Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Fim da União Soviética e nova formação geopolítica da região

Trabalho do 3º bimestre de 2012 de Geografia.
by

Felipe Bogaerts

on 27 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fim da União Soviética e nova formação geopolítica da região

Resumo do Capítulo 15 - União Soviética União Soviética: grupo
geopolítico que se situava na Ásia
e na Europa. Felipe Bogaerts
Julia Maia
Maria Eduarda
Marcos Meis
Paulo Guerreiro Componentes do Grupo Lá habitam aproximadamente... 402.500.000 de pessoas! Sua área é aproximadamente... 23.500.000 km2! No território da antiga
União Soviética há uma
grande variedade de
culturas e entre elas estão
os eslavos, romênios, armênios, árabes, etc. Eurásia Fisicamente, a Europa e a Ásia formam um só continente,
formando a Eurásia. Mas então porque são continentes separados??? Porque do ponto de vista histórico-cultural, que obviamente se baseia nas
culturas e os caminhos que os povos seguiram durante sua história,
são considerados como 2 continentes. E o que separa os dois continentes?? Os montes Urais, na Rússia, uma cordilheira que
se estende no sentido norte-sul, e o Mar Negro e
o Cáucaso. Revolução de 1917 A partir da segunda metade do século XIX, enquanto
as potências européias passavam pela Segunda Revolução Industrial, a Rússia (governada por czares) passou por um grande crescimento econômico. Esse crescimento acentuou a desigualdade social no interior da sociedade russa, pois os comerciantes, industriais e a aristocracia agrária enriqueciam e os outros trabalhadores em geral viviam em condições precárias. Esses fatores ajudaram a insatisfação popular com a nobreza aumentar. Então a população russa se mobilizou. Criaram assembléias e conselhos comunitários de trabalhadores, chamados sovietes. Discutia-se a participação popular na politica, já que os czares governavam autoritáriamente. O povo russo sustentava as ideias socialistas, com uma proposta justa e igualitária, vindas de Karl Marx e Lênin. Em 1914 a Rússia entrou na Primeira Guerra Mundial e a condição de vida da população piorou. Em 1917 a população mais pobre se revoltou contra os czares, dando início a Revolução Russa. Então, o grupo que Lênin liderava, os bolcheviques entram no poder, levando ao fim a monarquia russa. Criação da URSS Quando Lênin entra no governo russo, promete melhoras de condição de vida e maior
participação popular na política nacional. Eles queriam implantar um novo tipo de sociedade,
que fosse revolucionário, uma coisa diferente onde não houvesse nenhuma desigualdade social.
Para isso, Lênin fez uma grande reforma agrária e nacionalizou empresas e bancos. Porém, a antiga classe czarista se revoltou e de várias formas tentaram derrubar o governo. Em uma dessas, se iniciou uma guerra civil, pois os exércitos franceses, ingleses, americanos e japonenes invadiram a Rússia, deixando milhões de mortos.

A Revolução Russa só teve seu fim em 1922, com a vitória do governo lenista. Eles restringiram qualquer movimento contra seu governo. Em 1925 Lênin propôs o partido único, o PCUS (partido comunista da União Soviética. Esse partido governou autoritáriamente, apesar da propósta socialista. Foto de Lênin. Bandeira da URSS. Mapa da URSS. Brasão da URSS. Socialização dos meios de
produção e crescimento econômico
da URSS A implantação do socialismo provocou várias mudanças económicas na URSS. Durante a
revolução a sua economia caiu, mas após esse período sua economia se fortaleceu
novamente, e isso está diretamente ligado ao modelo de desenvolvimento adotado, com a
planificação da economia (controlava o setor produtivo pelo Estado), as terras foram
coletivizadas (tornando-se propriedade do Estado), a exploração agrícola passou a ser
organizada por meio de cooperativas (pequenos produtores) ou fazendas coletivas. O governo também priorizou a industrialização, principalmente as indústrias de base. Também foi priorizada a indústria bélica, pois os países capitalistas eram uma constante ameaça a eles. A URSS: do pós-guerra à crise No término da Segunda Guerra Mundial, as tropas soviéticas ocupavam boa parte do
Leste Europeu. Então os países capitalistas se sentiram ameaçados pelo socialismo que
ganhava forças. Os Estados Unidos principalmente não queriam perder o apoio que tinha da
Europa para o socialismo. Então se começa uma guerra, mas não uma guerra normal. Ela é a: Guerra Fria! A Guerra Fria não foi uma guerra comum, ela foi uma "guerra que nunca aconteceu", pois era somente uma disputa do capitalismo (Estados Unidos) contra o socialismo (URSS). Apesar dela não tiverem um conflito direto, as duas potências chegaram muito perto
disso. A URSS começou a investir demais em
armamentos em vez de bens de consumo. Por causa disso, a economia que vinha crescendo rapidamente se desacelerou. Outra causa foi o descontentamento popular com os privilégios
governantes. Em 1989 manifestações populares derrubaram o muro de Berlim. Já em 1991,
para a alegria capitalista, a URSS chegou ao fim. Queda do Muro de Berlim. O fim da URSS e o novo mapa geopolítico da região O fim da URSS provocou muitas transformações em escala mundial, como por exemplo o
término da Guerra Fria e os Estados Unidos como única superpotência mundial.
Quando a URSS se dissolveu em 15 novos países, muito mudou na organização política e socioeconômica da região. A regionalização utilizada hoje em dia da URSS é:
Leste europeu: conjunto de países localizados na parte oriental da Europa.
CEI (Comunidade dos Estados Independentes): constituídos por 12 países. É uma organização econômica criada a partir do tratado de Alma Ata, para fortalecer as relações economicas daqueles países.
Repúblicas Bálticas: conjunto de 3 países banhados pelo mar Báltico. Leste Europeu. CEI. Repúblicas Bálticas.
Full transcript