Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Letramento(s): O que é? Como se faz?

No description
by

Raquel Basílio

on 9 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Letramento(s): O que é? Como se faz?

Letramento(s): o que é? Como se faz?
Década de 1980, no Brasil : " o conceito de letramento começou a ser usado nos meios acadêmicos numa tentativa de separar os estudos sobre o impacto social da escrita dos estudos sobre a alfabetização, cujas conotações escolares destacam as competências individuais no uso e na prática da escrita" (KLEIMAN,1995, p.15-16)
Qual o papel das instituições de ensino?
Criar espaços favoráveis para vivência e domínio das diversas práticas de letramentos:

Letramentos multissemióticos (imagem, som, design, etc);
Letramento críticos e protagonistas (escolhas éticas; políticas, ideológicas);
letramentos múltiplos (conceito complexo e ambíguo)
Letramentos Dominantes e Locais (Hamilton 2002, p. 4)


1) Locais, vernaculares: não regulados por instituições ou organizações sociais; frequentemente desvalorizadas; práticas de resitência
2) Dominantes, intitucionalizados: regulados por organizações formais, tais como a Igreja; O Estado; a escola; o local de trabalho; sistema legal; comércio, etc. Preveem agentes valorizados culturalmente e legalmente por seu conhecimento e origem.(ROJO, 2009, p. 102-103)
Divisor de águas...
1984 o pesquisador inglês, Brian Street, publica a obra
Letramento em Teoria e Prática
, onde propõe dividir os estudos sobre o letramento em dois enfoques:


Novos Estudos do Letramento (NEL/BLS) : múltiplos letramentos
Os NLS mostram que o letramento varia nas diferentes culturas, nos diferentes espaços dentro de uma cultura, nas distintas instituições e contextos. Você pode escolher um tipo de letramento para atender a um objetivo, mas não significa que pode transferir esse tipo de letramento para outro contexto. Se você coloca um texto para alguém ler, talvez a pessoa pronuncie algumas palavras, ou entenda a ortografia, ou os significados, as interações sociais, as relações. Adquirir letramento no colégio não significa saber lidar com o letramento na Universidade. Adquirir um letramento associado à Geografia não significa poder usar esse letramento na Engenharia. Os alunos, particularmente aqueles de cursos multidisciplinares, lutam muito, pois os professores dizem: “Se você não consegue ler direito, vá consertar isso. Eu ensino Geografia, eu ensino Engenharia, eu não tenho que ensinar letramento.” É o “Letramento”, com L maiúsculo (STREET, em entrevista publicada em 13/09/2010. Fonte: ASCOM).
Como letrar?
Discursos, atividades linguageiras e letramentos
Escolar
Científico/Acadêmico
Jornalístico
Político
Jurídico/Legal
Artístico
Cotidiano
Digital
Publicitário
Religioso
Comunitário
Comercial
Burocrático
Cultural
Cibernético
Financeiro
Linguístico ...
1) Autonomo: "em termos técnicos, tratando-o como independente do contexto social, uma variável autônoma cujas consequências para a sociedade e a cognição são derivadas de sua natureza intríseca" (STREET,1993, p. 5) = níveis de alfabetismo (ROJO, 2009, p. 99)
2) Ideológico: "vê as práticas de letramento como indissoluvelmente ligadas às estruturas culturais associadas à leitura e à escrita em diferentes contextos (STREET,1993, p. 7)
O conceito
"O termo letramento busca recobri os usos e as práticas sociais de linguagem que envolvem a escrita de uma ou de outra maneira [...] numa perspectiva sociológica, antropológica e sociocultural" (ROJO, 2009, p. 11)

Atividade de linguagem, gêneros, textos e discursos...
[...] o enunciado, considerado como uma unidade de comunicação e totalmente semântica, se constitui e se realiza exatamente em uma interação verbal determinada e gerada por dada relação de comunicação social. Dessa maneira, cada um dos tipos de comunicação social que citamos organiza, constrói e completa, de maneira específica, a forma gramatical e estilística do enunciado, assim como a estrutura do tipo que lhe dá origem: doravante, nós a designaremos sob o termo de gênero( VOLOCHINOV, 1930, p. 290).
"O gênero é um instrumento semiótico" (SCHNEUWLY, 2010, p. 20-25)
Rabardel; Vygotsky; Volochinov, Saussure...
Esquema
de utilização
Sujeito
Situação
Artefato material
ou simbólico.
Full transcript