Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

NR 13

Caldeiras e Vasos de Pressão
by

Polyana Fernandes

on 29 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of NR 13

NR 13 Caldeiras e Vasos de Pressão A NR 13 estabelece
todos os requisitos técnicos e
legais relativos à instalação,
operação e manutenção de
caldeiras e vasos de pressão,
de modo a prevenir a
ocorrência de acidentes
de trabalho. Polyana Fernandes e Silva - 19550 linda é a Poly Caldeiras a vapor são equipamentos
destinados a produzir e acumular
vapor sob pressão
superior à atmosférica Pressão Máxima de Trabalho Permitida - PMTP
ou Pressão Máxima de Trabalho Admissível - PMTA É o maior valor de pressão compatível com o código de projeto, a resistência dos materiais utilizados, as dimensões do equipamento e seus parâmetros operacionais. O que é pressão de projeto? De acordo com o código da Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos (American Society of Mechanical Engineers), é a pressão correspondente às condições normais mais severas de pressão e temperatura coincidentes que possam ser previstas em serviço normal. O que é Placa de Identificação? Chapa de material
resistente à corrosão,
de formato retangular, fixada
em lugar visível e de fácil acesso,
fixada no casco ou como parte
integrante desse. Nela, são
gravados de
forma indelével: As caldeiras são classificadas em: Qual a documentação mínima da caldeira que deve ser mantida no estabelecimento? Prontuário da caldeira;
Registro de Segurança;
Projeto de Instalação;
Projeto de Alteração ou Reparo;
Relatórios de Inspeção. O que é um prontuário? É um conjunto de documentos composto, no mínimo, por desenhos com especificações técnicas, código de projeto e ano de edição, especificações de materiais, memorial de cálculo com a PMTA, procedimentos de fabricação e montagem, ano de fabricação, categoria do vaso, relatório de inspeção e testes, realizados durante a fabricação, montagem e operação, e laudos de ocorrências diversas. Se o estabelecimento
não possuir esta documentação,
parte dela deverá ser reconstituída. Quando não for possível abranger alguns itens, tais como procedimentos utilizados na fabricação e montagem, especificações de materiais, entre outros, deverão ser reconstituídos, pelo menos, as características funcionais da caldeira, os dados de seus dispositivos de segurança e o procedimento para determinação da PMTA. O Registro de Segurança Livro próprio onde serão registradas todas as ocorrências capazes de influir nas condições de segurança da caldeira, e ocorrências de inspeções de segurança Instalação de Caldeiras a Vapor Devem ser instaladas em
"Casa de Caldeiras" ou em local específico denominado "Área de Caldeiras" Quando a caldeira
for instalada
em ambiente
aberto Área de Caldeiras Ser afastada no mínimo de 3 metros:
Dispor de no mínimo 2 saídas amplas;
Dispor de acesso fácil e seguro;
Sistema de captação e lançamento dos gases e material particulado;
Iluminação; Outras instalações do estabelecimento;
Depósitos de combustíveis;
Limite de propriedade de terceiros;
Limite com vias públicas. Quando a Caldeira for instalada em ambiente fechado Casa de Caldeira a - Constituir prédio separado, construído de material resistente ao fogo, podendo ter apenas uma parede adjacente a outras instalações do estabelecimento, porém com as outras paredes afastadas de, no mínimo, 3 (três) metros deoutras instalações, do limite de propriedade de terceiros, do limite com as vias públicas e de depósitos de combustíveis, excetuando-se reservatórios para partida com até 2.000 (dois mil) litros de capacidade;

b - Dispor de pelo menos 2 (duas) saídas amplas, permanentemente desobstruídas e dispostas em direções distintas;

c - Dispor de ventilação permanente com entradas de ar que não possam ser bloqueadas;

d - Dispor de sensor para detecção de vazamento de gás quando se tratar de caldeira a combustível gasoso.

e - Não ser utilizada para qualquer outra finalidade;

f- Dispor de acesso fácil e seguro, necessário à operação e à manutenção da caldeira, sendo que, para guarda-corpos vazados, os vãos devem ter dimensões que impeçam a queda de pessoas;

g - Ter sistema de captação e lançamento dos gases e material particulado, provenientes da combustão para fora da área de operação, atendendo às normas ambientais vigentes;

