997
o percentual de mulheres na agricultura aumentou.
as mulheres representavam 30% da força de trabalho agrícola.
1997
Em
,
População
SUÉCIA
A população rural ainda equivale a mais de 50% do país; contudo, a força de trabalho e a população urbanas apresentaram índices de crescimento maiores.

Evolução da população e força de trabalho
aumentou 2% em 15 anos
ETIÓPIA
desde 1997
População
Evolução da população e força de trabalho
A população rural e a força de trabalho agrícola não apresentaram crescimento desde 1997. Contudo, a população e a força de trabalho urbanas aumentaram.
População
NOVA ZELÂNDIA
Evolução da população e força de trabalho
Uso do Solo
Uso do Solo
ENTRE 1996 E 2010,
HOUVE AUMENTO NA ÁREA FLORESTAL
Uso do Solo
ENTRE 1996 E 2011:
aumento das terras aráveis
diminuição da área florestal
Uso do Solo
diminuição das terras aráveis
aumento da área florestal
ENTRE 1996 E 2011:
Uso de água
4,75 quilômetros cúbicos
Em 1987,
foram utilizados
1,9
quilômetros cúbicos
Uso da água
2,62 quilômetros cúbicos
A Suécia vem reduzindo a sua utilização de água:
em 1992,
foram utilizados
2,89
quilômetros cúbicos
Uso de água
1,2 quilômetros cúbicos
Uso de água
5,56 quilômetros cúbicos
Os últimos dados disponíveis são de
1972
Alimentação e Nutrição
Suprimento de alimentos per capita (kcal/capita/dia):
Desde 1994, não alcança as 2000 kcal diárias; o índice mais alto foi o de 2009: 1979 kcal.
Ajuda em cereais:
O país sempre precisa receber auxílio de outras nações, sobretudo nos anos de catástrofes ambientais.
2008
129 toneladas
1998
125 toneladas
FURACÃO!
Desnutrição
Os índices de desnutrição estão sempre próximos dos 50%, ainda que tenham diminuído nos últimos anos.
2004
53%
2012
47%
HAITI
Alimentação e Nutrição
Suprimento de alimentos per capita (kcal/capita/dia):
Desde 1994, ultrapassa as 3000 kcal; em 2004, atingiu seu índice mais alto: 3141 kcal diárias.
Ajuda em cereais:
não apresenta dados
Desnutrição:
não apresenta dados
SUÉCIA
Alimentação e Nutrição
Suprimento de alimentos per capita (kcal/capita/dia):
Apenas em 2009, alcançou as 2000 kcal recomendadas (2097 kcal).

Ajuda em cereais:
De 1998 a 2013, a Etiópia recebeu ajuda em todos os anos; sobretudo em 2003 (1509 toneladas) e 2008 (1081 toneladas).

Desnutrição:
Embora esteja diminuindo, a desnutrição ainda ataca quase metade da população.
Alimentação e Nutrição
ETIÓPIA
Suprimento de alimentos per capita (kcal/capita/dia):
Ultrapassa as 3000 kcal. Em 1999, alcançou o índice mais alto dos últimos 15 anos: 3217 kcal diárias.
Ajuda em cereais:
não apresenta dados
Desnutrição:
não apresenta dados
NOVA ZELÂNDIA
GRUPOS ALIMENTARES CONSUMIDOS
2009
Cereais (exceto cevada):
24,9%
Tubérculos:
3%
Carnes:
14,2%
Óleos vegetais e gorduras animais:
16,7%
Açúcares e mel:
17,7%
Latícinios (exceto manteiga) e ovos:
5,5%
carneiro/cabra
Cereais (exceto cevada):
Tubérculos:
Carnes:
Óleos vegetais e gorduras animais:
Açúcares e mel:
Latícinios (exceto manteiga) e ovos:
GRUPOS ALIMENTARES CONSUMIDOS
2009
65,3%
12,1%
2,2%
3,6%
2,6%
5,5%
Etiópia
Cereais (exceto cevada):
Tubérculos:
Carnes:
Óleos vegetais e gorduras animais:
Açúcares e mel:
Latícinios (exceto manteiga) e ovos:
GRUPOS ALIMENTARES CONSUMIDOS
2009
24,9%
3,2%
11,1%
18,1%
12,7%
14,8%
Suécia
Cereais (exceto cevada):
Tubérculos:
Carnes:
Óleos vegetais e gorduras animais:
Açúcares e mel:
Latícinios (exceto manteiga) e ovos:
GRUPOS ALIMENTARES CONSUMIDOS
2009
45,9%
9,6%
4,1%
10,1%
10,5%
2,2%
Haiti
Considerações Finais
Referências:
Food and Agriculture Organization of the United Nations. FAOSTAT Country Profiles. 2013.
Atlas National Geographic: Europa I (Volume 3). São Paulo: Editora Abril, 2008.
Atlas National Geographic: Oceania, Pólos e Oceanos (Volume 11). São Paulo: Editora Abril, 2008.
Atlas National Geographic: África II (Volume 10). São Paulo: Editora Abri, 2008.

Atlas National Geographic: América do Norte e Central (Volume 6). São Paulo: Editora Abril, 2008.
O desenvolvimento ecônomico de cada país é determinado, sobretudo, pela região do planeta em que está situado. Afinal, é a região que estabelecerá o clima, o relevo e a vegetação propícias para práticas agropecuárias; as fontes de energia para a formação da indústria; e, especialmente, a disponibilidade de água, indispensável para o desenvolvimento humano.
Full transcript