Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Bio e Zoo, Aula 1: Introduçao

No description
by

Paulo Asfora

on 26 November 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Bio e Zoo, Aula 1: Introduçao

Grupo monofilético morfologicamente diverso, caracterizado por:
Pluricelularidade com organização em tecidos
Heterotrofia
Mobilidade em algum estágio da vida
Diplóides com desenvolvimento embrionário através de uma blástula

Inclui aproximadamente 1.3 milhões de espécies vivas descritas, em 35-40 filos
De 10 a 200 milhões de espécies não descritas
1.Hipótese ciliada sincicial: ancestral=protista ciliado (J.Hadzi e E.D.Hanson, 1950)

2.Hipótese da origem polifilética: derivados independentemente de mais de um grupo de organismos unicelulares

3.Hipótese flagelada colonial: ancestral=protista flagelado (Ernst Haeckel, 1874)
Como o corpo se organizada ao redor de um eixo central.
Simetria:
Ectoderma e Endoderma separados pela mesogléia (acelular)
Presença de tecidos, mas sem orgãos,
Rede nervosa,
Locomoção por contração
mioepitelial
,
Capazes de se alimentar de grandes partículas e até mesmo pequenos animais.
Sentido preferencial de locomoção,
Região anterior e outra posterior,
Tendência à cefalização com concentração de estruturas sensoriais na parte anterior,
Dorso protetor e ventre locomotor
Protostomia
Presença de larva trocófora ou lofóforo
Grupo mais diverso entre os Metazoa, incluindo artrópodes e nematodes,
Presença de cutícula: camada externa de material orgânico que funciona como esqueleto
Realizam ecdise - Ecdisona
Cordão nervoso dorsal
Chordata
Charles R. Darwin
1809–1882
Evolução biológica
: Descendência com modificações
Classificação
: ordenamento natural genealogias
Ernst Haeckel (1834-1919)
Filo
– grupo de animais que compartilham um plano corporal devido a uma história comum (1866).
Filogenia
– conjunto da história de ancestralidade entre as espécies.
Willi Hennig
1913-1976
Cladística (Sistemática Filogenética) – hipóteses de classificação dos seres vivos baseadas nas relaçoes de parentesco evolutivo (filogenia).
Homologias
-
sinapomorfias
-clados
monofiléticos
Quem são os "
Animais
"?
Desenvolvimento embrionário
N. de folhetos embrionários
Destino do blastóporo
[O2]
0
10
20
Tempo
4,6-3,8 b.a.
2,7 b.a.
2-1,4 b.a.
650 m.a.
514 m.a.
Formação da Terra
Primeiros procariotos
Primeiros eucariotos
Pluricelularidade
Explosão Cambriana
Níveis de organização da complexidade animal

Celular
: células diferenciadas dispersas

Tissular
: células semelhantes em camadas + matriz extracelular = função (tecidos)

