Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pesquisa Etnográfica

No description
by

on 12 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pesquisa Etnográfica

Pesquisa Etnográfica
Histórico
Até o início dos anos 70, a pesquisa de sala de aula utilizava basicamente esquemas de observação.
Em 1978 foi publicado no Brasil por Marli André: “A abordagem etnográfica – Uma nova perspectiva na avaliação educacional”.
Em 1977 foi publicao um livro por Hamilton, Jenkins, King, MacDonald e Parlett, intitulado “Beyond the numbers game” 2, os autores criticaram o paradigma vigente nas pesquisas avaliativas e sugeriram como alternativa a “abordagem iluminativa”
Foi na década de 80 que surgiram diversos trabalhos, principalmente nos cursos de pós-graduação, popularizando a pesquisa do tipo etnográfico.
A Etnografia, por sua vez, desenvolveu-se na Antropologia, como um esquema de pesquisa para o estudo da cultura e da sociedade.
Conceitos
Spradley (1979), a etnografia deve ser entendida como a descrição de uma cultura, sendo a tarefa do investigador etnográfico compreender a maneira de viver do ponto de vista dos nativos da cultura em estudo.
Segundo Michael Genzuk, a etnografia é um método de olhar de muito perto, que se baseia em experiência pessoal e em participação.
A pesquisa etnográfica apresenta e traduz a prática da observação, da descrição e da análise das dinâmicas interativas e comunicativas como uma das mais relevantes técnicas.
Coleta de dados
A abordagem etnográfica combina vários procedimentos de coleta de dados. Os procedimentos básicos são a observação, a entrevista e documentos.
A técnica da observação não consiste em uma simples observação inicial e posterior descrição retratista do observado, o pesquisador tem sempre um grau de interação com a situação estudada, afetando-a e sendo por ela afetado.

As entrevistas têm a finalidade de aprofundar as questões e esclarecer
os problemas observados.
Os documentos são usados no sentido de contextualizar o fenômeno, explicitar suas vinculações mais profundas e completar as informações coletadas através de outras fontes (ANDRÉ, 1995).
A apresentação dos dados, portanto, não pode ser realizada simplesmente da maneira como eles aparecem, há que se questionar suas raízes, seus significados, seus condicionante e suas implicações.
No estudo do tipo etnográfico existe uma interação constante entre o pesquisador e o objeto pesquisado.

As fases da Pesquisa Etinográfica
Estudo da literatura relacionada ao tema e sobre o contexto a ser estudado;
Observação direta e intensiva e as estratégias que visam captar as opiniões e representações dos atores sociais;
Sistematização dos dados e sua apresentação em forma de relatório.
Fases da pesquisa etnográfica
Estudo da literatura relacionada ao tema e sobre o contexto a ser estudado;
Observação direta e intensiva e as estratégias que visam captar as opiniões e representações dos atores sociais.
sistematização dos dados e sua apresentação em forma de relatório.
Habilidades por parte do pesquisador

Estabelecer relação de confiança entre os sujeitos envolvidos
• Estar sempre disposto a ouvir, formular novas indagações, se familiarizar com o contexto;
• Ser flexível para as devidas adaptações quando se fazem necessárias;
• Ser paciente, tolerar ambigüidades, trabalhar sob sua própria responsabilidade, inspirar confiança, ter autodisciplina;
• Ser sensível aos outros e a si mesmo, guardar confidencialmente algumas informações e realizar ações de aceitação do grupo.


Análise de dados

As pesquisas do tipo etnográficas necessitam ser organizados para serem compreendidos, isso só pode ser feito através de um processo continuado, onde se identificam as dimensões, categorias, tendências, padrões, relações significados.
Os dados coletados devem ser analisados com base nas hipóteses formuladas, relacionando o fenômeno com a realidade cotidiana observada, e identificação dos participantes caracterizando-os dentro do contexto.(ALVES-MAZZOTTI, 2001).

Exemplos de pesquisa etnográfica
1. Conhecer o trabalho de professoras que estavam obtendo sucesso na alfabetização de crianças da Escola Pública, apesar dos limites de suas condições de trabalho e formação;

2. Verificar o tipo de prática pedagógica que interfere de forma positiva no desempenho escolar das crianças das camadas populares;

3. Análise das relações sociais expressas no cotidiano escolar, atentando mais para os movimentos de dominação-resistência que nele estão presentes.


Referências
Alaoui, D. (2002). Regard ethnographique sur la médiation scolaire. Revista Europeia de Etnografia da Educação. 2. pp. 75 – 79.
André, M. (1997). Tendências atuais da pesquisa na escola. Cad. CEDES,. 18.
32621997000200005).
Benedict, R. (s/d). Padrões de Cultura. Lisboa: Livros do Brasil.
60th Meeting of the Society for Research in Child Development. New Orleans,
Louisiana. (http://communication.ucsd.edu/Old.LCHC/paper/mcole.html).
Fino, C. (2003). FAQs, etnografia e observação participante. Revista Europeia de
Etnografia da Educação. 3. pp. 107 – 117
Genzuk, M. (1993). A Synthesis of Ethnographic Research. Occasional Papers Series.
Spradley, J. (1979). The Ethnographic Interview. New York: Holt, Rinehart and
Winston
Full transcript