Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação de Artigos 01/2013

No description
by

milena rêgo

on 7 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação de Artigos 01/2013

Origem do pesquisador:
Problema e
Sub-problema

O pesquisador tem formação em Administração e experiência profissional empresarial na iniciativa privada de 10 anos (Diário de Pernambuco 02 anos, Agência de Publicidade – 03 anos, Representação Comercial, Farmácia e Salão de Beleza mais 05 anos) e pública, na Câmara dos Deputados há 05 anos. A relação com a Academia foi restrita a formação no curso superior e algumas extensões, tendo a Administração como referência profissional e o Turismo como admiração e lazer.

Freqüentador de Fernando de Noronha há 15 anos, quatro anos atrás casou na ilha e visita o local pelo menos quatro vezes por ano desde 2007. Se hospedou em pelo menos 15 Pousadas Domiciliares e tem relação pessoal e profissional com boa parte da sociedade local. Avaliou que o Mestrado Profissional em Turismo tem uma relação direta com as Pousadas Domiciliares de Fernando de Noronha e que representa uma oportunidade de estudar e dar contribuições práticas e teóricas sobre o tema da pesquisa.

Universidade de Brasília
Centro de Excelência em Turismo
Programa de Pós-Graduação em Turismo
Mestrado Profissional em Turismo
Objetivos Específicos:
Problema:
Qual o nível da qualidade de vida e do trabalho dos proprietários das pousadas domiciliares de Fernando de Noronha?

Categorias:
Objetivo Geral:
(cc) photo by Jakob Montrasio
Sub-problemas:
O amadorismo na gestão das Pousadas Domiciliares;
Os problemas de infra-estrutura e falta de apoio governamental na ilha;
Diferenças entre os moradores e turistas;
A condição de vida e trabalho dos funcionários;
Inexistência de crédito financeiro, conseqüente da ausência de titularidade dos imóveis das Pousadas em nome dos seus proprietários, impossibilitando a “garantia real”.


Deixando o processo ainda mais complexo, o território do Arquipélago é dividido em Parque Nacional e Área de Proteção Ambiental, sendo o primeiro com 70% da área total e o segundo com os 30% restantes, porém este último concentra 90% da população e das atividades da ilha.
Disciplina: Seminário de dissertação
Professoras Doutoras: Karina Dias e Marutschka Moesch
Aluno: Ricardo Tavares do Rêgo
UM ESTUDO SOBRE AS POUSADAS DOMICILIARES DE FERNANDO DE NORONHA
O que é a ilha de Fernando de Noronha?
Analisar o impacto do turismo na qualidade de vida dos proprietários das pousadas domiciliares de Fernando de Noronha

Realizar um mapeamento das pousadas domiciliares da ilha, evidenciando os aspectos administrativos, financeiros e culturais;
Identificar o perfil social dos proprietários das pousadas domiciliares, com ênfase no mapeamento das formas estratégicas usadas para a inserção do turismo. Analisando os níveis de instrução, idade, saúde e caracterizando as condições de moradia;
Verificar junto aos proprietários das pousadas domiciliares a disposição para inovações possíveis neste cenário, com participação ou não do Governo e da Iniciativa Privada;
Contribuir para a definição de Pousadas Domiciliares;
Analisar e compreender os desejos destes proprietários com o processo de transformação do turismo;


Turismo
Hospedagem, Hotelaria e Hospitalidade
Cultura e História
Território
Sustentabilidade Econômica e Sócio Cultural
Comunidade
Qualidade de vida e desejos

 O Arquipélago de Fernando de Noronha é um Distrito Estadual administrado Governo do Estado de Pernambuco. No Brasil existe apenas um Distrito Federal (Brasília) e um Estadual (Noronha). Territorialmente existe uma divisão de responsabilidades, ambiental e social, visto que a Gestão, propriedade dos imóveis e as obrigações com os moradores da Ilha são de responsabilidade do Estado de Pernambuco e o Território é de propriedade do Governo Federal, que por um instrumento jurídico (Termo de Posse) passa a gestão para o Estado, que por sua vez através de outro documento (Termo de Permissão de Uso) passa para cada cidadão, órgão público ou empresa privada estabelecidos na ilha.
TERRITÓRIO:
TURISMO:
HOSPEDAGEM, HOTELARIA E
HOSPITALIDADE

