Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Esferas espirituais da Terra e Mundos transitórios

Estudo do ESDE - Tomo Único - Módulo I - Roteiro 6. Realizado na CEE (Comunidade Espírita Esperança)
by

Adão Salles

on 11 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Esferas espirituais da Terra e Mundos transitórios

Esferas espirituais da terra
Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu vos teria dito, pois vou preparar-vos o lugar, e quando for e vos tiver preparado o lugar, virei novamente e vos levarei comigo, a fim de que, onde eu estiver, estejais vós também, e para onde vou, conheceis o caminho.
(joão, 14:2-4)
A casa do Pai
As muitas moradas

O Universo
Diversos mundos habitados
Estado do Espírito na erraticidade
De que são formadas essas esferas espirituais?
(...) com um fluido vivo e multiforme, estuante e inestancável, a nascer-lhe da própria alma, de vez que podemos definí-lo, até certo ponto, por subproduto do FCU (...)
Esse fluido é seu próprio pensamento contínuo, gerando potenciais energéticos com que não havia sonhado. (...)
Elementos atômicos mais complicados e sutis, aquém do hidrogênio e além do urânio, em forma diversa daquela que se caracterizam na gleba planetária.
(André Luiz - Evolução em dois mundos)

Como se apresenta o ambiente "físico" nessas regiões espirituais?
(...) encontra, pois, o homem as mesmas leis de gravitação que controlam a Terra, com os dias e as noites marcando a conta do tempo, embora os rigores das estações estejam suprimidos (...)
Isto em se tratando das esferas de
mediana e superior evolução
.

Esferas espirituais das regiões de trevas
Chamamos Trevas as regiões mais inferiores que conhecemos.
São regiões (ou esferas) espirituais situadas abaixo e na superfície do globo terráqueo, também conhecidas como abismo ou regiões abismais.
(...) Aves de monstruosa configuração, mais negras do que a noite (...)
Surgiu-nos a lua, como bola sangrenta, através do nevoeiro, espalhando escassos raios de luz (...)
Atingimos zona pantanosa. Ervas mirradas e arbustos tristes assomavam indistintamente do solo (...)
Ao ladear imenso charco, ouvi soluços próximos. Guardava a nítida impressão de que as vozes procediam de pessoas atoladas em repelentes substâncias (...)
(André Luiz - Obreiros da vida eterna)
o umbral
É a zona obscura de quantos no mundo não se resolveram a atravessar as portas dos deveres sagrados, a fim de cumpri-los, demorando-se no vale da indecisão ou no pântano dos erros numerosos.
(André Luiz - Nosso lar)
No umbral mais próximo da crosta o clima é predominantemente frio, pela ausência de luz solar. Ventania sopra em todas as direções. Picos altíssimos e precipícios tenebrosos.
O umbral funciona como região destinada a esgotamento de resíduos mentais; uma espécie de zona purgatorial, onde se queima a prestações o material deteriorado das ilusões que a criatura adquiriu por atacado (...)
Concentra-se aí tudo o que não tem finalidade para a vida superior (...)
Há legiões compactas de almas irresolutas e ignorantes, que não são suficientemente perversas para serem enviadas a colônias de reparação mais dolorosa, nem bastante nobres para serem enviadas a planos de elevação.
Lá vivem, agrupam-se, os revoltados de toda espécie. Formam, igualmente, núcleos invisíveis de notável poder, pela concentração das tendências e
desejos gerais.
esferas espirituais de transição
Situadas acima do Umbral e abaixo das regiões superiores. Como exemplo: a colônia Nosso Lar.
Nessas colônias ainda existe sofrimento, mas os seus habitantes, de evolução mediana, são mais esclarecidos. Essa posição espiritual favorece a natureza, caracterizada por belezas e harmonias inexistentes nos planos inferiores.
O ar é puro e a atmosfera é de profunda tranquilidade espiritual.
esferas espirituais superiores
Trata-se de regiões espirituais que, para as pessoas que desconhecem a realidade do além túmulo, são consideradas verdadeiros paraísos.
Exprimem, na verdade, diferentes graus de purificação e, por conseguinte, de felicidade.
(LE - 1017)
Já perdeu todo o contato direto com a crosta terrestre e só poderia fazer-se sentir, por lá, através de enviados e missionários de grande poder.
(Andrè Luiz - Obreiros da vida eterna)
Apresentam diferentes graus de elevação espiritual.
O habitante dessas esferas vive muito acima de nossas noções de forma, em condições inapreciáveis à nossa atual conceituação da vida.
mundos transitórios
São mundos particularmente destinados aos seres errantes, mundos que lhes podem servir de habitação temporária, espécies de bivaques (acampamento provisório), de campos onde descansem de uma demasiado longa erraticidade, estado este sempre um tanto penoso.
(LE - 234)
Os mundos transitórios não se prestam à encarnação de seres corpóreos porque estéril é neles a superfície.
Os que os habitam de nada precisam.
Não se conservam perpetuamente destinados a receber Espíritos errantes.
A Terra já foi, na sua formação um mundo transitório.
mundos transitórios
Qual a diferença entre colônia espiritual e mundo transitório?
Os mundos transitórios fazem parte dos corpos celestes, espalhados pelo Universo, podendo ser um planeta, um satélite ou algo similar.
As regiões espirituais, também denominadas zonas, colônias ou esferas, correspondem às coletividades desencarnadas existentes nos planos dos Espíritos e vinculadas a este ou àquele planeta.
Full transcript