Organogênico
: tecidos formando órgãos

Sistêmico
: órgãos em sincronia de função (sistemas ou aparelhos)
Deuterostomia
Lophotrochozoa
Ecdysozoa
Cordão nervoso ventral
Origem dos sistemas vivos
Próxima aula:
Introvertia
Panarthropoda
Sistemática Filogenética
Verdadeira natureza desconhecida: corpo mole e sem registros
Estudos fósseis, morfológicos e moleculares comparados permitem inferir sobre este ancestral
Origem e evolução
Hipótese de grupo irmão
:
Choanoflagellata
, um táxon de organismos unicelulares monoflagelados
Protistas
O Metazoário ancestral
"Principais caracteres" na filogenia de Metazoa
Zigoto
Clivagem
Clivagem
Blástula
Blástula em corte
Blastocele
Gastrulação
Gástrula
Blastóporo
Blastocele
Endoderme
Ectoderme
Arquêntero
1
1
1
Protostômio
Deuterostômio
Endoderme
Ectoderme
Blastóporo
Diploblásticos
Triploblásticos
mesoderme
Destino do Blastóporo
: sem gástrula=sem blastóporo
Folhetos embrionários
: sem gástrula - uma camada apenas
Complexidade
: Celular
Simetria
: assimétricos
Parazoa
- Eumetazoa
Destino do Blastóporo
: boca - única abertura
Folhetos embrionários
: Ecto e endoderme
Complexidade
: Tissular
Simetria
: Radial
Cnidócitos
: capturar presas, defesa, aderência.
• Abundantes na epiderme, tentáculos e ao redor da boca, também ocorrem na gastroderme.
Parazoa
Eumetazoa
Destino do Blastóporo
: boca ... e ânus!
Folhetos embrionários
: Ecto, endo e mesoderme
Complexidade
: Sistêmica exceto em platelmintos (organogênica)
Simetria
: Bilateral
Destino do Blastóporo
: ânus
Folhetos embrionários
: Ecto, endo e mesoderme
Complexidade
: Sistêmica
Simetria
: Bilateral
Destino do Blastóporo
: boca
Folhetos embrionários
: Ecto, endo e mesoderme
Complexidade
: Sistêmica...exceto platelmintos
Simetria
: Bilateral
Bilateria
Protostomia
Enterozoários completos!
Enterozoários incompletos.
Bilateria
Deuterostomia
Estrutura e função celular
[O2]
[O2]
Questões operacionais
Aulas práticas
Aulas
Aulas expositivas
Programa do curso
Quatro módulos
:
Níveis de organização dos organismos: células, tecidos, espécies, clados.
Protista e Lophotrochozoa
Ecdysozoa
Chordata
Avaliações:
Avaliações escritas:
Avaliações práticas
Avaliação continuada
Segundas-feiras:

turma 1, das 10:00 às 10:50 h
turma 2, das 10:50 às 11:40 h
Terças-feiras:
turma 1, das 14:00 às 14:50 h
turma 2 , das 14:50 às 15:40 h
Aulas práticas
Turmas 1 e 2
Uma ao final de cada módulo do curso
(Quatro avaliações)
Atividades aplicadas durante as aulas práticas, num total de sete atividades.
Bibliografia
BRUSCA, R.C. & BRUSCA, G.J. 2007. Invertebrados. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro.
HICKMAN JR, C.P.; LARSON, A. & ROBERTS, L.S. 2004. Princípios Integrados de Zoologia. 11ª edição. São Paulo: Ed. Guanabara Koogan. 872p.
HICKMAN JR, C.P; ROBERTS, L.S.; KEEN, S.L.; EISENHOUR, D.J.; LARSON, A. & L’ARSON, H. 2013. Princípios Integrados de Zoologia. 15ª edição. São Paulo, Guanabara Koogan. 951 p.
ORR, R. 1986. Biologia dos Vertebrados. Rio de Janeiro: Roca.
POUGH, F.H.; JANIS, C.M. & HEISER, J.B. 2008. A vida dos vertebrados. 4a edição. São Paulo: Editora Atheneu, 699p.
RIBEIRO-COSTA, C.S. & R.M. ROCHA. 2006. Invertebrados. Manual de aulas práticas. Editora Holos.
RUPPERT, E.E.; R.S. FOX & R.D. BARNES. 2005. Zoologia dos Invertebrados. Uma abordagem funcional-evolutiva. Editora Rocca, São Paulo.
Zoologia
Zoologia é o ramo das ciências biológicas que se ocupa do estudo do
reino animal
em seus múltiplos aspectos: diversidade, evolução, morfologia, ecologia, fisiologia, etc.
Metazoa
O que veremos durante o curso?
Protista
Biologia e Zoologia
Metazoa
Hipóteses para a origem da pluricelularidade em Metazoa
:
Não apresentam tecidos nem sistema nervoso,
Possuem células especializadas para diferentes funções (organização celular),

Apresentam
coanócitos

Animais radiais
Animais bilaterais
Prof. Paulo Asfora
Biologia e Zoologia
paulo.asfora@gmail.com
Full transcript