CULTURA E HISTÓRIA
Jost Krippendorf (Obra referência: Sociologia do Turismo)

Mário Carlos Beni (Obra referência: Análise Estrutural do Turismo)

Marutschka Moesch (Obra referência: Epistemologia Social do Turismo e A Produção do Saber Turístico);
Quadro Teórico de Referências
Milton Santos (Obra referência: Manual da Geografia Urbana):
Aprender Geografia, a importância e as mudanças nos territórios, o processo de crescimento urbano, conceitos de “tecido urbano” e outras análises que auxiliam na compreensão dos quadros urbanos e caminhos da Geografia no Brasil.
“Uma aplicação prática e ampla de uma política de turismo social e ecologicamente responsável, em todos os níveis (empresarial, local, regional nacional internacional, tanto de consumidores como de produtores), não aconteceu ainda. Pior que isso: a sobrecarga da natureza e da cultura causada pelo turismo continua a aumentar. A erosão avança.” Além de apresentar um desejo de que “o turista se mostre mais exigente que no passado, solicitando, ainda, à industria do turismo, uma prestação responsável sob o ponto de vista ecológico e social”.
Ajudará a entender a história do turismo brasileiro, o Sistema de Turismo (Sistur), uma análise consolidada do que existe de mais atual no pensamento e na prática do turismo e outros pontos de reflexão desta temática
Marieta Borges Lins e Silva (Obra referência: Fernando de Noronha Cinco Séculos de História)
Marilena Chauí (Obra referência: Cidadania Cultural: O Direito à Cultura);
Stuart Hall (Obra referência: A identidade Cultural na Pós-modernidade);
Clifford Geertz (Obra Referência: Uma descrição Densa: Por uma Teoria Interpretativa da Cultura)

“O objetivo da publicação da autora é “produzir um enorme feixe de informações – diversificadas e precisamente fundamentadas – que contemplem todos os tempos noronhenses, dos mais remotos até agora”. Desejando ainda “devolver a população atual os rastros dos tempos que o antecederam”.
Coleção Qualidade no Turismo – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (Obra de referência: Hospedagem Domiciliar: Turismo Integrado e Sustentável)
Ministérios do Turismo – Publicações
SUSTENTABILIDADE
Fritjof Capra (Obra referência: O que é Sustentabilidade?)

José Eli da Veiga (Obra de referência: Sustentabilidade – A legitimação de um novo valor)

André Trigueiro (Obra de referência: Mundo Sustentável)




METODOLOGIA
 Pedro Demo (Obra referência: Metodologia Científica em Ciências Sociais): O autor situa a pesquisa como a razão mesma de ser da atividade acadêmica. Trabalha a metodologia pela origem do termo, estudo dos caminhos, dos instrumentos usados para fazer ciência. Uma disciplina instrumental a serviço da pesquisa.
 Ada de Freitas Dencker (Obra referência: Pesquisa em Turismo);

Leituras realizadas:
 DEMO, Pedro, Metodologia Científica em Ciências Sociais, 3º Ed. 2009, Atlas.
 COLEÇÃO QUALIDADE NO TURISMO, Hospedagem Domiciliar: Turismo Integrado e Sustentável. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Outubro – 2008.
 BENI, Mário Carlos. Análise Estrutural do Turismo. 12º Ed. 2007, Editora SENAC.
 SANTOS, Milton. Manual da Geografia Urbana. 3º Ed. 2008, Edit. USP.
 MOESCH, Marutschka. A Produção do Saber Turístico. Turismo - Contexto.
 MOESCH, Marutschka. Epistemologia Social do Turismo. Tese de Doutorado, São Paulo, 2004.
 PEIXOTO, Clarice Ehlers, Fernando de Noronha: Ilha de sonho e assombração, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Museu Nacional, Programa de Pós-Gradução em Antropologia Social, Dissertação de Mestrado, Rio de Janeiro, 1988.
 MOESCH, Ricardo. Turismo em pauta, A importância de um novo modelo de classificação dos meios de hospedagem no Brasil. CNC, Março/Abril 2011.
 ÁVILA, Ely Pereira de, Fernando de Noronha – Da ilha Maldita ao Paraíso, 3º Ed. Recife, 2008, Editora Bagaço.
 SILVA, Marieta Borges Lins e, Fernando de Noronha: Cinco séculos de história, 1º Ed. Recife, 2007, CELPE.
 CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: Métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.
 DENCKER, Ada de Freitas Maneti. Pesquisa em Turismo: Planejamento, métodos e técnicas. São Paulo: Futura, 1998.
 CHAUÍ, Marilena. Cidadania Cultural: O Direito à Cultura. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 1996.
 HALL, Stuart. A identidade Cultural na Pós-modernidade. 10º Ed., DP&A Editora, 2005.
 GEERTZ, C. Uma descrição Densa: Por uma Teoria Interpretativa da Cultura. In: ___. A interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1988.
 BAUER, M. W.; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático; tradução de Pedrinho de A. Guareschi. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

