Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Biofábrica Congresso (PT)

No description
by

Yara Cavalcanti Silva

on 14 October 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Biofábrica Congresso (PT)

O Quadrilátero Ferrífero, a principal região mineradora de ferro do mundo! florestas, campos rupestres e campos cerrados (GIULIETTI et al, 1997).

Introdução
Introdução
Elevado grau de endemismo, raridade e potenciais de usos

Hadrolaelia pumila (Orchidaceae)
Em perigo de extinção¹ (EN)
– Epífita em Floresta

Arthrocereus graziovii (Cactaceae)
Criticamente ameaçada de extinção¹ (CR)
– Rupícola em campos rupestres

Lychnophora pinaster (Asteraceae)
Vulnerável à extinção¹ (VU) – Terrícola em campos

Introdução
Sustentabilidade
das operações;
Conservação
da biodiversidade;
Obtenção e manutenção dos
licenciamentos
ambientais;
Compromisso com as
futuras
gerações;
Outro ponto é o cenário de necessidade de

redução de custos
que o setor vem buscando.

Assim surgiu a
Biofábrica
do Centro de Produção de Mudas Nativas da Vale, fundada em 2015, é a primeira no mundo focada exclusivamente em conservação da biodiversidade da flora impactada com a mineração.

Biofábrica da VALE
É um laboratório capaz de reproduzir espécies da flora nativa, com alta
variabilidade genética
, em
grandes quantidades a baixo custo
, através do emprego de técnicas de propagação "in vitro" ou micropropagação


88 espécies de 21 famílias botânicas

Principais etapas: obtenção dos propágulos
Em casas de vegetação

Direto da natureza

Preparação dos meios de cultura
Combinação de acúcares, minerais, hormônios vegetais, proteínas, carvão ativado e outros.

Esterilização dos meios de cultura
Alta pressão e temperatura

Inoculação dos propágulos
Uso obrigatório de câmaras de fluxo laminar.

Desenvolvimento das plântulas
Bilbergia zebrina (Bromeliaceae)
Hoffmanseggella milleri (Orchidaceae)
Cyrtopodium eugenii (Orchidaceae)
Arthrocereus glaziovii (Cactaceae)

Controle de luminosidade e temperatura
Aclimatação das vitroplantas.
Resultados alcançados
Em 10 meses de trabalho foram inoculadas e estão se desenvolvendo aproximadamente 1.000.000 mudas, uma parte delas já em estágio final de desenvolvimento in vitro, e outra parte em aclimatização ex vitro.

Os custos estimados de produção de mudas na biofábrica é cerca de 2,5 vezes menor em relação aos métodos convencionais.

Exemplo clássico
Hoffmannseggella milleri (sinonimia Cattleya milleri), uma orquídea nativa dos campos rupestres ferruginosos, considerada extinta pela comunidade científica e que a partir de alguns indivíduos reencontratados na natureza em áreas preservadas da empresa, já foi possível a obtenção de 15.000 mudas com alta variabilidade genética intraespecífica.

Conclusões
A reprodução de espécies da flora nativa em biofábricas abre novas perspectivas:
Salvamento de espécies ameaçadas;
Possibilidade de produção de mudas de espécies nunca antes reproduzidas pelos métodos convencionais;
Significativo incremento na capacidade produtiva;
Redução de custos com Restauração Ambiental;
Especialmente, aumento das chances de que as futuras gerações tenham acessos aos recursos genéticos hoje existentes
Referências citadas
Rosière, C.A.& Chemale JR, (2000). Farid. Itabiritos e minérios de ferro de alto teor do Quadrilátero Ferrífero – uma visão geral e discussão. Geonomos, v. 8, n. 2.

Giulietti, A.M.; Pirani, J.R. & Harley, R.M. (1997). Espinhaço Range Region, Eastern Brazil. Pp. 397-404. In: Davis, S.D.; Heywood, V.H.; Herrera-MacBride, O.; Villa-Lobos, J.& Hamilton, A.C. (Eds.). Centres of plant diversity. A guide and strategy for their conservation. The Americas. Cambridge, IUCN Publication Unity.

Jacobi, C. M. & Carmo, F. F. (2008). Diversidade dos campos rupestres ferruginosos no Quadrilátero Ferrífero, MG. Brasil. Megadiversidade, v.4, n.1/2, p.99-116.

Localização
~15.0000 mudas
Full transcript