Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

2s-l5-qui2

Aqui apresentaremos um conciso resumo dos quatro módulos da primeira parte do quinto livro de química da 2ª série
by

Caio Ferreira

on 22 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 2s-l5-qui2

Isomeria Espacial Reações Orgânicas Química II Isomeria Espacial
Reações Orgânicas Isomeria
Óptica Os isômeros ópticos são compostos assimétricos que desviam o plano da luz polarizada.

Quando o desvio é para a direita,
o composto é denominado dextrógiro
e quando o desvio é para a esquerda,
o composto é denominado levógiro. Uma mistura desse dois isômeros em quantidades iguais é denominada mistura racêmica e não desvia a luz. Isomeria com
Carbono Quiral Todo composto que apresenta apenas um carbono assimétrico na molécula terá dois isômeros opticamente ativos, um dextrógiro e outro levógiro. Os compostos acima formam um par de enantiômeros
(isômeros ópticos não superponíveis-
-que possuem imagem no espelho). As moléculas podem conter mais de um carbono quiral, e, neste caso, podem existir mais de dois enantiômeros. Lei de Van't Hoff Isomeria sem
Carbono Quiral Existem moléculas orgânicas
que são assimétricas,
sem possuírem carbonos assimétricos.
Compostos alênicos e cíclicos. Isomeria
Geométrica Ocorre em compostos de cadeia aberta que apresentam dupla ligação e que apresentam a estrutura: onde R1 é obrigatoriamente diferentes de R2 e o mesmo para R3/R4. Mas os ligantes considerados não precisam ser iguais, basta que sejam os de maiores massas. Reações de
Adição Nesse tipo de reação, dois reagentes
geram apenas um produto.
Sua característica é de que acontece ruptura de uma ligação pi ou abertura de uma cadeia cíclica. Hidrogenação Catalítica Na hidrogenação de alcenos a ligação pi é quebrada e forma-se o alcano correspondente. Na hidrogenação de alcinos pode ocorrer de quebrar uma ou as duas ligações pi. Se ocorre de quebrar apenas uma, chama-se
hidrogenação parcial e forma um alceno.
Se ocorre de quebrar as duas, chama-se
hidrogenação total e forma um alcano. Redução de
Aldeídos e Cetonas Os aldeídos são reduzidos a álcoois primários e
as cetonas são reduzidas a álcoois secundários. Butanal 1- Butanol
(álcool primário) Halogenação de
Alcenos e Alcinos Segue o mesmo princípio da Hidrogenação Catalítica com a diferença de que os reagentes são halogênios e o catalizador o CCL4. CCl4 CCl4 Hidratação Alcenos: Adição de H-OH em meio ácido. Quebra da ligação pi produzindo álcool. Regra de Markownikoff: O H entra no carbono ligado ao menor número de hidrogênios. Alcinos: Adição de H-OH com catalisador. Quebra da ligação pi produz enóis. Por tautomeria, os enóis originam Cetona ou Aldeído. Obedece a regra de Markownikoff. Quebra da ligação pi pela adição de HX, onde
X é um halogênio.
Segue a Regra de Markownikoff. Alcinos Parcial Total Homólise e Heterólise A cisão homolítica ou homólise ocorre quando a ligação covalente é quebrada por igual, de modo que cada átomo ou radical permaneça com seu próprio elétron. A cisão heterolítica ou heterólise acontece quando a ligação covalente é quebrada desigualmente, de modo que um dos átomos fica com os dois elétrons da ligação covalente. Adição de HBr em presença de peróxido Ocorre uma exceção regra de Markovnikoff. Nesse caso o hidrogênio entra no carbono menos hidrogenado. Adição de Derivados de Grinard em aldeídos e cetonas É um dos melhores métodos para se obter álcoois.
Ocorre a quebra da ligação pi C=O. O radical liga-se ao carbono e o magnésio ao O. Por hidrólise O Mg é substituído pelo H da água.
Full transcript