O método de pesquisa escolhido foi o misto, de forma exploratória, do tipo Qualitativa e Quantitativa, por meio da análise das narrativas, buscando compreender a realidade social e econômica dos moradores.

Analisar o estado da arte

Modo de investigação – Campo

Nível de profundidade, universo da pesquisa: Registradas na Administração da Ilha existem 86 Pousadas Domiciliares e Cadastradas em sites comerciais existem mais de 100 Pousadas Domiciliares.

Justificativa: A pesquisa foi definida a ser realizada em três etapas. A Primeira exploratória, qualitativa e a Segunda Quantitativa, pois não existem dados nem informações detalhadas e atualizadas sobre as pousadas. Por fim uma pesquisa quantitativa e qualitativa num recorte dos tipos de pousadas existentes. No seguinte formato:

Metodologia
- Primeira Etapa: Primeira pesquisa Foi um recorte realizado, por meio de uma pesquisa exploratória, com formulário aplicado pelo pesquisador, com uma entrevista gravada e decupada, com sete entrevistados: O administrador da Ilha (para entender os objetivos das políticas públicas em relação às pousadas), O Presidente da Associação de Pousadas Domiciliares (para entender se as Pousadas se organizavam em grupos e por representatividade institucional de uma Associação) e por fim Cinco Proprietários ou Administradores de Pousadas na Ilha, iniciando pelas maiores pousadas da ilha, que representam os empresários e práticas formadores de opinião e com a maior parte problemas estruturadores.
- Segunda etapa: Será realizada pesquisa do tipo quantitativa, realizada por meio de dois entrevistadores, que serão contratados na ilha para aplicação de aproximadamente 100 formulários com o objetivo de atingir a totalidade de Pousadas Domiciliares. Formulário a ser aplicado:
- Terceira Etapa: Será realizado um recorte de até quinze Pousadas, sendo até cinco de cada tipo existente hoje na ilha, com um Formulário de Perguntas fechadas e abertas possibilitando o aprofundamento das questões levantadas nos objetivos.
Técnica de análise:

Técnicas de análise: Análise das entrevistas, chegando a uma explicação por dedução e interpretação. Analisando os resultados de acordo com os objetivos e problemas.

Quadro Interpretativo / Epistemologia:
Realizar uma análise dos dados nos final, com o objetivo de entender os moradores da Ilha, estudando a realidade em que vivem (objetos: sociais e econômicos) e a consciência que eles têm e como pretendem viver.
Contribuições:
Entregar para Associação de Pousadas Domiciliares de Fernando de Noronha um estudo sobre o cenário atual, com as dificuldades encontradas, a importância do Turismo como instrumento de mudança econômica e social.

Entregar ao Poder Público, A Administração Estadual (Governo de Pernambuco) e o Ministério do Turismo (Governo Federal) um estudo sobre as Pousadas Domiciliares, destacando os Problemas de Pesquisa e suas possíveis respostas.

“Sustentável não se refere apenas ao tipo de interação humana com o mundo que preserva ou conserva o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. Sustentabilidade é a conseqüência de um complexo padrão de organização que apresenta cinco características básicas: Interdependência; Reciclagem; Parceria; Flexibilidade e Diversidade
Full transcript