h - Dispor de iluminação conforme normas oficiais vigentes e ter sistema de iluminação de emergência. Compõe risco grave e iminente o não atendimento aos requisitos Quando o estabelecimento não puder atender ao disposto, deverá ser elaborado "Projeto Alternativo de Instalação", com medidas complementares de segurança que permitam a atenuação dos riscos. Toda caldeira deve possuir "Manual de Operação" atualizado, contendo: a - Procedimentos de partidas e paradas;
b - Procedimentos e parâmetros operacionais de rotina;
c - Procedimentos para situações de emergência;
d - Procedimentos gerais de segurança, saúde e preservação do meio ambiente. Toda caldeira deve estar obrigatoriamente sob operação e controle de operador de caldeira. O operador deverá possuir certificado de "Treinamento de Segurança da Operação de Caldeira"
A NR 13 tras os requisitos básicos da estruturação do curso de treinamento assim como os profissionais capacitados para ministrar aulas e supervisionar os estágios e práticas. Segurança na Manutenção de Caldeiras Todos os reparos ou alterações em caldeiras devem respeitar o respectivo código do projeto de construção e as prescrições do fabricante. Deverão ser concebidos
"Projetos de Alteração ou Reparo" sempre que as condições do projeto forem modificadas ou realizados reparos que possam comprometer a segurança. Inspeção de Segurança de Caldeiras As caldeiras devem ser submetidas a inspeções de segurança inicial, periódica e extraordinária. Ao completar 25 anos de uso, as caldeiras devem ser submetidas a rigorosa avaliação de integridade para determinar sua vida remanescente e prazos para inspeção. A inspeção deverá ser realizada pelo "Profissional Habilitado" e uma cópia do "Relatório de Inspeção" será encaminhado para a representação sindical da categoria predominante no estabelecimento. Vasos de pressão são equipamentos que contém fluidos sob pressão interna ou externa. A NR13 é aplicada para os vasos cujo produto de "P.V" > 8 P = máx pressão de operação em kPa
V = Volume geométrico interno em m³ Permutadores de calor, evaporadores e similares;
Vasos de pressão ou parte expostas a chama direta;
Vasos de pressão encamisados, incluindo refervedores e reatores;
Autoclaves e caldeiras de fluido térmico que não vaporizem. Os vasos de pressão são classificados em categorias segundo o tipo de fluido e o potencial de risco. Classe A: fluidos inflamáveis;
combustível com temperatura superior ou igual a 200ºC;
fluidos tóxicos com limite de tolerância igual ou inferior a 20 ppm;
hidrogênio;
acetileno. Classe B: Classe C: Classe D: fluidos combustíveis com temperatura inferior a 200 ºC;
fluidos tóxicos com limite de tolerância superior a 20 ppm; vapor de água, gases asfixiantes simples ou ar comprimido. água ou outros fluidos não enquadrados nas classes "A", "B", ou "C", com temperatura superior a 50 ºC. Os vasos de pressão são classificados em grupos de potencial de risco em função do produto "P.V" Grupo 1 PV >= 100 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 4 PV < 100 e PV >= 30 PV < 30 e PV >= 2,5 PV < 1 Constitui falta grave a falta dos seguintes itens: Válvula ou outro dispositivo de segurança com pressão de abertura ajustada em valor igual ou inferior à PMTA, instalada diretamente no vaso ou no sistema que o inclui;
Dispositivo de segurança contra bloqueio inadvertido da válvula quando esta não estiver instalada diretamente no vaso;
Instrumento que indique a pressão da operação. Placa de Identificação Documentação exigida: Prontuário do Vaso de Pressão;
Registro de Segurança;
Projeto de Instalação;
Projeto de Alteração ou Reparo;
Relatórios de Inspeção. A operação de unidades que possuam vasos de pressão deve ser efetuada por profissional com "Treinamento de Segurança na Operação de Unidades de Processos" O que é teste hidrostático? Consiste no preenchimento completo do vaso com líquido apropriado, no qual se exerça uma determinada pressão para a verificação de possíveis falhas ou vazamentos em soldas, roscas, partes mandrilhadas e outras ligações no próprio vaso. O que é profissional habilitado para aplicação da NR 13? É aquele que tem competência legal para o exercício da profissão de engenheiro referente a projeto de construção, acompanhamento de operação e manutenção, inspeção e supervisão de inspeção de caldeiras e vasos de pressão. Referências Bibliográficas: Legislação Comentada. NR 13 - Caldeiras e Vasos de Pressão. SESI. Departamento Regional da Bahia. Salvador: 2008. Disponível em: http://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1
&cad=rja&ved=0CCkQFjAA&url=http%3A%2F%2Fpro-sst1.sesi.org.br%2Fportal%2Flumis%2Fportal%2F
file%2FfileDownload.jsp%3FfileId%3D8A90152A2A15F2A8012A3438992A10DA&ei=NBWkUO7lLIzY8gSOqYFA&usg=AFQjCNEl3Ay65pzhfLN3gM8OOtaNn2unrA. Acesso em: 01/11/2012 ; NR 13 - Caldeiras e Vasos de Pressão. Obrigada!
Full transcript