Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Espiritualidade: uma postura de vida

No description
by

Bruna Meyer

on 28 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Espiritualidade: uma postura de vida

Espiritualidade: uma postura de vida
Introdução
Devido à medicina ter se desenvolvido tecnologicamente e descoberto remédios e curas, muitos se limitam apenas a essa evolução, não tendo consciência de outros fatores. A espiritualidade também é determinante na recuperação de doenças e no bem estar do cotidiano, uma vez que influencia nosso pscicológico. O equilíbrio das faculdades mentais, afinal, é imprescindível para nossa felicidade.
Objetivos
A nossa meta com esse trabalho é mostrar como a postura altruísta,, livre de apegos materiais e com a mente aberta a possibilidades e a novos ideais pode trazer benefícios para uma vida mais saudável e plena, inclusive ajudando no tratamento de doenças.
Metodologia
A fim de atingir os objetivos propostos, organizamos inicialmente material teórico sobre o assunto, fundamentando nossa pesquisa na teoria de que o desenvolvimento da espiritualidade inspira uma vida mais leve. Entrevistamos Paulo Silva, um líder espiritual, além de leigos divididos por faixa etária, que responderam a um questionário, e médicos, que se dispuseram a dividir conosco como enxergam a ação da espiritualidade sobre os pacientes.

Definição
A espiritualidade pode ser resumida na manifestação do espírito em nós, e diz respeito ao relacionamento com nós mesmos, com o mundo, com os que nos cercam e com as nossas crenças. Essa relação constrói-se a partir de vivências diárias e é dinâmica, sempre em movimento. Ainda nesse sentido, pode-se dizer que está associada com a fé, seja religiosa ou não. Uma pessoa espiritual vive a vida mais feliz e no momento, respondendo às situações ao invés de reagir. A sua forma de ver o mundo é aberta a fenômenos inusitados e evita estresses desnecessários, sabendo lidar de melhor forma com os problemas cotidianos.








Práticas
Uma forma eficaz de desenvolver a espiritualidade é por meio de práticas religiosas, da meditação, da ioga e das atividades físicas. Todas elas estabelecem uma conexão com o nosso eu interior, esvaziando nossa mente das preocupações e, consequentemente, nos fazendo refletir de forma racional sobre elas.

Ioga
A mente, com frequência, oscila entre o passado e o futuro, causando atormentações e expectativa. Desejos, medo, ânsias e aversões acabam por prendê-la. Para abandonar o conflito na alma, é essencial levá-la para o presente, viver o momento. Pode-se dizer que a ioga é uma forma eficaz de promover a espiritualidade, por conta de ambas tratarem de valores semelhantes. Tanto a primeira quanto a segunda fazem a manutenção da harmonia externa e interna, eliminando o medo, a angústia e as preocupações da vida mundana. O tempo que dedicamos à arte espiritual é um momento em que esquecemos dos problemas, se mostrando benéfico a longo prazo.

Ioga
Além disso, o senso de equilíbrio, a flexibilidade e a concentração que alcançamos na prática se refletem nas ações e atitudes fora do tapete.
1- Aprender técnicas de respiração e a fazer posturas difíceis ajuda a lidar com situações do cotidiano
2- Alongar nas posturas de ioga até o seu limite, sem haver comparar com os outros ao seu redor faz com que demos o nosso melhor e superemos o estresse.
3- A flexibilidade física leva à mental, e vice-versa: enquanto a prática e alongamento levam à serenidade e equilíbrio mental, nos tornando aptos a resolver problemas com facilidade, a psicologia do “eu consigo” nos leva a ter êxito nas posturas mais difíceis.

Espiritualidade na saúde
Intensificou-se o interesse na relação entre a espiritualidade e a saúde, uma vez que comprovou-se a importancia do estado psicológico do paciente para a progressão de sua cura. Os médicos passaram a perceber e a aceitar a importância da fé e do otimismo nos processos, levando a discussão até mesmo para dentro dos hospitais. O assunto também foi abordado no programa “Conversas Cruzadas” da TVCOM, e quando se perguntou aos telespectadores se eles acreditavam que a espiritualidade influía na saúde, 94% respondeu afirmativamente. Segundo um dado divulgado pelo IBGE, apesar de o Brasil ser um estado laico, uma grande porcentagem da população considera-se religiosa. Isso, consequentemente, afeta os tratamentos no sentido da positividade e esperança quanto à cura.


Pessoas com câncer, principalmente crianças, conseguem superar a enfermidade com mais facilidade quando estimuladas a pensarem positivamente. O auxílio de um psicólogo também se faz muito importante nesses casos, pois é comum a insegurança emocional nas pessoas afetadas. Ainda nesse sentido, o exercício da meditação já foi reconhecido por ajudar no controle da pressão arterial e melhorar quadros de insuficiência cardíaca. Além disso, observou-se que as pessoas religiosas, mas não conservadoras têm maior longevidade e um menor índice de depressão.
Entrevista com
Paulo Silva
Paulo Silva, um líder espiritual, foi entrevistado pelo nosso grupo com o intuito de esclarecer nossos questionamentos sobre o tema trabalhado.
Pergunta:
Como ocorreu o teu primeiro contato com a espiritualidade?
Paulo:
Cada um tem o seu tempo, o meu foi com cinco anos de idade, quando tive um problema sério de saúde. Esse contato se deu através da Umbanda, a qual fez um trabalho e conseguiu reestabelecer meu aspecto físico. Passei um tempo em ""stand by"", até que encontrei um dirigente, que me levou novamente a desenvolver as correntes espirituais.
Pergunta:

Qual a importância da espiritualidade na tua vida?
Paulo:
Ela é essencial porque as crenças em que acredito me mostraram que além de alimentar o corpo é importante alimentar a alma. E o que eu realizo aqui é alimentar a alma, acreditar em algo maior, algo supremo, que nós estamos sozinhos nesse vasto mundo.


Fontes
DE OLIVEIRA, Ana Paula. Espiritualidade na vida e no consultório faz bem à saúde. Acessado em: 06/06/13
BERGEL, Mariana. Efeitos da espiritualidade no organismo. Acessado em: 06/06/13
RAIMUNDO, José. Será que o poder da espiritualidade pode ajudar a ciência? Acessado em: 04/07/13
VALIM, Mari. Espiritualidade: o que é isso? Acessado em: 05/07/13
KRISHMAN, Daya. Yoga e espiritualidade. Acessado em: 06/06/13

Pergunta:

Como tu sente que o teu trabalho ajuda as pessoas?
Paulo:
Sou muito feliz porque o resultado que eu encontro está em cada sessão, em cada abraço, em cada agradecimento das pessoas que participam da corrente. Eu vejo nessas uma resposta, um resultado muito positivo do trabalho não só meu, mas do trabalho espiritual que eu realizo na minha casa com meus filhos.

Entrevista com leigos
Entrevista com leigos
A maioria dos entrevistados, especialmente os idosos, afirmou que pertence a uma religião. Porém, isso não significa que todos eles estejam envolvidos no dia a dia com atividades e práticas relacionadas á sua crença. Além disso, mesmo alguns dos que se afirmam religiosos não acreditam na ação da realidade sobre nós. Isso provavelmente se deve ao fato de que os seus resultados passam muitas vezes desapercebidos ou são inconscientes, já que o efeito espiritual vem de dentro de nos mesmos. Aliás, muitas pessoas enfrentam uma rotina estressantes e se encontram constantemente desgastadas, sem perceberem que há jeitos simples de combater tal fadiga.


Alice Sukiennik, Bruna Campos, Bruna Meyer, Gabrielle Todeschini e Sofia Alves
Full transcript