Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TEORIAS DO CURRÍCULO

No description
by

LETICIA REGINA

on 8 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TEORIAS DO CURRÍCULO

Teorias do Currículo : o que é isto?
Nascem os estudos sobre o currículo: as teorias tradicionais.
Onde a crítica começa: edeologia, reprodução , resistência.

TEORIAS CURRICULARES
1. A TEORIA - "descobre" o real, de que há correspondência entre teoria e realidade.

2. A TEORIA é sempre representacional, especular, mimética: a TEORIA represente, reflete, espelha a realidade

3. A TEORIA é uma representação, uma imagem, um
reflexo, um signo de uma realidade que -

ontologicamente
- a precede.
O QUE É ISTO?
O processo educacional sempre esteve envolvido com o CURRÍCULO .

Todas as teorias pedagógicas e educacionais são também teorias sobre o currículo.

Teorização de Bobbitt, que a escola deveria
funcionar como uma fábrica, de forma
mecânica e produtiva.

OS ESTUDOS SOBRE
O CURRÍCULO....
Teorias críticas do currículo efetuam uma completa inversão nos fundamentos das teorias tradicionais.....
Com a visão pós-estruturalista
de se pensar o CURRÍCULO;
É impossível separar a descrição simbólica, linguística da realidade - isto é, a teoria - de seus "efeitos" de realidade". A "teoria" não se limitaria, pois, a descobrir, a descrever, a explicar a realidade: a teoria estaria irremediavemente implicada na sua produção
Ao descrever um "objeto" a teoria supostamente descreve é, efetivamente, um produto de sua criação.
Movimentos iniciais do CURRÍCULO...
Anos 20 - estudos e pesquisas nos Estados Unidos.
Pensamento de Bobbitt
Livro: The Curriculum (1918)
Modelo institucional dessa concepção de currículo é a fábrica
Saber qual o
CONHECIMENTO
deve ser ensinado é uma questão de central que serve de pano de fundo para qualquer teoria do currículo.
Teorias do Currículo, está, pois, uma questão
de
"identidade"
ou de
"subjetividade"
.
Ou seja....
(...) que é o currículo acabamos
por nos tornar o que somos...
(p.15)
AS TEORIAS DO CURRÍCULO,
* Estão envolvidas numa relação de poder;

As teorias tradicionais pretendem ser apenas: "as teorias" neutras, científicas, desinteressadas. As teorias críticas e as teorias pós-críticas, em contraste, argumentam que nenhuma teoria é neutra, científica e desinteressada,
mas que estão implicadas nas
relações de poder.
p. 16
TEORIAS TRADICIONAIS
ensino
aprendizagem
avaliação
metodologia
didática
organização
planejamento
eficiência
objetivos

TEORIAS CRÍTICAS
ideologia
reprodução cultural e social
poder
classe social
capitalismo
relações sociais de produção
conscientização
emancipação e liberação
currículo oculto
resistência
TEORIAS
PÓS-CRÍTICAS
identidade, alteridade, diferença
subjetividade
significação e discurso
saber-poder
representação
gênero, raça, etnia, sexualidade
cultura
multiculturalismo
Teorização de Tyler, centra-se em
quatro questões básicas:
1) que objetivos educacionais deve a escola procurar atingir?

2) que experiências educacionais poder ser oferecidas que tenham probabilidade de alcançar esses propósitos?

3)como organizar eficientemente essas experiências educacionais?

4) como podemos ter certeza de que esses
objetivos estão sendo alcançados?
Tyler ainda...
Três fontes para buscar os objetivos:

I. estudos sobre os próprios aprendizes;

II. estudos sobre a vida contemporânea fora da educação;

III. sugestões dos especialistas das
diferentes disciplinas.

ONDE A CRITICA COMEÇA:

IDEOLOGIA

REPRODUÇÃO

RESISTÊNCIA
(vídeo)
Por: Profª Letícia Regina Prezotti
Full transcript