Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Era dos Descobrimentos Portugueses

No início do século XV, Portugal tinha um conjunto de condições favoráveis para iniciar uma época de descobrimentos.
by

Rodrigo Ribeiro

on 15 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Era dos Descobrimentos Portugueses

A Expansão Marítima Portuguesa no século XV 1415 Uma forte armada comandada por D. João I conquista Ceuta, marcando o início da expansão portuguesa. A conquista de Ceuta, deu aos portugueses o controlo da entrada e saída do comércio mediterrâneo, para o Atlântico e norte da Europa. Era também para onde afluíam as rotas caravaneiras, que traziam o ouro do deserto do Sahara e as rotas orientais que traziam as especiarias da Índia. Era ainda uma forma de evitar os ataques piratas dos Muçulmanos. Mas os Muçulmanos queimaram os campos agrícolas e E os campos férteis em redor da cidade, davam os cereais que faltavam em Portugal devido à crise do século XIV. desviaram as rotas. ...mas Portugal não atingiu os objetivos iniciais. A conquista de Ceuta foi um êxito militar... Madeira 1419-20 Porto Santo 1419-20 Apesar de já ser conhecida no século XIV, a Madeira só foi redescoberta entre 1419 e 1420, por João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo. Como este arquipélago era deserto, o seu povoamento começou em 1425 e mais tarde iniciou-se a utilização do sistema de capitanias-donatarias, chefiadas por capitães-donatários, que possuíam poderes administrativos, judiciais e militares. Assim como a Madeira, Porto Santo já era conhecido no século XIV, mas só foi redescoberto entre 1419 e 1420, por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira. Os principais produtos explorados nestas terras eram: A madeira Os cereais As plantas tintureiras A cana-de--açucar A vinha Também se praticavam algumas atividades económicas, das quais se destacam: A silvicultura A pesca A agricultura O comércio Arquipélago dos Açores 1427-1454 Em 1427, Diogo de Silves chega às ilhas de Santa Maria e S. Miguel e, até 1454, juntamente com Gonçalo Velho Cabral e Diogo de Teive, completam a descoberta do arquipélago. O arquipélago dos Açores, bem como o da Madeira, era deserto e, em 1439 começou a ser povoado segundo o sistema de capitanias-donatarias. Os principais produtos explorados neste arquipélago eram: As plantas tintureiras Os cereais Os produtos láteos As principais atividades económicas praticadas neste arquipélago eram: A agricultura A pecuária O comércio Cabo Bojador 1434 À ordem do Infante D. Henrique, Gil Eanes transpõe o Cabo Bojador acabando com os mitos e lendas sobre a existência de monstros marinhos naquela zona. As lendas deviam-se aos ventos desfavoráveis e às correntes contrárias que provocavam o naufrágio das embarcações que por lá passavam. Cabo Verde 1456 Serra Leoa Ceuta 1460 No mesmo ano da morte do Infante D. Henrique, Pedro de Sintra chega à Serra Leoa. Introdução A Expansão Marítima Portuguesa durante o século XV foi um dos maiores marcos da História de Portugal e uma época determinante para o que "somos" hoje, e foi esse o facto que mais me impulsionou a realizar o meu trabalho sobre este tema. Conquistada por D. João I Descoberto por
Diogo Gomes. Descobertas no período Henriquino Cabo de Sta. Catarina 1474 Costa descoberta por Fernão Gomes, a contrato de D. Afonso V. Como D. Afonso V estava mais focado nas conquistas do norte de África, contratou Fernão Gomes para continuar a descobrir a costa de África.
O contrato estabelecido entre ambos era:
descobrir 100 léguas de costa anualmente;
pagar 200.000 reis à coroa. Foz do Rio Zaire 1483 Atingida por
Diogo Cão. São Jorge da Mina 1471 Cabo das Tormentas,
mais tarde,
Cabo da Boa Esperança 1488 Bartolomeu Dias dobra o extremo sul de África, conseguindo ultrapassar os limites da viagem de Diogo Cão. Com esta viagem, ficou aberto o caminho para a Índia e a esperança de um dia lá se chegar, tendo sido esse o principal motivo da alteração do nome do cabo das Tormentas para Boa Esperança. Índia 1498 Chega a Calecute uma armada comandada por Vasco da Gama. Portugal, ao descobrir o caminho marítimo para a Índia e através da Rota do Cabo, passa a ter acesso direto às especiarias e aos produtos de luxo do Oriente, Descobertas durante o reinado de
D. João II Brasil 1500 Aqui, D. João II fundou a feitoria da Mina, com o objetivo de centralizar o comércio do ouro, dos escravos, da malagueta e do marfim. D. Afonso V A descoberta do Brasil é bastante polémica, porque se acredita que os portugueses já tinham conhecimento desta terra, pois o Tratado de Tordesilhas mencionava essa zona como pertencente a Portugal. Segundo os registos oficiais, D. Manuel I enviou para a Índia uma armada, comandada por Pedro Álvares Cabral, que, por razões desconhecidas, perto de Cabo Verde, se desviou e descobriu o Brasil. Conclusão Com a realização deste trabalho, cheguei à conclusão de que os descobridores portugueses, com o seu espírito aventureiro, conseguiram mudar a mentalidade das pessoas do século XIV, que acreditavam em monstros marinhos e que a Terra era plana, conseguindo mostrar ao mundo a realidade, que até então estava deturpada e que a curiosidade foi um motor impulsionador dos seus feitos. Bibliografia Livros e enciclopédias:
Cirne, Joana; Henriques, Marília – Cadernos de História 8 Temas E/F – Areal Editores, 2012
Mattoso, José – História de Portugal, Volumes 2 e 3 – Editorial Estampa
Imagens:
Mapas de Luís Lázaro e Abraham Ortelius
Figuras de documentos antigos
Web:
www.wikipedia.pt
www.infopedia.pt
Pesquisas realizadas no Google
Full transcript